Bienal 2016 - Como foi esse dia de sonhos!

Oi pessoal!
Acho que estou um pouco atrasada, afinal já tem uns dias que infelizmente acabou a bienal, mas devido a correria eu não tinha conseguido parar para gravar vídeo e depois para edita-lo, "subir" para youtube, etc, etc, etc rs.
Mas, claro que eu não poderia deixar de vir aqui contar para vocês como foi novamente essa experiência linda, maravilhosa e especial!

Como sempre falo, repito e não me canso, a Bienal é um dia de sonhos, um dia de magia. Gente, para nós que amamos esse mundo literário, é impossível não se sentir como se as portas de um outro mundo se abrissem e pudéssemos ficar por lá algumas horas.

É meio que inexplicável tudo o que vivemos e sentimos lá, mas é algo único e que guardamos no coração para sempre.

Eu reencontrei amigas especiais. Amigas que esse mundo literário me trouxe e amigas que na minha vida permaneceram. Pessoas especiais que com certeza levarei comigo para sempre em minha vida. Eu falo da Ana (Punk), Joi, Lu e Van. Foi maravilhoso e lindo viver com elas o que vivemos lá. Pena que a Lu e a Joi por morarem um pouco mais longe (Paraná e Bahia) só pudemos nos ver por um dia.
Fora a amiga linda que foi comigo, a Taty, que conseguiu me acompanhar no sábado e domingo do primeiro fim de semana sem reclamar e sempre feliz por minha felicidade. Amigos assim são poucos e eu tenho a sorte de ter os mais maravilhsos. 

Reencontrei também autores MUITO especiais, por quem tenho um carinho e admiração muito grandes e curti momentos lindos com eles, pessoas maravilhosas que trazem para nossa vida tantas coisas lindas como a Samanta Holtz, Fabiana Cardoso, Marcia Rubim, Natália Moreno, Janethe Fontes, Cinthia Freire, Raiza Varella, Tammy Luciano, Vanessa Bosso, Pedro Bandeira, FML Pepper, Luciane Vieira Z., Juliane Rodrigues, Tais Cortez, Bárbara Negrão, Graciela Mayrink, Leila Rego e a Camila Prietto.

Tive o prazer também de conhecer pessoalmente autores que eu só tinha o contato através da internet e queria muito ter a chance de conhecer e fiquei imensamente feliz com essa oportunidade, autores super fofos como Adriana Brazil, Beatriz Cortes, Amanda Ághata Costa, Leticia Godoy, Lilian Reis, Dill Ferreira e Keila Gon. Através da linda da Beatriz Cortes, pude conhecer também uma ginasta brasileira muito querida, linda e especial que é a Indiara, que estava lá representando a Ester, personagem do livro Aonde Quer que eu Vá da Bea, e a Indiara deixou o evento ainda mais lindo com sua performance e carisma. Amei!

Autores que eu amo seus livros e admiro demais sua escrita e mesmo não tendo muito contato queria ter a oportunidade de também conhecer. Babi A. Sette, Carolina Estrella, Bianca Carvalho, Paula Pimenta, Carol Sabar, Carina Rissi, Danilo Barbosa, Chris Melo, Fernanda Belém, Fernanda França, Bianca Briones e Camila Moreira.

Autores que ainda não conhecia e tive a chance de conhecer lá como a linda da Mayra Carvalho que fui conhecer pela internet alguns dias antes da bienal e que marquei com ela para comprar seu livro e o livro é lindo (sim já li) e ela é uma pessoa muito carismática e outros queridos e queridas que conheci lá como Ahtange Ferreira, Thati Machado, Maria Angélica Constantino, S. Miller, Juliana Mendes, Robson Gabriel, Lucy Vargas, Frederico Elboni, Ique Carvalho, Matheus Rocha, Alan Victor, Athos Briones, Renata Frade e  Laís Rodrigues.

E infelizmente me desencontrei de alguns autores que queria muito ter conhecido. Mas acontece.

Vi e vivi lá, ao lado de pessoas maravilhosas, momentos únicos e muito emocionantes. Comprei muitos livros, ganhei muitos presentes lindos e mimos, ganhei muitos abraços, muito carinho, palavras lindas, e tive mesmo muita sorte em poder conhecer autores autores que sem a sorte linda e ajuda de algumas pessoas super fofas eu não teria conseguido.

Bem claro que eu gravei um vídeo mostrando para vocês tudo o que comprei por lá rs, dividi o vídeo em duas partes, na primeira eu mostro os livros adquiridos no primeiro fim de semana, nos dias 27 e 28 de Agosto, no segundo mostro os livros que comprei no segundo fim de semana, mais precisamente no sábado do dia 03 desse mês e todos os mimos que ganhei ou comprei.

