Resenha do Livro - Diários do Vampiro de L.J.Smith







Bem para resumir bem, tenho que dizer que eu não gostei muito da obra.
Sei que muita gente gostou, que é viciado na série literária, na série televisiva, mas no contexto geral eu não gostei dessa série, e estou sendo sincera, afinal minha proposta é essa certo? Ser sincera com vocês, então quando eu resenho, coloco toda minha opinião e sentimento sobre o livro.

Não é nada assim: - detestei o livro!
Não, a leitura até que flui bem, não ficou tão chato de se ler, mas eu não senti aquele “algo a mais” que a gente sente quando um livro é bom? Quando ele é especial e mexe sempre em algum cantinho dentro da gente? Pois é Diários foi bom, mas foi só isso, uma simples leitura que não me causou boas sensações. Ao contrario do que muitos dizem, não achei nada parecido com Crepúsculo, mas enfim como sempre digo, cada um tem o seu tipo de gosto e opiniões diversificadas sobre um mesmo livro, e temos que respeitar todas elas, tenho certeza de que para muitas pessoas, essa série se tornou sim especial. E sim, eu pretendo terminar de ler todos os livros, já que até o momento li só a quadrilogia. Mas não gosto de deixar algo inacabado.

Mas vamos á resenha!

O enredo conta a história dos irmãos Salvatore, Stefan, o vampiro bonzinho, cheio de boas intenções, carinhoso e muito apaixonado. E Damon, o irmão “mal” que só pensa nele mesmo, e é disposto a tudo para ter o que quer. E claro como não poderia deixar de faltar, a mocinha da história, Elena uma garota linda, popular na escola (ou seria ex-popular?), mas que é totalmente fútil e egoísta. Gente é o seguinte, geralmente vejo muitas pessoas que gostam sempre dos mocinhos e detestam as mocinhas, eu não, geralmente gosto do casal, claro que as vezes sinto vontade de dar uns tapas ora em um, ora em outro. Mas esta aqui uma mocinha que me fez odiar ela. Elena, nossa como ela é chata, e egoísta, ela o tempo todo só pensa nela mesma, ela não se importa em magoar as pessoas que gostam dela, ao contrario ela faz todos ao seu redor, como servos, todos devem servir Elena ao que ela precisar, e o que é pior: quando alguém, muito raramente, diz umas boas verdades para ela, ela resolve ficar toda sensível e ofendida. Grrrrrrr bem vocês conseguem perceber que realmente detestei essa personagem, rs.

Foco, vamos voltar a resenha, rs.

Stefan é o mais novo aluno da escola onde Elena estuda, e claro seu mais novo objeto de conquista. Mas Elena acaba meio humilhada quando Stefan a ignora completamente. Mas isso promete não durar, Stefan na verdade está muito apaixonado por Elena, mas precisa se manter  longe dela pelo que é, e pelo seu passado.

Passado que não será esquecido, quando seu irmão Damon resolve voltar para assombrar e lembrar Stefan o quanto eles devem se odiar, já que um matou o outro, séculos atrás por causa de Katherine, uma mulher muito diferente, mas apaixonada pelos dois irmãos, mas que não pôde escolher entre um e outro e acaba assim gerando uma tragédia na vida dos irmãos Salvatore, despertando assim o ódio entre eles.

E quando Damon volta para assombrar a vida de seu irmão, nada mais será o mesmo e a vida desses três e de outros personagens, ira mudar terrivelmente.

 Como eu disse antes, esse enredo não me fez sentir aquele algo mais, mas também não é dos mais chatos que li, e como já li os outros três, posso dizer que as coisas melhoram um pouco, mas mesmo assim, ele não entra na minha lista de queridinhos.

Bem agora fica a critério de cada um escolher ele para leitura, e quem já leu, eu gostaria de saber o que achou?

Sinopse:
Em Fell Church, uma cidade pacata em West Virginia, a garota mais popular da escola Robert E. Lee apaixona-se por um vampiro com quatrocentos anos. Com a ajuda das amigas, Meredith e Bonnie, Elena fará tudo para seduzir Stefan. E Stefan fará tudo para proteger Elena… dele mesmo. O adolescente de olhos verdes, rosto clássico escondem um passado sombrio e uma sede que não consegue controlar. Com ele, arrasta a memória de um amor perdido e um irmão que apenas deseja vingança. Em Florença, no Renascimento, Stefan e Damon Salvatore lutaram pelo amor da mesma mulher. Séculos mais tarde, voltarão a fazê-lo. Diários do Vampiro – O Despertar é a introdução a um triângulo amoroso arrepiante: a história de dois irmãos vampiros que se odeiam e de uma garota que se vê dividida entre os dois.

Tradução: Ryta Vinagre
ISBN: 978-85-01-08615-0
Editora: Galera Record

Beijos Fê!
 








0 comentários:

Deixe seu comentário