Resenha do Livro - Desastre Iminente de Jamie McGuire

Desastre Iminente de Jamie McGuire



Feliz! Essa é a palavra que expressa como fiquei em ter a oportunidade de ler esse livro.

Desde Crepúsculo, em que Stephanie Meyer, iria escrever Midnight Sun, que seria Crepúsculo na visão de Edward, e infelizmente ela mudou de idéia porque o livro vazou antes do termino, que eu queria algo assim, a visão do rapaz sobre tudo na história dele com sua amada.


É muito bom entrar na mente masculina – tudo de bom eu diria – se bem que adoraria ter mais segredos revelados, dessa mente não estranha e misteriosa, me perdoem meninos, rs.


Travis Maddox (suspiros, muitos suspiros). Entrar fundo em sua mente e em seu coração, e adentrar sua alma é um maravilhoso presente.

Ele nos leva ao céu e ao inferno, como se estivéssemos dentro de sua cabeça e pudéssemos ver tudo como ele vê e pensa.


Se eu for pensar em um gênero de livro de que gosto mais, eu diria os policiais. Mas quando me deparo com um romance assim tão intenso, tão cheio de entrega e de emoção, que conseguimos senti-lo de verdade em sua plenitude, não tem como em alguns momentos pensar: - há com certeza eu prefiro os romances, rs!

Nada como um sentimento que nos enche de esperança e felicidade.


É assim que nos sentimos ao ler Desastre Iminente. Sentimos esse amor, essa luta pela busca da felicidade a todo momento, todos os sentimentos estão a flor da pele. E a esperança de que o amor vai poder superar todas as barreiras, todos os medos e dores nos falam mais alto, e sabemos que tudo o que desejamos é ver o amor vencendo. E sabemos que senão for assim, nossa felicidade, junto com a de Abby e Travis não será completa, nossa alegria fica totalmente entregue e dependente da felicidade deles, e o nosso coração se oprime de tanta dor quando acompanhamos o sofrimento deles.




            Talvez fosse só comigo. Talvez fosse só com nós dois. Talvez juntos nós fôssemos uma entidade volátil que ou implodiria ou se fundiria. De uma forma ou de outra, parecia que, no momento em que a conheci, minha vida tinha virado de ponta-cabeça. E eu não queria que fosse de nenhum outro jeito.


Bem é impossível falar muito mais de Desastre Iminente, visto que é basicamente tudo o que acontece em Belo Desastre, mas na visão de Travis, mas não fiquem pensando, que por terem lido BD, que DI vai ser chato, ou que já saberão de tudo. Em alguns momentos isso acontece, mas a forma, como ele pensa, como senti, como ele age, nos faz pensar que estamos em outra história, ver sob outra perspectiva, torna tudo completamente novo. 


Mas vou falar que senti falta de uma coisa, para quem leu BD sabe que em uma das lutas de Travis, Abby foi atacada por um louco, e infelizmente Jamie esqueceu de colocar na visão de Travis como ele se sentiu, eu queria muito essa cena, aqui acho que ele se afundaria, tamanha deve ter sido sua dor, quando ele viu ela sendo atacada e não conseguia chegar até ela.


Mas o final?! Há o final. Gente o que foi aquilo? Se o fim de BD foi ótimo (mas confesso que queria mais), o final de DI foi fabuloso, amei, ela me surpreendeu totalmente.

E aqui vai ficar todo o mistério. Vocês vão precisar ler para saber do que estou falando. 


Mas não percam. Desastre iminente é emoção do começo ao fim, pelos olhos de um homem que iria ao inferno – e chegou a ir muitas vezes – para poder conquistar seu grande beija-flor.


Travis me conquistou, é impossível não pensar nele com carinho.

Sinopse:
Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida - ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis 'Cachorro Louco' Maddox vai ser derrotado por uma garota?

Tradução: Ana Death Duarte  
ISBN:978-85-7686-191-1  
Editora: Verus
 
Beijos Fê!

8 comentários:

  1. Nem preciso comentar que eu AMO esse livro né? Sou surtada no tal do Belo Desastre, mas a visão do Travis foi muito melhor na minha opinião,além de super engraçada porque a cada página ele soltava um palavrão ou fazia alguma coisa indevida que só me dava vontade de rir! kkk
    Adoreii a sua resenha e adorei saber que vc é fã do BD como eu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Niina.

      Rsrsrs, eu já percebi sim, rsrs, você é apaixonada, eu amei o livro também, e sei como é kkkkk. Mas com certeza, concordo com tudo o que você falou, a visão dele foi muito mais profunda. E eu ri muito também, o que achei bem legal! Esperando o Belo Casamento, estou bem curiosa, fico pensando o que será que ela pode mais falar? kkkk

      Beijossssssss Fer

      Excluir
  2. Não curto o gênero New Adult, por este motivo não tenho interesse nem nesse livro e nem em Belo Desastre, mas são obras muito bem comentadas.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Inês.

      Ha eu gosto de todos os tipos de romance, e esse eu achei muito lindo, mas nem todo mundo gosta mesmo, super normal. Que estilos você prefere?

      Beijoss Fer

      Excluir
  3. No geral, como eu já falei lá no blog eu gostei dos livros, mas a Abby é muito CHATA, ahahahahah, o Travis carrega o livro nas costas, vamos combinar? Odeio o #mimimi dela, e algumas situações eu achei meio absurdas, tipo dormir agarradinho como Bela e Edward kkkkkkkkk
    Senti tudo isso que vc falou e a palavra que bem descreve é intenso! Mas no geral recomendo também. A gente realmente não consegue largar pois apesar de a história não ser nada original, a autora escreve muito bem e nos prende. Ponto para ela.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk ai Re, só você mesmo, eu claro prefiro o Travis, mas gosto da Abby também, claro que ela realmente faz muito mimimi, mas acho alguns justificados kkkkkk. Afinal um pai como o dela, quem precisa de mais doidos na vida? Eu mexo com "algumas coisas complicadas" em meu serviço, então sei lá, sei o quanto uma infância complicada "molda" uma pessoa, e ai penso nisso quando leio coisas assim, ai fico pensando muito, e acabo não pegando tanta birra, dessas meninas que ficam cheia de não me toques kkkkkkkkkkkkkkk.
      Ha eu amo Bella e Edward kkkk.
      Entãoeu fiquei com essa mesma sensação, ainda mais depois que tinha absorvido bem melhor o livro, ele realmente não é nada que já não tenhamos lido por ai, mas sei lá a autora escreveu de um jeito que é impossivel parar, e eu amo esse casal rsrs.

      Beijosss Fer

      Excluir
  4. Ai Fer não vejo a hora de poder ler Desastre Iminente! Eu já amei Belo Desastre pela visão da Abby, mas imagino que ler tudo de novo pelo ponto de vista do Travis deve ser mil vezes melhor! rs
    O livro transmite muitas emoções né? Como diz minha sogra, tem uma carga emocional muito forte!
    Adorei a resenha, beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Paty, então leia assim que puder, porque se gostou mesmo de BD no DI iminente não sei nem descrever o que você vai sentir, é lindo e emocionante!
      É isso mesmo, apesar do tema já ter bem clichê, a forma que a história é conduzida gera muitos sentimentos, é muito bom tudo isso, rs.
      Obrigada, e ótimas leituras para você também!

      Beijos Fer

      Excluir