Resenha do livro - Uma Questão de Segundos de Harlan Coben

 

Uma Questão de Segundos - Harlan Coben




Atenção para quem ainda não leu “Refúgio” está resenha poderá conter spoiler.

O livro inicia exatamente de onde o outro parou...
Harlan como sempre continua maravilhoso em sua escrita, os mistérios que ele desenvolve continuam sempre nos envolvendo, nos fazendo - também assim como seus personagens - investigadores, queremos a todo o tempo desvendar o que está acontecendo, quem são os criminosos? Se é que existe mesmo criminosos, quem está por traz de tudo? E o que é esse Abrigo Abeona? Quem são as pessoas por trás dele? Como D. Morcega pode ter tanta certeza de que seu pai está vivo? São mistérios que a cada momento só fica mais difícil de desvendar. E que chegam até a envolver personagens da 2ª guerra mundial e você se pergunta a todo o tempo, como isso pode acontecer?

As atitudes de Mickey e seus amigos no primeiro livro, tem graves conseqüências, nada é o que parece ser, ele não sabe mais ao certo em quem pode confiar. Até seus amigos guardam grandes mistérios.
Até que um tiroteio acontece e Rachel sai baleada, a partir daí as coisas tomam outros rumos, e Mickey achando que pode ter tido culpa por tudo em que envolveu Raquel e seus amigos Ema e Colherada em Refúgio, se envolve na história para desvendar mais esse crime, afinal ele acha que tudo está ligado ao Abrigo Abeona.
Mais uma vez – sem pensar novamente nos perigos que os cercam – Mickey com seus amigos saem atrás de respostas numa arriscada investigação, com perigos, descobertas e muita confusão.
Harlan como sempre a cada página cria uma nova expectativa, você nunca sabe o que vai encontrar quando virar a próxima pagina e ele nunca nos decepciona.
 Confesso que os pontos altos de tensão nesse livro para mim, foram quando Mickey resolve seguir sua amiga Ema para descobrir o que ela tanto esconde de sua vida (e a descoberta é surpreendente), e o momento que ele pede ao seu tio Myron que solicitem a exumação do corpo de seu pai, daí em diante a cada página eu ficava esperando, torcendo para acontecer logo a exumação e termos pelo menos uma das respostas que tanto nos angustia no livro.
As reviravoltas no livro são surpreendentes, como sempre ele nos faz acreditar em uma coisa, e quando achamos que estamos perto, a ponto de desvendar um dos mistérios, ele mostra que estamos errados, e toda nossa investigação recomeça, largar o livro se torna impossível e claro o fim é espetacular, mas dessa vez senti um medo terrível, pensar em perder um desses personagens maravilhosos ( e para ser sincera um dos que mais amo) me deixou paralisada de medo, óbvio que mesmo um livro com tanta ação e suspense ia acabar arrancando algumas lagrimas.

 Mas devo confessar um detalhe, me senti um pouco enganada dessa vez, tudo no livro Refúgio e nessa continuação, nos leva a crer que vamos finalmente descobrir mais fatos sobre o Abrigo Abeona, sobre os mistérios de D. Morcega e principalmente da morte não-morte do pai de Mickey, mas Harlan conduz a história toda para outro suspense, claro que alguns detalhes são revelados, mas pouquíssimas coisas, o que claro nos faz agora esperar ansiosamente pelo terceiro livro, isso me deixou um pouco chateada, eu esperava por mais respostas, mas de qualquer forma o livro me agradou muito, como sempre acontece com todos os livros dele.

Ha claro ia esquecer de falar da capa, eu amo capas, e ainda mais quando elas representam bem o conteúdo do livro, e essa capa esta fantástica!
 
Leiam com certeza!

Beijosssss Fê!

0 comentários:

Deixe seu comentário