DESABAFO - Preconceito literário




Ontem a noite pensando no meu BLOG, minha cabeça fervilhava (só tem alguns dias e já estou apaixonada por ele), e enfim pensando em tantos livros que li e não resenhei, e ai pensando, nos que eu mais gostaria de resenhar, pensei em uma série que eu amo muito: CREPÚSCULO, é isso ai EU AMO CREPÚSCULO, mas ai pensei nossa crepúsculo já foi, quem tiver que conhecer já conhece, as opiniões já estão formadas, e mil resenhas já foram escritas, ai pensei mais uma?
            Mas pensado em crepúsculo logo me veio á mente uma matéria que vi em outro BLOG sobre preconceito literário, e ai pensei: - também gostaria de falar um pouquinho sobre isso.
            E preconceito literário existe sim, é a mais pura verdade, hoje em dia vivemos muito disso, um belo exemplo é crepúsculo, quanto não escutamos que quem gosta de crepúsculo é bobo? Não tem inteligência? O que é isso? Para mim ignorância. Para essas pessoas sim falta uma dose de inteligência, afinal, se somos tão intolerantes assim a ponto de ofender e criticar pessoas, por motivo de seus gostos literários (fora outros tipos) o que podemos dizer dessas pessoas?
            Que mal há em gostar de crepúsculo? Eu vejo uma historia linda. Que menina não sonharia com um príncipe encantado como o Edward? Que é capaz de tudo por você? Que te põe em um pedestal? Em que o mundo dele gira todo em torno do seu? Quem não tiver sonhado pelo menos uma vez com um amor assim que arranque a primeira página (me desculpem a mudança, rs) ai vão me dizer, mas isso é só uma fantasia, que história mais idiota! Vampiros não existem, e quem disse que não? Alguém aqui já viu o mal? Certo. Ele existe!? Então que mal faz acreditar em fantasias? Qual o problema? Porque tantas pessoas se sentem incomodadas com esse tipo de leitura? Em um mundo onde vivemos cercados por maldade, por violência, por atos que não conseguimos acreditar que existam, porque não posso acreditar em fantasias?            
            Quantas vezes olhamos aquelas reportagens com atos que não preciso nem dar exemplos e nos perguntamos como isso pode acontecer? Não é possível que exista esse tipo de coisa!. Mas elas existem, nós não acreditamos, não queremos acreditar, mas elas estão ali.
            Então me pergunto de novo: - porque não posso sonhar com as fantasias dos livros?
            A realidade está, a todo momento, em nossas vidas, cruzando nosso caminho, então meu amigo, me desculpa, eu posso sim, me dar ao luxo de por alguns momentos sair dessa realidade e entrar na fantasia.
            Posso acreditar em vampiros, lobisomens, bruxos, anjos, seres imortais, cavalos alados... No que eu quiser acreditar, para naquele momento em que estou lendo, ser transportada para onde eu quero estar.

            Isso não me faz nem mais burra, nem mais inteligente que você, talvez só um pouco mais sonhadora, só alguém que talvez queira se desligar um pouco desse mundo real e por alguns instantes viajar para um mundo além do que conhecemos.
            Não julguem um livro pela capa, não é mesmo? Posso dizer então (me desculpem novamente a mudança, rs) não julguem um leitor somente por um livro. Afinal li e amo sim crepúsculo, mas também devorei Shakespeare, principalmente sou louca pela fantasia que ele escreve em “sonhos de uma noite de verão”, já li também Jorge Amado e choro em sua dura realidade em “capitães da areia”. Então lhe peço com licença, deixe-me ser livre para ler, para viver os livros que quero para mim, afinal os sonhos ou a realidade em que vivo, também ainda me pertencem.

Acho que expressei bem o que estava sentindo, meu objetivo não era e nem é ofender ninguém, meu único objetivo é esse mesmo um desabafo, afinal eu não consigo entender porque tanto as pessoas teimam em criticar a leitura das pessoas? Quem lê, lê porque ama, porque gosta, porque é uma coisa que nos faz bem. Mas quando estamos lendo e temos que ouvir pessoas nos criticando é um absurdo. Eu consigo lhe dar muito bem com isso, já passei por alguns preconceitos e hoje sou uma pessoa realizada, não escondo nada, se gosto, gosto e o problema é só meu, respeito as opiniões e o gosto de cada um, então a única coisa que peço é que também respeitem o meu.

 Um abraço a todos. Fê!

0 comentários:

Deixe seu comentário