No outro vídeo são todas as minhas fotinhas com os escritores, amigas e momentos que vivenciei lá.
Eu espero que vocês gostem.





Como vocês puderam ver foram dias incríveis, recheados de muito carinho, muitas pessoas especiais, muitos livros e muitos mimos.

Sobre os mimos, quem quiser saber mais sobre aquele projeto em que falo no vídeo, em que o pessoal faz aqueles mimos lindos de bichinhos entre outros é só procurar pelo Projeto CAZAR & ONG Raio de Sol. O e-mail para quem quiser entrar em contato é: projetocazar@hotmail.com

Dá só uma olhadinha nos mimos:

Esse da ONG a que me refiro é o da vaquinha e da borboleta. A Ecobag eu ganhei em uma das editoras, e a mini-prateleira de livros eu adquiri na loja "Os menores livros do mundo".



Esses são os livros e mimos que trouxe para casa dos dias 27 e 28 de Agosto.



E esses o que trouxe para casa do dia 03 de Setembro.
Muito amor por tudo.


 Esses mimos lindos ganhei da Ana (Punk) diretamente da Itália. Na verdade ela me entregou antes da bienal pois nos encontramos, mas como das outras nossas amigas ela só pode entregar na bienal eu só pude mostrar agora. O chaveiro na verdade é o presente dela para meu esposo rs. E esse cartão lindo é nosso, e o marcador (maravilhoso, lindo e especial) vem direto da Casa de Julieta (morri).

 Pasmem! O livro eu comprei na bienal, e esses mimos lindos de A Bela e a Fera eu encomendei da cunhada da Joi. Gente olha o talento dessa pessoa? Esses mimos vão brilhar na minha estante nova quando estiver pronta.

 Ah esses mimos lindos e a almofada foi nossa mãezona Lu quem nos deu. Todas nós do blog ganhamos uma com nosso nome e essas agendas super fofas. Bem cara de mãe mesmo né? A Lu é a mãezona do nosso grupo e não poderia ser mais carinhosa e atenciosa com todas nós. Amamos demais.

E esses livros lindos e os marcadores PERFEITOS ganhei da minha gêmea a Van. Quase morri quando vi tanto amor. Tudo tão lindo, mas ver o Peeta ali no meio, ai meu coração.

Acho que não sobrou muita coisa para falar. Só repetir o quanto esses dias foram fantásticos e especiais. São momentos que realmente vou me lembrar sempre com muito carinho e espero viver mais e mais outras vezes. E que espero que mais pessoas também possam viver.
E você que foi a Bienal, como foi seu dia lá?

Beijossss

Conheçam um pouco de "Filhos da Lua" de Marcella Rossetti


A Vez dos Lobisomens: Avec Lança Versão Impressa do Romance de sucesso da Amazon, “Filhos da Lua: Legado”.

Mitologia, personagens carismáticos, fortes emoções e uma aventura sobre lobisomens no Brasil é a receita do sucesso da autora.

Lançado inicialmente de forma independente pelo site da Amazon brasileira, “Filhos da Lua: O Legado” de Marcella Rossetti alcançou a lista dos 100 mais vendidos em todas as categorias do site. E tem permanecido entre os mais vendidos em Fantasia Urbana, categoria na qual ele é o e-book mais bem avaliado pelos leitores (+60 avaliações, todas positivas). Agora chegou a vez desse romance ganhar uma edição impressa e em qualidade de luxo pela Avec Editora.

Para a autora, ainda melhor do que estar entre os mais vendidos da Amazon é a confiança dos leitores e editores:

“A sensação é a de um sonho sendo realizado. A Amazon abriu as portas para meu romance ser conhecido e a Avec Editora acreditou no potencial da obra para o grande público. Entretanto, a coisa mais valiosa na Amazon para mim são as avaliações carinhosas dos leitores”, comenta Marcella.

Também professora, a escritora diz ter encontrado na sala de aula uma fonte de rica de inspiração para o universo de “Filhos da Lua”.

“Com certeza o livro não seria o mesmo sem a presença de meus alunos em minha vida. Também peguei deles algumas qualidades físicas e personalidades. Eles sabem disso e ficaram muito felizes. Talvez tenha sido isso que tenha deixado os personagens verdadeiros e carismáticos para os leitores. Eles foram inspirados em jovens reais. ”, conta.



Bem, Mas do que se trata Filhos da Lua?

