Resenha do Livro - Ah, o Verão! de Fernanda Belém




Ah, o Verão! - Fernanda Belém





09 de junho



- Mais que um livro, uma verdadeira viagem ao mundo das lembranças –



Nossa não sei como falar de um livro que é mais, muito mais que um livro, que é um presente especial! Ah, o Verão, me fez cometer dois pecados no meu mundo literário, rs.



O primeiro foi passa-lo na frente de todos os livros que estavam na fila antes dele (pois é eu tenho uma lista de objetivos de leitura, que serve para que eu tente ler os livros que estão a mais tempo na minha estante), segundo também me fez passar na lista de postagens, porque sim eu tenho uma ordem de resenhas a serem publicadas. Mas eu precisava compartilhar esse presente com mais pessoas, eu não conseguiria colocar ele na fila, rs.



Fernanda Belém nos presenteia com algo mágico, algo que poucos livros conseguem fazer, viajar no tempo, mas de volta ao nosso próprio passado.



É comum nós leitores apaixonados falarmos que “entramos” na história, que participamos de tudo como se fossemos o personagem, ou algum espectador, que está ali, dentro da história só observando os acontecimentos. Nos apaixonamos pelos personagens, conhecemos os locais como se realmente estivéssemos lá. Mas a Fer Belém, foi além.



Além de me sentir em Búzios (nunca fui nem ao Rio de Janeiro, você sabe), e conhecer todos os lugares e pessoas que a Mila conheceu, eu fui tele transportada ao meu passado, mais especificamente a minha adolescência. E eu nem acreditei quando cheguei lá. São tantas boas recordações, tantos momentos especiais, que quando eu lá cheguei, não quis mais sair.



Me recordei das brincadeiras de ‘verdade ou consequência’ que tanto amávamos fazer na nossa época (e pelo que percebi ainda é moda, rs), fui levada a um dia em especial, a uma festinha de aniversário de uma amiga minha, que foi marcante em nossas vidas, consegui me lembrar de todas as perguntas que fizemos, e de todos as consequências que pagamos, ah que coisa maravilhosa ter lembrado daqueles momentos, como se lá eu estivesse novamente.



Lembrei também de umas férias (essa eu te contei há muito tempo, não sei se você se lembra?!), mas não de verão (afinal em Julho está mega frio), mas foram umas férias muito especiais. Foi minha primeira viagem sozinha, com uma amiga minha muito especial a Aline. Foram dias mágicos, momentos especiais. Revivi tudo aquilo através de Mila. Todos os momentos, desde o pegar na mão, o beijo, os beijos, os passeios e o momento tão dolorido da despedida. Um filme passou na minha cabeça, essa viagem vai ficar marcada para sempre, mas com a loucura de nossas vidas, fazia muito tempo que eu não pensava mais nessa época, por isso que disse que esse livro - que o verão de Mila, foi um presente - porque ele me fez parar e voltar no tempo, numa época que foi muito especial para mim também, como esse verão foi para Mila. E como ela vivi aquele momento como único e como ela, ele teve um fim e assim como ela, eu também sofri de saudades, mas aprendi muito. Foi mágico poder me lembrar de tudo mais uma vez. Foi especial fechar os olhos e lembrar mais um pouco daquele tempo, como se através dessa história, eu pudesse viver tudo aquilo de novo mais um pouquinho. Fernanda Belém é uma bruxinha, mas uma bruxinha linda, que jogou um pozinho mágico e fez com que eu revivesse momentos passados, mas que sempre vão estar guardados. Será que você consegue entender?



Não consigo falar muito de Mila e Leandro, é como se eu fosse revelar segredos que não são meus, não me pertencem, por isso eu não posso te contar nada hoje. O que posso dizer é que eles são muito especiais, Mila é aquela garota super espontânea, divertida, mas que tem os mesmos questionamentos de meninas de sua idade. Leandro já é aquele rapaz que todas nós, aos nossos 15, 16 anos nos apaixonamos, seja ele alguém real, ou algum ator lindinho, que em nossos pensamentos um dia iria se tornar nosso namorado. Ele é mais velho, mais experiente, sabe o que quer, mas mais que tudo, ele sabe como conquistar e manter a conquista. Quando eu o conheci, fiquei meio pé atrás, sua conversa, me lembrou muito a conversa dos meninos da minha adolescência, mas daqueles que eu achava muito assanhados, que se achavam muito “sabidinhos”, mas depois você se derrete toda, e entrega seu coração sem pensar duas vezes, ele tem esse dom, de conquistar você, mas o melhor de tudo, toda essa confiança que ele tem, é natural, e isso faz com que você só se apaixone ainda mais. O Lê não é um rapaz convencido (não muito, rs) ele simplesmente é alguém que sabe como conquistar e não tem vergonha de azarar. Mila me deixou muito surpresa com o seu amadurecimento, é algo forte, algo real, senti que aprendi tudo o que ela aprendeu. Se eu tivesse lido essa história quando eu tinha os meus 16 para 17 anos, sei que ela teria me ensinado muito. Mas hoje pude aprender através de Mila.



