Resenha do Livro - Belo Desastre de Jamie McGuire





Belo Desastre - Jamie McGuire





Belo desastre deveria se chamar belo presente, porque gente me desculpa quem achar que é exagero, mas ler essa história é isso, é um Belo Presente. Eu fico me perguntando se alguém não gostou dessa história? Eu me encantei, simplesmente não conseguia despregar os olhos do livro, perdi horas de sono (para quem me conhece sabe que 22h é horário de estar dormindo, rs) salvo quando acontece o que aconteceu com esse livro: eu não consigo solta-lo nem para comer, e ai o que aconteceu? Fui até praticamente 3h da madrugada (eu levanto ás 7h30, quando estou de férias), lendo porque não ia conseguir parar de ler enquanto não terminasse, enquanto não soubesse que fim levou esse amor, intenso, necessário, visceral, o tipo de amor que representa tudo na vida de uma pessoa, aquele sem o qual viver se torna impossível, você não vive, você leva a vida enquanto pode.

É assim que essa história fez eu me sentir, há ok todo mundo pode dizer que essa história é clichê, mas o amor não é assim? O amor não é previsível? Não sabemos que o amor é necessário? Então logo sabemos que precisamos dele para ser feliz, quer coisa mais clichê que isso? Mas qual o problema do clichê? Eu não vejo problema nenhum.

 Então sim, podemos dizer que Belo Desastre é clichê, mas é um clichê que me encheu de amor, que me encheu de felicidade, de coisas boas, sabe aquele livro que você lê e desperta esperança? Desperta o que há de melhor em você? Pois ai esta um que faz isso comigo, esse tipo de historia me transforma, esse tipo de amor me realiza. É algo inexplicável, inalcançável de se entender. Eu sinceramente não tenho palavras para expressar o porquê de me sentir assim, eu me senti e ponto. Não sei se a autora que usou de palavras chaves, se o sentimento deles que é intenso demais que parece que vamos explodir junto com eles. Só sei que a história me encheu de paz, amor, fé e esperança. É uma historia que te faz crer no impossível, no imaginável, onde ninguém mais acredita que pode existir algo bom, é ali que você encontra, foi isso que senti.

Mas calma a história, não é um romance de contos-de-fada não, ao contrário ela é tão cheia de conflitos, mistérios, violência, contradições e dramas familiares que tudo o que essa história não é, é um romance de contos-de-fada.


 “Quando você está por perto, não preciso de bebida, nem de dinheiro, nem de luta, nem de transas sem compromisso... eu só preciso de você. Eu só penso em você. Eu só sonho com você. Eu só quero você.”


Eu nem gostaria de falar da história, parece algo proibido, porque não saberia passar isso da forma certa, da forma pura, como me senti quando li, o que posso dizer é que quando conhecemos Abby e Travis, nos sentimos presos em suas teias, presos por seus olhares, por suas palavras, ações e emoções. Eu me sentia como uma alma pairando por sobre eles, assistindo tudo o que acontecia ao vivo e a cores, e torcendo, sofrendo, crescendo e amando junto com eles.

Seria impossível não dizer sobre os outros personagens, principalmente América            – melhor amiga de Abby -, e Shepley primo e melhor amigo de Travis, que além de tudo também formam um casal super fofo, praticamente temos duas histórias acontecendo, porque é impossível também não amar e torcer por esses dois também, e eles fazem toda a diferença na trama, com suas amizades acima de qualquer coisa, principalmente América, ela é capaz de praticamente tudo se for para defender sua amiga.

Cada olhar, cada gesto, cada palavra e cada emoção... é como se tivéssemos vivendo a história, é como se nós fossemos a história.

Abby e Travis não poderiam ser mais o oposto um do outro – ou nem tanto assim – mas a atração que os une de inicio é algo que nem eles mesmos podem ir contra, é claro que tudo não passaria de algo platônico – pelo menos para um deles – e a amizade seria algo muito forte. Mas o magnetismo sempre foi algo tão intenso e Travis não iria desistir de conquistar Abby, mesmo com o medo de perder uma amiga, fosse quase tão intenso, quanto seus confusos sentimentos por ela.

Abby tem medo de se aproximar demais de Travis por causa de toda sua fama, não só de mulherengo, mas de viver metido em problemas, e tudo o que Abby quer é esquecer seu passado, onde os problemas e perigo eram uma constante em sua vida.
Mas é aqui que Abby começa a se sentir confusa, a idéia de amizade parecia ótima no inicio, mas essa aproximação pode trazer a tona sentimentos difíceis de negar, e mais difíceis ainda de não deixa-los transbordar.
A cada página nos deparamos com novas surpresas, novas emoções e novos problemas, nada nesse livro é previsível, porque aqui nada é como parece ser, quando parece que as coisas vão começar a dar certo, uma avalanche de problemas cai em cima deles novamente, ficamos o tempo todo aflitos, esperando para que as coisas dêem certo, mas nada acontece da forma que esperamos, da forma que torcemos. O sentimento deles é rodeado de altos e baixos, realmente parece uma montanha-russa, amor e ódio, medo, incertezas, a tranquilidade, a desconfiança, ciúmes... Tudo isso faz com que não consigamos parar de ler, acompanhar essa história se torna necessário, como o ar que respiramos.

Bem eu não preciso dizer que eu indico esse livro né? Principalmente para aqueles que adoram um romance, cheio de reviravoltas, mas totalmente envolvente. E seria impossível não se apaixonar por Travis. Tudo o que quero agora é ler Desastre Iminente, que é a mesma história, mas narrada pelo ponto de vista de Travis.
Porque acho que não vou conseguir agüentar tanta emoção?


“Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija - Flor.”

Beijos Fê

Sinopse:
Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.
  
Tradução: Ana Death Duarte  
ISBN:978-85-7686-191-1  
Editora: Verus

4 comentários:

  1. Amou né?
    Bom.... não tem como não gostar.... mas eu gostei mais do do Travis, como já falei. Curto muito a America e o Shepley, adoro os dois, eles são fofos demais! Já falei e volto a falar... adorei o livro, mas a Abby é muito chataaaaaaaaaaaaaaaa kkkkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei? isso é pouco para expressar, os sentimentos que esse livro nos desperta é maravilhoso.
      kkk coitada da Abby, o Travis assusta ela um pouco, você também se sentiria assustada kkk, eu pelo menos sim rsrsrs. Mas ela da uma irritadinha de vez em quando vai! kkkkkkkk

      beijos

      Excluir
  2. Ah Fer eu sabia que você ia amar esse livro! Ele é sem dúvida o melhor new adult que já li, senão o melhor livro que li em 2013. A gente se apaixona de um jeito que ama, sofre, chora e ri junto com eles né? É simplesmente inexplicável!
    Sua resenha com certeza passou tudo isso ao leitor :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paty sem dúvidas, ele é mesmo maravilhoso, é muito lindo, como acabei de comentar com a Re ali em cima, ele nos desperta muitos sentimentos, é lindo e muito emocionante, fiquei apaixonada, vai entrar para minha lista dos melhores, agora são 3 que ficam em meu coração rsrs.
      Acontece tudo como você falou, é perfeito.
      Aiiii que tudo, obrigada, muito feliz com o elogio, que bom, eu tentei, como sou nova em tentar expressar o que sinto na escrita as vezes acho que não fica muito bom, mas a gente aprende né? rs

      Beijos,

      Excluir