Bianca Bley é uma jovem atormentada pelos pesadelos da morte da mãe. Os sonhos são carregados de imagens de presas e garras. Ela imaginou que a solução seria mudar-se para outra cidade. O que só fez piorar tudo. A menina conhece Lucas e parece haver um mistério envolvendo esse belo rapaz. No primeiro dia na nova escola estranhas sensações a invadiram e ela simplesmente desmaiou aos pés dele.

O que Bianca não tinha ideia é que o encontro com o Lucas e seus companheiros desencadearia uma série de acontecimentos capazes de revelar os mistérios mais profundos de sua vida. Mistérios que revelariam um novo e perigoso mundo, onde perigosas criaturas conhecidas como Karibakis a família escondia dela por anos e que logo seriam revelados.

A jovem agora precisa entrar em um novo e perigoso mundo e assistir sua vida se transformar completamente.

Descobrir quem você realmente é será apenas o começo. 

Além da sala de aula, fontes como jogos de RPG, literatura e filmes foram vitais na elaboração do elogiado universo de “Filhos da Lua”.

“Quatro coisas têm encantado os leitores: o universo criado, os personagens carismáticos, as emoções despertadas neles durante a leitura e o cenário nacional. A mitologia no livro e seu universo são completamente diferentes daquela que o leitor está acostumado e isso o surpreende imeditamente, fazendo-o querer descobrir cada vez mais sobre a mitologia em cada página. Os personagens aproximam o leitor da história e são os responsáveis por despertar neles diferentes emoções. E o cenário nacional é sempre citado como um ponto alto da leitura pelos fãs. Eles adoram reconhecer as cidades e os lugares”, salienta Marcella.

Também segundo ela, os leitores que gostam de destrinchar as regras de universos fantásticos terão horas de diversão com a leitura desse primeiro volume da série:


“Os Karibakis são uma raça guerreira dividida em cinco linhagens. Cada uma com seus dons. Alguns deles possuem a marca do legado nas costas, indicando a pureza do sangue. A quinta linhagem, a dos Farejadores, foi extinta há 25 anos durante a Noite da Aniquilação e desde então os Karibakis estão perdendo a guerra contra seus inimigos mortais. ”

Marcella instiga a curiosidade dos amantes de literatura fantástica destacando que esse é apenas um resumo. A mitologia completa apresentada no primeiro livro “é apenas a ponta do iceberg que será mostrado nas próximas obras”.

A autora procurou por técnicas de escritas e estudou diversos livros aclamados pelos fãs. Apesar de 488 páginas, a leitura é muito rápida, já que um capítulo está amarrado ao próximo de um jeito que o leitor não resiste ler mais uma página... e outra... e outra...

“Os leitores ainda vão se surpreender muito com o mundo dos Trocadores de Pele”, sugere a autora.


Confira o Booktrailer, que está lindo, só curtir na página oficial da escritora no facebook: https://www.facebook.com/sagafilhosdalua/videos/1771674696451675/


Se o livro físico te interessou e quiser adquiri lo, ele está no link da SARAIVA. Lançamento hoje!!! Só clicar!

Ficha Básica:

ISBN: 978-85-67901-52-7
PREÇO DE CAPA: R$ 49,90
Formato: 16x23 cm, 488 páginas
Papel: lux cream 70g

CATEGORIA

Fantasia Urbana
Lobisomens

PÚBLICO / IDADE
Juvenil/ Jovem Adulto

Autor: Marcella Rossetti

Editor: Artur Vecchi

Diagramação: Marina Ávila

Ilustração de Capa: Talita Persi


Beijos


Conheçam a obra Mariana da autora Ana Rapha Nunes


Oi pessoal,

É sempre um prazer conhecer e divulgar novos autores nacionais. Eu amo essa oportunidade de conhecer novas obras e ter a chance de ser apresentada a um novo mundo de possibilidades.

Então conheçam hoje um pouco mais sobre a autora Ana Rapha Nunes e sua obra Mariana.



Mariana


Mariana é o mais novo livro da escritora carioca, radicada em Curitiba, Ana Rapha Nunes. A obra infanto-juvenil, lançada pela editora Inverso, apresenta uma história ambientada na cidade de Mariana, Minas Gerais, contando a tragédia ocorrida em novembro de 2015, pelos olhos de uma menina de doze anos, também chamada Mariana. Uma história sobre mudanças, perdas e superação, mas, sobretudo, uma história de sonhos e esperança. Mariana é uma obra carregada de emoção, que faz os jovens leitores refletirem sobre acontecimentos recentes da nossa história.
A menina Mariana vive em uma pequena cidade de Minas Gerais. Passa os seus dias rodeada pela natureza, subindo em árvores, pegando fruta no pé, observando o pôr-do-sol, aproveitando as alegrias da infância. Vai crescendo e sonhando com o mar… No entanto, nem tudo são flores no caminho da menina, que terá de largar sua terra natal e ir com os pais para a cidade de Mariana. Lá surgirão novos amigos, florescerão descobertas e o seu primeiro amor. Mas um mar de lama atravessará o seu destino. A coragem e a determinação serão fundamentais para Mariana que se vê obrigada a crescer de uma hora para outra. Em poucos minutos, a sua vida e a de tanta gente irão virar de cabeça para baixo. O que fará Mariana diante desse novo universo?

