Resenha do Livro - A Força do Amor (Beijada Por Um Anjo) de Elizabeth Chandler


Beijada Por um Anjo - A Força do Amor de Elizabeth Chandler

Cuidado, poderá haver spoiler para quem não leu Beijada por um Anjo 1 

(leia AQUI)

 

A história aqui começa com Ivy tentando ainda enfrentar a perda de Tristan, e Tristan em sua constante luta para conseguir entrar em contato com Ivy e alertá-la de que algo perigoso esta rondando a vida dela. Ele ainda não sabe bem o que é, mas conta com a ajuda do anjo Lacey (uma falecida artista de cinema) para descobrir o que é.

Os dias de Ivy não são fáceis, ela não consegue esquecer de Tristan e mesmo com a ajuda de seus amigos, as coisas só parecem piorar, já que Ivy tem pesadelos confusos que se misturam com a morte de Tristan e o suicídio que a mãe de Gregory cometeu, e ela não consegue entender que relação um acontecimento pode ter com o outro já que os dois sempre assombram suas noites de sono.

A luta de Tristan para conseguir entrar em contato com Ivy parece cada dia mais difícil, desde sua morte, sua doce amada não acredita mais em anjos, o que dificulta com que ele possa fazer contato com ela. Mas ele vai contar com a ajuda de Philip, irmão de Ivy, Beth sua grande amiga e Will que está cada dia tentando se aproximar mais de Ivy, mas claro que todos eles vão ajudar de forma involuntária, já que ninguém consegue compreender muito bem, que força estranha é essa que parece rondar suas vidas, desde a grande tragédia.

Mas com quem Ivy realmente pode contar é com Gregory, que desde a morte de Tristan está cada vez mais próximo de Ivy, e parece que novos sentimentos, intrigas e ciúmes podem começar a aparecer nessa história.

Novos “acidentes” acontecem com Ivy e parece que a sorte não esta muito ao seu lado, todo mundo é digno de ser suspeito e Ivy desconfia cada dia mais das atitudes de Eric, que parece cada dia mais maluco. E a vida de Ivy agora parece sempre estar em risco...

Bem como no primeiro livro, aqui não temos uma história tão bem desenvolvida, acho de um exagero extremo essa série ter seis livros, já que a narrativa se arrasta e alguns acontecimentos parecem parar no tempo.

E como no outro livro, a diagramação continua péssima e os erros gritantes, os diálogos em muitas vezes temos que voltar para ter certeza de quem realmente esta falando, infelizmente não sei mesmo o que acontece com esses livros, mas é decepcionante esse tipo de erro.

Bem o personagem que mais adoro nesses livros é Philip, irmão de Ivy, ele é um fofo, e parece que apesar da idade e da ingenuidade é um dos mais maduros nessa história toda, já Suzanne, que deveria ser amiga de Ivy me deixa extremamente irritada, se bem que acho que ela estava entendendo bem o que estava previsto para acontecer e de certa forma tentou proteger o que era seu, mas me irrita que ela defenda o lado errado da história. Mas o papel de Ivy não foi muito bonito aqui não.

Enfim como sempre não resta muito a dizer, qualquer coisa a mais já seria spoiler, e não faltaria muitos detalhes para surpreender no livro, já que eles quase não existem mesmo, mas o final do livro, sempre acaba nos deixando ansiosos pelo próximo, e aqui claro isso acontece.

Sinopse:
"Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy Quatro semanas se passaram desde o acidente em que Ivy Lyons perdeu Tristan, o grande amor de sua vida, e deixou de acreditar nos anjos. Os dias têm sido difíceis e para superá-los Ivy busca forças na família e nos amigos. Sua grande motivação agora é ensaiar para a apresentação de piano no Festival de Artes de Stonehill, já que Suzanne, sua amiga de infância, pensando em animá-la, fez a inscrição, mesmo contra a sua vontade. Ainda sem saber lidar com os seus poderes angelicais, Tristan Carruthers conta com a ajuda de Lacey - um anjo mais experiente - para aprender a tocar nas pessoas, canalizar energia e voltar ao passado. Assim, os dois partem na busca por respostas para o acidente, por uma maneira de Ivy sentir Tristan e, principalmente, de mostrá-la que o acidente foi, na verdade, um assassinato. Todo esforço de Ivy para superar a perda de Tristan é interrompido por pesadelos que a fazem reviver o dia do acidente e se misturam com fatos do dia do suicídio de Caroline, ex-mulher de Andrew, marido de sua mãe. O temor de Ivy é acalantado nos braços de Gregory, seu irmão adotivo. Angustiado pelos contínuos pesadelos da amada, Tristan decide que é a hora de fazer contato e segue seu objetivo com a ajuda de Lacey. Mas como aproximar-se de Ivy se ela não mais acreditava em anjos e ele agora era um? O amor que os une será o canal para Tristan se aproximar de Ivy e alertá-la sobre as pessoas que estão ao seu redor. Será que todos em que ela confia são realmente seus amigos?
   
Tradução: Marsely de Marco Martins Dantas 
ISBN:978-85-63219-17-6 
Editora: Novo Conceito


Quem já leu o livro, comente e me diga o que achou.

Beijos Fê!
 

0 comentários:

Deixe seu comentário