RAIO X dos Autores - Nicholas Sparks Parte I


VIDA:


Nicholas Sparks nasceu em 1965 em Omaha, Nebraska. Viveu a sua juventude em Fair Oak, na Califórnia e vive atualmente na Carolina do Norte com a família. Foi premiado com uma bolsa de estudos da Universidade de Notre Dame pelos seus excelentes resultados e, em 1988, licencia-se em Economia. Curiosamente, o seu sonho era tornar-se atleta de alta competição, sonho de que teria de abdicar devido a um grave acidente. Iniciou-se a escrever enquanto trabalhava como delegado de informação médica e, mais tarde, surge Theresa Park, agente literária, que se propôs representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance, Diário de uma Paixão, à Warner Books. O sucesso foi imediato e a obra permaneceu durante 56 semanas consecutivas nos tops americanos. Seguiram-se livros como As Palavras que Nunca te Direi (Message in a Bottle) e Um amor para recordar (A Walk to Remember), também sucessos editoriais de grandes proporções.

Bem minha relação com Nicholas, é uma relação de amor e ódio, rsrs, é bem assim mesmo, em alguns momentos eu o amo e em outros, fico muito nervosa com ele.
Mas isso faz parte do bom autor que ele é. Ele consegue despertar todos os tipos de sentimentos dentro de nós com seus livros. 
Eu cheguei a prometer a mim mesma que não leria mais seus livros, tamanha minha revolta com alguns finais que ele da a seus personagens, mas sempre acabo me acalmando, e não consigo resistir a seus livros.

Nicholas parece ter uma paixão por tragédias, principalmente ligadas a doenças, então eu meio que fiquei traumatizada com alguns de seus livros, mas logo passou, afinal são tantos romances diversos. Que fica impossível não gostar.

E fazendo minhas pesquisas para realizar essa matéria, descobri algumas coisas legais sobre os livros dele, e que ele realmente gosta de escrever sobre tragédias, ou seja, cabe a nós querermos ler ou não os livros dele, e apesar de me sentir mesmo muito triste com alguns livros, eu não vou mesmo conseguir parar de ler.





Bibliografia:
(Lançados no Brasil)
Diário de Uma Paixão – adaptado em 2004
Uma Carta de Amor – adaptado em 1999
Um Amor Para Recordar – adaptado em 2002
Uma Curva na Estrada
Noites de Tormenta – adaptado em 2008
O Guardião
O Casamento
O Milagre
Á Primeira Vista
Querido John  - adaptado em 2010
A Escolha
Um Homem de Sorte – adaptado em 2012
A Última Música – adaptado em 2010
Um Porto Seguro – adaptado em 2012
O Melhor de Mim – (inicio em 2014, mas sem data prevista para inicio de gravações)
Uma Longa Jornada

(Ainda não Lançados)
Wokini (Coescrito com Billy Mills)
The Rescue
Three Weeks With My Brother (com Micha Sparks)



Os mais indicados:

Fica até difícil, mas vou citar os 3 de que gosto mais:

Um Amor para Recordar
Sinopse:
“Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”

A Última Música
Sinopse:
Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração. 

A Escolha

Sinopse:
Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?

Na próxima matéria, vou contar as inspirações dos livros, não percam!

Beijos Fê!






2 comentários:

  1. Também comecei uma sessão lá no blog pra falar um pouco dos autores, mas até agora acho que só falei do Zafón, é tanta coisa que a gente se mete a fazer e depois não tem tempo kkkkkkk Comecei a pesquisar sobre a Julia Quinn, mas ainda nem fiz o post.
    Bom, eu não posso falar nada do NS, só que nunca li nada dele e confesso que não é meu tipo de leitura favorita, para mim parece auto ajuda kkkkkk. Nunca li então estou julgando superficialmente, não me entenda mal. Ele esteve aqui na última bienal, ainda bem que eu não estava no dia, até quebra quebra teve, muita idolatria. Tá, eu também amo alguns autores, mas vamos combinar que tem uns fãs meio loucos kkkkkkkk
    Algumas "fórmulas" vendem bem, já li alguns artigos sobre a fórmula que ele usa, um amor avassalador, algum drama, tudo corre bem até alguma coisa desmoronar etc etc.... como te falei, estou olhando "por alto". Como nunca li não posso dar mais piruadas, kkkkk, mas tenho tanta coisa com vontade de ler que confesso que ele seria o último da lista!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rê...

      Que legal, vou lá espiar depois, hoje só vou dar conta de responder os comentários aqui no Blog, estou recebendo visita de SP e daqui a pouco o pessoal chega, mas vou querer ver sua matéria, é gostoso falar dos autores que gostamos né?
      Nossa ai acho demais, Deus me livre, eu nunca fui tiete de nada nem ninguém, nem quando era adolescente que geralmente sempre somos fanaticas por alguém, eu sempre tive minhas preferencias, mas nunca gostei de me "matar" por ninguém não, odeio lugares lotados e muita gente perto de mim kkkkk.
      O NS é bem assim mesmo, mas o legal é que ele é assumido, ele sempre gostou de escrever dramas, é o negócio mesmo dele. É bem tudo isso ai que você disse, para quem não leu nada dele, você é bem informada, rs, porque está tudo certo, mas eu não sei porque eu não consigo deixar de gostar kkk, já me prometi várias vezes, que não ia ler mais nada dele após algum trauma kkk, mas não adianta estou sempre lendo kkk. Mas eu sou fã dele, desde que ele quase não tinha livros em português/brasil, na época eu achava livros em português/portugal, baixava, imprimia e mandava até encadernar para ler rsrs, mas hoje ele virou uma febre, mas já sou fã antiga kkkkkk.
      Ha mas você podia ler alguma coisa dele um dia vai, só para ver senão ia mesmo gostar, ele tem alguns livros que não são tão dramáticos assim, rs.

      Beijos Fer

      Excluir