A autora vem ganhando destaque nas redes sociais e nos eventos locais, sempre participando de palestras e bate-papos literários, em escolas e empresas, divulgando a importância da leitura, o que também trabalha incessantemente em sala de aula, visto que é professora de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental II e de cursos de graduação.


                Ana Rapha Nunes também é autora do livro infanto-juvenil A Lua Que Eu Te Dei, pela editora Appris. A obra traz a história de uma bela amizade de infância, mostrando-se as mudanças na pré-adolescência e levando a uma reflexão sobre os valores em nossas vidas, como saber valorizar os verdadeiros amigos. 

A autora é membro integrante da AEILIJ e vem participando de várias entrevistas nos meios de comunicação, além de os seus livros serem alvo de resenhas feitas por blogueiros de todo o país. Para conhecer mais sobre a autora e adquirir seus livros, basta acessar o Facebook dela (escritora Ana Rapha Nunes), que envia exemplares autografados para todo o país, ou ainda lhe enviar um e-mail: escritora.anarapha@gmail.com
Recentemente, a autora participou de uma reportagem para a RIC TV e, também, concedeu entrevista a UOL.  Participou das Feiras do Livro de Araucária e de Joinville.



Incrível não é pessoal? Então não deixem de conhecer a autora e prestigiar suas histórias. Com certeza aprenderemos muito.
Um beijo no coração de vocês.

{Resenha} O Androide de Paulo de Castro


"Percebeu que se, de fato, um Deus que zela pelos humanos existisse, não designaria uma máquina para ser o profeta. Esse Deus, ora cruel, ora misericordioso, nem ao menos permitiria a própria extinção dos seres humanos. Poderia a máquina ser esse Deus, dando vida de novo aos homens?". Esse e outros sinais elétricos varriam o processador de JPC-7938 com velocidade sobre-humana. Processava uma infinidade de outras informações ao mesmo tempo, o que diminuía ainda mais a energia da sua bateria. Talvez era isso mesmo que ele quisesse, para consumar de uma vez o que já estava fadado ao fracasso. Sua bateria durou quatro horas até o desligamento completo. Nessas intermináveis horas, em que não via nada além da densa neblina, que ofuscava o céu azul, cercado de nuvens brancas, percebeu que tudo não passava de coincidência. Que o planeta fora criado, de fato, ao acaso, e que não havia um destino ou uma missão a ser cumprida; apenas a existência, até o inevitável dia do fim.

Novos Talentos da Literatura Brasileira * 2016 * 256 Páginas * Classificação 4/5



Por ser ficção científica , confesso que não foi uma leitura fácil de engatar, pois não é o meu gênero favorito. Mas peguei como desafio e tenho mais uma confissão: eu me surpreendi, gostei muito.


O cenário é o Brasil, o planeta é governado pelo Androide H1N1. Já que a raça humana foi extinta.

Nesse novo mundo existem os androides que nunca tiveram uma memória "afetiva" de humanos e outros que conviveram com eles. Esse é o caso do JPC-7938, que era programado para ajudar em práticas médicas.


JPC-7938 acaba ajudando outro androide a fugir dos sentinelas, o OPR-4503. Bem quando esse descobre um embrião humano congelado.


Juntos eles se aventuram em uma missão (determinada por eles mesmo) à trazer de volta a raça humana, a partir daquele material.


Mas como?


Entra na história NCL-6062, androide do gênero feminino, criado para a prostituição e atualmente inativa.

Ela será a "mãe" do embrião e realizaria a mirabolante ideia-missão dos androides.


No decorrer da leitura, me deparei pensando no filme "Inteligencia Artificial", pois JPC-7938, se mostra quase um humano em seus pensamentos e atitudes, também com o filme "Eu, Robô" (pela revolta dos robôs contra a raça humana). E ao mesmo tempo muito diferente.


O livro é muito bom e cria uma tensão no leitor, que só vai largá-lo assim que ler a última página.


Uma bela porta de entrada para a ficção científica!