Resenha do Livro Quero Ser Beth Levitt - Samanta Holtz

Quero Ser Beth Levitt de Samanta Holtz



Uma palavra para descrever o que senti lendo esse livro?

Bem ainda não inventaram uma que pudesse descrever tamanha emoção que senti com essa leitura, ou melhor, que senti ao abrir esse maravilhoso presente. Mas se eu tenho que escolher uma que possa descrever como me senti, foi:

VIVA!



A doce Amelie tem um grande sonho e no dia de seu 18º aniversário ao soprar as velinhas Amie deseja: - Quero Ser Beth Levitt.

O que ela não esperava era que esse sonho poderia vir a se tornar realidade...



Amie viveu em um orfanato desde o falecimento de sua amada mãe, alguns poderiam pensar que isso a tornou uma pessoa, revoltada, amarga e triste, ao contrário, Amie é a pessoa mais doce, de coração puro e forte que eu já vi na minha vida.




Amie está assustada, pois agora ao completar seu 18º aniversário, deverá deixar o abrigo e todas as pessoas que ama, e ir enfrentar o mundo desconhecido da realidade e vida adulta.

Amie vai se deparar com algumas dificuldades ao encarar a realidade de viver fora do abrigo. Mas com a ajuda de seu bom coração e da força transmitida através de suas melhores lembranças, ela vai lutar por seus objetivos.



Algo surpreendente acontece a ela, e parece que o destino está á seu favor. Sem querer Amie é encaminhada a um teste para um comercial, mas um imprevisto a leva a um teste para a gravação de um filme, e quando ela descobre está concorrendo a um papel para a gravação de Doce Acaso, o livro que sempre foi o companheiro de Amie, que foi seu amigo e esteve com ela em todas as dificuldades e mais que tudo, o livro que a fez desejar ser Beth Levitt.



Após alguns obstáculos Amie é aprovada e está dentro do elenco. O que ela não sabia é que esse sonho iria levá-la por um caminho sem volta, cheio de alegrias, tristezas, obstáculos, pessoas sem caráter, ciúmes, inveja, superação, provações, descobertas, mas principalmente no caminho do amor.

Ela irá enfrentar coisas que poderiam fazer com que perdesse a docilidade, a ingenuidade, o bom coração que sempre teve, mas Amie se mostra uma pessoa muito forte, ela irá amadurecer, aprender novas coisas, mas acima de tudo, vai entender que manter o sonho e o bom coração são as únicas coisas que podem levá-la a verdadeira e única felicidade.






Destino? Erros ou acertos? O que será que rege nosso caminho em busca da felicidade? Ao encontro de ver nossos sonhos realizados? Ou muitas vezes ao encontro de algo que nós nem sonhávamos que fosse acontecer em nossa vida? Será que já está tudo “programado”? E que vivemos um verdadeiro espetáculo? Mas que muda de roteiro todos os dias, naquilo que chamamos de Projeto Vida?



Sabe aquele livro que você lê o tempo todo com aquela sensação de frio na barriga? Pois assim fui eu lendo Quero Ser Beth Levitt. Eu me senti vivendo a personagem, sofrendo com Amie, sorrindo com ela, passando pelas mesmas angústias, com as mesmas expectativas, vitórias...

Parecia que eu estava dentro de um romance de Shakespeare, alguém aqui já leu algo dele? Eu amo as histórias dele, e já no começo do livro, parecia que eu estava vivendo um de seus dramas, a Samanta é perfeita com sua escrita. Longe de mim querer comparar os dois, claro que não.

O bom dos livros é isso cada história, cada autor, nos faz conhecer um mundo diferente, você pode viajar por vários tempos, vários lugares diferentes, não ficamos limitados a uma coisa só, é um sem fim de sonhos que podemos conhecer. Mas é impossível ás vezes não nos sentirmos próximos de dois mundos ao mesmo tempo, e assim me senti com essa leitura, Sam me fez ir tão longe que parecia que eu estava em outra época de sonhos, de dramas, de amores, de incertezas...



Eu estava contagiada, e ainda estou com a história. Enquanto eu lia, tinha a sensação de que alguém estava me contando um segredo, e ai você responde com cuidado, respira com cuidado, você não quer virar a próxima pagina porque tem medo que aquilo acabe, e você não quer que isso aconteça.