Foi impossível não chorar, não se emocionar com a história deles. Na primeira ‘cartinha’ que Mila escreve para o Lê, mas que na verdade fica em sua agenda, eu já comecei a me balançar, mas no capitulo 19 quando Leandro vai falar com ela, sobre o Rafael, pronto não deu, comecei a cair no choro, e ai como senão fosse o suficiente o bilhete que Mila encontra depois em sua bolsa, foi o suficiente para desmoronar comigo, claro que fui dormir chorando, ainda bem que já eram quase 2h da madrugada e meu esposo já estava dormindo. Imagina até explicar o motivo de tantas lagrimas? Eu não sabia ser era por Mila, se por ela e o Lê ou se por nós três, rs.

"Tenho que ficar alegre pelo que vivi e não triste pelo que vou perder".



Eu não sei se a série é só sobre a Camila, se sobre ela e Leandro, o que sei é que não estou preparada para o fim, não sei nem se me sinto preparada para o outro começo, estou com muito medo do que outono vai me trazer, mas acho que a vida vai seguir em frente, e mesmo com medos, com receios e muita ansiedade, quero saber que novas histórias virão junto com as Folhas De Um Outono.



O que quero agora? Que todo mundo saia lendo esse livro, principalmente minhas crianças (entenda-se minhas alunas de 13 e 14 anos mais especificamente), e já sei o que vou fazer, assim que puder, vou comprar mais um livro (emprestar o meu não vai dar não, ciúmes total dele) e doar a biblioteca de onde trabalho, as meninas precisam muito ler esse livros, sei que elas vão aprender muito com ele. Há mas vou sair por ai espalhando essa maravilha que é Ah, o Verão!



E espere pelas músicas, Ah o Verão! É recheado com uma trilha sonora maravilhosa, logo posto para você.

Mas hoje se me permitir, vou compartilhar aqui com você uma música que foi parte da MINHA trilha sonora, essa música, foi uma música que marcou minha vida, exatamente naquela viagem que já te contei mais lá em cima, e queria poder compartilhar ela com você.

E eu acho que tem TUDO a ver com o momento que a Mila também viveu com o Lê.

Ontem quando terminei de ler o livro, a música veio como um golpe na minha mente, e pensei:

- Mila essa música é nossa!



"esse não é somente um livro, é um álbum que nos remete a algumas recordações, algumas lembranças até a muito esquecidas, mas sempre guardadas no coração!"

E confiram o book trailer:

Sinopse:
Uhuuu! Enfim, férias! Camila (ou Mila para os íntimos) estava preparada para curtir com as amigas o verão carioca. Festinhas, clube, praia, noitadas, churrascos... ufa! E Mila também não queria perder a oportunidade de se aproximar e conhecer melhor Rafael, o menino com quem tanto sonhava. Mas como na vida nem tudo são flores, a mãe de Camila já havia bolado outra ideia para o mês de janeiro: viajar. O destino? Búzios. Além de não poder colocar em prática o plano arquitetado para conquistar o coração do Rafa, Mila também teria de conviver com Juliana, uma menina que era o oposto de todas as amigas do seu grupo. Arrasada, partiu para Búzios (fazer o quê?) acreditando que aquelas férias seriam as piores da sua vida. Ela só não imaginava que... Que onda aquele verão reservava para ela? Novas amizades, calor, praia, gargalhadas, micos homéricos e muitos, muitos frios na barriga e arrepios no pescoço. Quem nunca viveu um amor de verão descobrirá com a Camila como é passar por essa experiência que dá uma vontade danada de viver de férias para sempre. Quem sabe como é, com certeza terá um prazer enorme em relembrar aquele pôr-do-sol e as noites estreladas de um verão inesquecível. Três amigas, dois corações apaixonados e um romance inesquecível. Ah, o verão promete!


Editora: Valentina
ISBN: 978-85-65859-18-9

Beijos

2 comentários:

  1. Eba \o/ adoro resenhas de livros nacionais, cada dia estou mais apaixonada pelos títulos e autores que conheço. Fico feliz que vc tenha gostado tanto desse livro, já ouvi muitos elogios a escrita dessa autora. Parabéns pela leitura!!! Essa sensação de voltar a adolescência, sinto ao ler os livros da Paula Pimenta. Mas enfim valeu pela dica. Beijão!!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ni.

      Somos duas, cada dia eu descubro mais e mais autores, e estou encantada! Eles são ótimos. Fico até perdida porque não sei o que começar a ler de próximos rs.
      Nossa gostei muito estou de ressaca por causa dele, não tem jeito, achei ele perfeito, pela escrita e por todas as lembranças que ele me fez retornar.
      Eu infelizmente ainda não li nenhum dela, está para chegar um que eu comprei (não me aguentei e comprei 4 nacionais esses dias porque queria conhecer os escritores) e o dela está no meio rs. Mas o da Fer foi lindo, a história realmente me levou ao passado, foi lindo.
      Ni leia quando puder, acho que você vai gostar sim!

      Beijos Fer

      Excluir