Resenha do Livro - Uma Longa Jornada de Nicholas Sparks


Uma Longa Jornada - Nicholas Sparks





Nossa, fazia um bom tempo que eu não me sentia tão bem com um livro de Nicholas. Não me entendam mal, eu amo os livros dele, mas acontece que eles são sempre recheados de muito drama, muita tragédia e ai acaba que fico muito depressiva e bem para baixo quando termino os livros dele, e Uma Longa Jornada me levou por um caminho diferente, eu amei a história apesar de ficar surpresa em ver que já sabia o final (depois explico isso melhor).

Bem em Uma Longa Jornada, temos duas histórias acontecendo simultaneamente, nossa eu amei essa idéia, adoro livros assim que você lê e não consegue compreender muito bem como vai ser o desenrolar, já que quando você lê a sinopse, temos a impressão de que a vida desses personagens vai se entrelaçar, mas com o tempo vamos pensando que isso não vai acontecer, opa! paro por aqui com essa explicação, rs!

Bem o livro é dividido em partes, com narrações diferentes, então conseguimos acompanhar o que está se passando com cada personagem individualmente, achei isso ótimo, me sentia como se estivesse lendo um diário. AMEI!

No começo somos apresentados a Ira um senhor de 91 anos, que já sofre a anos com a morte de sua amada esposa Ruth, a quem ele amou completamente. Ira sofre um acidente de carro, e ao ficar preso em um local de difícil acesso e pouco movimentado, ele começa a ter visões de sua esposa falecida, e sendo assim enquanto as horas passam e parece que ninguém vai encontrá-lo e resgata-lo, ele começa a repassar com sua amada toda a história de amor que viveram.
Gente pausa, para dizer que foi tudo muito lindo e profundo, nossa que história maravilhosa (e claro poderia ter sido real) não tem como não nos sentirmos emocionados e ligados e ele e a Ruth.

Com um pouco de mistério envolvendo o relacionamento dos dois, o gostinho de suspense até chega a acontecer, mas dura pouco, com mais algumas páginas, já conseguimos saber o que aconteceu com eles, tudo fica meio previsível, mas a história não fica menos emocionante e linda por isso.

Em outro cenário conhecemos Luke, um cawboy (e que cawboy!) lindo e muito gentil, mas que esconde um grande fato de sua vida e Sophia uma estudante de arte que no momento só quer fazer com que seu ex a esqueça, visto que já sofreu muito na mão dele, mas o mesmo não consegue aceitar o termino do namoro e esta sempre perseguindo a garota.

E é em uma dessas “perseguições” que Luke e Sophia se conhecem em uma festa, onde Brian – seu ex – resolve aparecer e surpreender Sophia, que não fica nada feliz, mas não consegue se ver livre do rapaz, e Luke achando que a situação poderia sair de controle resolve intervir e ajudar a moça.

Os dois acabam passando o resto da noite juntos, em uma conversa super amigável e sem pretensão o que acaba evoluindo mais tarde em outro tipo de nível de relacionamento.

Então começamos a acompanhar a história de amor que também vai nascer entre eles e junto com essa história todos os problemas e obstáculos vividos pelos personagens para que possam ficar juntos.

E ao mesmo tempo continuamos acompanhando a história de Ira e Ruth, claro não preciso nem dizer que a história de amor de Ira e Ruth me emocionou muito, mais do que a desse jovem casal, mas acompanhar a história intensa desse jovem casal também é muito emocionante.

E assim as histórias desses três (ou diria quatro?) personagens, vão acontecendo simultaneamente e o destino vai fazer com que esses eles se encontrem.

O final apesar de lindo não me surpreendeu, e ai explico o porque: Sabem essas mensagens de incentivo? Motivacional? Rsrs, pois é eu conheço uma história praticamente igual, só muda o relacionamento que existia entre os personagens, que no caso, era pai e filho, e não de amor, mas quem se inspirou em quem e se isso aconteceu, já não sei dizer.

Mas mesmo já prevendo todo o final, ele não me foi menos emocionante, é lógico que eu iria chorar, mas também sorri muito com esses personagens, é vivo e real todos os sentimentos que eles vivenciam.

Como sempre Nicholas nos presenteia com muita emoção, a escrita dele é ótima e faz com que os sentimentos em nós sejam todos despertados. A única coisa que peca em seus livros é que tudo esta ficando muito previsível, não precisamos chegar ao fim do livro para saber o que vai acontecer, mas mesmo assim com essa vazão de sentimentos acontecendo o tempo todo, isso acaba não importando tanto assim, afinal. Nunca fiquei entediada lendo suas histórias e ele é muito rico em detalhes, o que deveria me deixar cansada, mas com Nicholas nunca é assim.

É uma leitura tranqüila, sem muitas reviravoltas e grandes surpresas, mas que nos faz apreciar cada momento, cada página lida e sentida. Não percam essa longa jornada, é maravilhoso, super recomendo, ainda mais para quem já é fã de Nicholas e para quem não é, seria uma boa pedida começar com esse livro.


      
Sinopse:
Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele. Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra diversos momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos sobre eles e suas famílias.

Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga a um rodeio. Lá, é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição.

Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.

Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.

Tradução:Maria Clara de Biase

ISBN:978-85-8041-195-9

Editora: Arqueiro



                 


2 comentários:

  1. Adorei a resenha e fiquei na vontade de ler agora RSrs
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu.
      Obrigada, eu amo Nicholas. Leia sim, se gosta de romances, vai adorar esse. Obrigada pela visita.

      Beijos Fer

      Excluir