Dia da Mentira - Curiosidades


Hoje é o Dia Da Mentira, mas deveria ser o dia da verdade, visto que ultimamente ser honesto e verdadeiro, infelizmente saiu de moda. Mas como de qualquer forma adoramos pregar peças e contar mentiras engraçadas nesse dia. Resolvemos contar algumas curiosidades para vocês:

1. Há muitas explicações para o 1º de abril ter se transformado no Dia da Mentira. A mais famosa delas diz que a brincadeira surgiu na França. No começo do século 16, o Ano Novo era festejado em 25 de março, data que marcava a chegada da primavera. As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de abril, data que marcava o início do ano. Em 1582, o rei Carlos IX impôs a adoção do calendário gregoriano, que determinava o início do ano no dia 1º de janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e quiseram manter a tradição, organizando festas e fazendo saudações de Ano Novo em 1º de abril. A brincadeira pegou e os próprios adeptos do novo calendário entraram na onda. Para ridicularizar os conservadores, eles enviavam presentes esquisitos e convites para festas que não existiam.

2. Outra teoria diz que, muito antes do século 16, a tradição de 1º de abril já existia. A data, que marcava o equinócio da primavera, era motivo de festa na Roma Antiga. Uma das características das descontraídas comemorações era a pregação de trotes.

3. Em 1983, o professor de História da Universidade de Boston Joseph Boskin revelou à agência de notícias Associated Press mais uma explicação possível para o surgimento da data: no Império de Constantino, na Roma Antiga, um grupo de bobos da corte teria desafiado o imperador, dizendo que faria um governo melhor do que o dele. Constantino, divertindo-se com a provocação, deu aos bobos um dia no poder (1º de abril). A partir de então, a data virou motivo de gozação. Demorou duas semanas para que o veículo que publicou a notícia ficasse sabendo que a história não se passava de um trote do Dia da Mentira feito pelo professor universitário.

4. No dia 1º de abril de 1848, foi lançada a primeira edição do jornal "A Mentira", em Pernambuco. Já de cara, ele trazia a mentirosa - e polêmica - manchete: "Morre Dom Pedro II". Foi a primeira brincadeira do Dia da Mentira feita pela imprensa brasileira. A notícia deu o que falar, e só foi desmentida no dia seguinte. O imperador só bateu as botas 43 anos depois.

5. Na França, a data é conhecida como "Peixe de Abril" ("Poisson d’Avril"). O trote mais praticado entre as crianças é o de colar um desenho de um peixe nas costas dos colegas.

6. Os escoceses adoram a data! Tanto que, na Escócia, as comemorações duram dois dias. No primeiro dia, eles fazem uma espécie de "caça aos bobos". Quem cai nos trotes de 1º de abril fica conhecido como tal. O segundo dia é dedicado à brincadeira de se colar placas de papel nas costas dos colegas. A mais comum costuma dizer "Me chute".

7. Em Portugal, o Dia da Mentira é comemorado no domingo e na segunda de Carnaval. A brincadeira mais comum é a de se jogar farinha no rosto dos colegas.

8. Na Polônia, o Dia da Mentira é levado a sério! Isso porque a mídia e até o poder público geralmente entram na onda das brincadeiras. Não entrar no clima é praticamente proibido durante a data. A prática mais comum é a de jogar água nos colegas.

9. Uma pesquisa com trabalhadores americanos feita pelo site Career Building revelou que 32% deles já sofreram trotes de 1º de abril no ambiente de trabalho.

10. Na Bélgica, a data é um pretexto para que as crianças "sequestrem" os adultos. A brincadeira consiste em "prender" os pais ou professores dentro de um cômodo. O resgate? Doces, é claro!
 
Adorei a 10 rsrs.
 
Bem pessoal, cuidado com as mentiras, principalmente nos dias em que não comemoramos ela rs, e hoje cuidem de brincar mas cuidado para não causar muitos infartos por ai.
 
 
Beijos Fê

0 comentários:

Deixe seu comentário