Os sonhos de todos os fãs do livro? Um filme! Seria perfeito e mágico ver nossos personagens ganhando vida além de nossa imaginação. Ver nossas cenas preferidas e especiais, tendo cores, vozes, cenários...

Mas me assusta pensar nisso, eu tenho medo de que ser virar filme perca um pouco do encanto. Quero ser Beth Levitt, é um livro completo, com sonhos, com magia, com sentimentos... E se ao virar filme um diretor talvez não consiga transmitir toda a essência dele em poucas horas? Sei que Sam iria cuidar de tudo bem pertinho, mas mesmo assim gente é muita emoção, muito sentimento, para no máximo duas horas de filme.

Ai eu fiquei pensando que na verdade poderia se tornar uma série né? Será que sou maluca demais? Mas ao se tornar uma série poderia ser mais completa, com vários capítulos de algumas horas, porque ai não perderíamos nada.

Poxa não gostaria de perder nada do livro, e infelizmente nos filmes isso sempre acontece.

Eu quero tudo, rs.

Quero as cenas das gravações de Doce Acaso.

As cenas da viagem de Amie, do passeio de cavalo, do momento em que ela acorda no sofá da sala na casa da fazenda, da visita ao orfanato, da cena do balanço, no Música, no jardim...

Como não desejar ter todos os detalhes? Cada mínima coisa que acontece na vida de Amie nós queremos acompanhar. Mas vamos esperar e torcer para que logo logo, Quero Ser Beth Levitt esteja nas telas.

O outro sonho? Queremos Doce Acaso, isso mesmo, tenho certeza de que todo mundo que leu a história de Beth através de Amie, também quer que a própria Beth tenha sua história em um único livro. Ou será que sou só eu? Certeza que não.


            "...A vida só recompensa aqueles que se fazem merecedores."


 "Sim, eu tive tristezas. Mas elas não apagam os momentos maravilhosos que tive, nem os que ainda terei."

"Não era mais Amie. Tampouco era Beth. Ela era as cores e as formas que davam vida ao som..."


"Se fossem fáceis, não seriam sonhos. Nem valeriam a pena."


"Quando você tem um sonho, nenhum medo ou obstáculo pode ser maior que ele. Vencer depende apenas de você, e de mais ninguém. Então, levante a cabeça e lute, em vez de se esconder do mundo!"



Gente acho melhor parar por aqui né? Senão sou capaz de escrever mais páginas e páginas sobre essa história, linda, encantadora e apaixonante.

E sabem quem também é tudo isso? A própria Samanta Holtz, sim a escritora que deu vida a essa maravilhosa história. Gente a Sam (sim ela nos deixa chama-la assim, rs) é uma fofa, ela trata seus fãs com muito mas MUITO carinho mesmo, vocês não tem noção de como é especial poder conversar com ela, ver sua simpatia e seu carisma. E sinceramente? Acho que Amie tem muito da Sam nela, a Samanta é aquela pessoa que como diria minha mãe: - Basta você olhar para ver que tem um bom coração, então não sei não, se qualquer semelhança entre as duas e mera coincidência.


Então pro favor, leiam, leiam e leiam Quero Ser Beth Levitt, com certeza vocês não vão se arrepender, ao contrário vão se sentir presenteados.


Sinopse:
Amelie Wood perdeu os pais aos doze anos e, desde então, vive em um abrigo de meninas. Com a chegada do seu décimo oitavo aniversário, ela vive agora o temido e esperado momento de deixar o lugar que a acolheu por toda a adolescência para enfrentar o mundo em busca dos seus sonhos. Seu bem mais precioso é o velho exemplar do romance que sua mãe lia para ela, na infância. "Doce Acaso" contava a história de Beth Levitt, uma jovem que, como ela, amava o balé e tinha a vida transformada ao conhecer o príncipe Edward. Amie suspira ao reler incansavelmente aquelas páginas, imaginando quando o príncipe da vida real baterá em sua porta... Por isso, ao soprar as velas, não tem dúvida quanto ao seu pedido: "Quero ser Beth Levitt!". Através de grandes coincidências e uma trajetória que ela jamais imaginaria, Amie se vê, de repente, no fascinante mundo do cinema, cara a cara com o príncipe mais lindo que sonharia encontrar e lutando para se esquivar da maldade de muita gente invejosa, contando, para isso, com sua melhor arma: um coração puro

ISBN: 978-85-428-0044-9
Editora: Novo Século


Espero que tenham gostado.

