Resenha do livro - Comer Rezar Amar de Elizabeth Gilbert

 

Comer, Rezar e Amar - Elizabeth Gilbert




Conta a história de vivencias da própria autora Elizabeth Gilbert, que após pedir o divorcio ao marido, e perceber que esta prestes a entrar em uma grande depressão sai em uma viagem em busca de seu próprio eu, de sua felicidade!
O livro é dividido em 3 partes, Itália, Índia e Indonésia, cada parte tem um foco diferente na vida da personagem.
O livro é realmente o relato das experiências de Liz por todos os 3 lugares, e como cada um deles faz parte de sua mudança interior.

A mensagem que a autora quer nos passar é de que temos que ir em busca de nosso encontro com nós mesmos, de nossa felicidade, mas que a “lição” no livro, não é uma regra, cada um tem que descobrir a sua própria forma de encontrar sua essência.
 O livro não chega a ser classificado como auto-ajuda, mas tem um pouco dessa linha sim.
Um ponto forte do livro são as passagens por esse lugares diferentes, e isso nos faz conhecer um pouquinho de cada um sem nem ao menos sair de casa, gostei muito dessa parte.

Mas vou ser sincera em dizer que não gostei nenhum pouco do livro, nenhum pouquinho mesmo, tirando a parte do conhecimentos sobres os lugares visitados, de resto o livro não me chamou a atenção em nada, nadinha mesmo. A personagem me causa tédio, acho ela uma chata, não consigo sentir nenhuma ligação por ela, nenhum sentimento.
A leitura é cansativa, me arrastei para conseguir terminar, levei não sei quantos dias e me perguntava: - Quando isso vai acabar pelo amor de Deus? A autora é detalhista demais, descreve coisas desnecessárias, que não acrescentam em nada na história.
Nada no livro, nenhum personagem, nenhum acontecimento, nada conseguia prender minha atenção, com certeza é um livro que eu não recomendo, tem muito livro por ai mais interessante se o que precisamos é uma lição de vida para nos mostrar que temos que lutar para sermos felizes. Acho que essa mulher é uma patricinha que tinha tudo e quando se cansou resolveu que fazer uma viagem ia solucionar os problemas de sua vida, o que muito provavelmente resolveu, mas se formos pensar em lição de vida, essa Liz ai com certeza ia ter todos os problemas novamente para lhe dar e uma nova viagem para programar.

Bem pessoal, deixo bem claro que essa é minha opinião, cada um tem os seus gostos, e respeito o de cada um, afinal todos temos nossos estilos preferidos, esse não foi o meu, mas li muitas resenhas positivas sobre ele, muitas pessoas falando que esse livro mudou suas vidas, na minha foi uma perca de tempo, poderia ter lido livros mais legais, quando gastei meu tempo com esse, rs. Mas é assim mesmo que a coisa funciona, precisamos ler  para saber se vamos gostar ou não rsrs.

Beijos Fê!

0 comentários:

Deixe seu comentário