Beijos

 

6 comentários:

  1. Nanda, AMEI AMEI a resenha...É engraçado quando já somos fãs da Sam e do livro, o quanto ler uma resenha sobre ele nos trás mais emoção ainda sobre o livro. Mas pode ter certeza que a resenha foi perfeeeita para fazer vários outros leitores que não conhecem a história, nem a Sam, se apaixonem, fiquem curiosos sobre os dois...Quanto a você ter medo de Quero ser beth Levitt seja um filme e não consiga transmitir todos sentimentos, cenas do livro, concordo, pode até acontecer Deus livre, mas eu penso por outro lado...Tem gente que pode só conhecer a história da Amie pelo filme um dia, e sabendo que o filme é um livro aí sim tenha a curiosidade de ir atrás dele...Sabemos que isso deve ter acontecido com Harry Potter, crepusculo, jogos vorazes. Desejamos que Quero Ser Beth Levitt seja sucesso nacional e internacional...Veremos os livros da Sam traduzido em outras línguas, se não for agora, esse dia irá chegar. Com certeza esse livro foi minha grande surpresa, amor, do meu ano, a Sam conseguiu me fazer sentir tudo, seja tristeza, raiva, alegria, amor, medo, risos, doçura. É um livro que consegue abordar, incluir todos os gêneros em uma obra só, isso acontece também com O Pássaro, acredito que é uma característica da Sam. Amei muito no livro os personagens secundários também, esse espaço que a Sam dar para eles nos dois livros para mim é muuito inteligente. Enfim, ameei a resenha, a gente sente nela o quanto você se emociou com a história, amou, e deseja que os que leem essa resenha leiam e se apaixonem também. Arrasou :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Mariiiiiii.

      Obrigada pelas palavras, fiquei muito feliz com seu comentário. E concordo em tudo com você. E espero que possamos sim cada uma de nós, ajudar a levar essa história linda para mais e mais pessoas. Mas quanto a filme eu fico com um pouco de medo, poxa eu não quero perder as cenas mais lindas, todas são, mas tem aquelas que chegam ao coração de cada uma né? rs. Mas sei que a Sam cuidaria para que ao ser adaptado tivessem esse cuidado para que a emoção do filme, fosse a mesma que sentimos no livro. Mas espero que isso seja breve.

      Beijosssssssss Fer

      Excluir
  2. Querida Fernanda,

    Que delícia ler uma resenha tãooooo linda e apaixonante sobre meu livro!!! <3
    Fico muito feliz, de verdade, em saber que Quero Ser Beth Levitt tocou tão profundamente seu coração e que os momentos vividos por Amie se tornaram tão inesquecíveis para você!!!

    Ahhh, já pensou que sonho Beth virar filme??? Concordo com você, existe o risco da história perder um pouco o encanto em outro formato, mas adorei a ideia da série :D hahahahahahha!!!

    Também agradeço, claroooo, as lindas palavras que escreveu sobre mim :)
    Obrigada!!! Que bom saber que o carinho enorme que guardo por vocês em meu coração é sentido e percebido, mesmo que através do computador :D

    Beijosssssss e obrigada pelo carinho de todos os dias!

    Sam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sam.

      Tocou sim, o livro é lindo demais, Amie é muito especial e sei que não só para mim.

      Ai que bom que você concorda, rs, Pois é, seria perfeito se virasse série né? Mas se for filme tudo bem, desde que você acompanhe tudo de pertinho!

      Beijos Sam, amamos muito você.
      Você é demais e por favor NUNCA PARE DE ESCREVER!

      Beijossss Fer

      Excluir
  3. Que bom que vc leu mais um nacional mega elogiado. Também ele e pretendo ler ainda esse ano. Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ni.

      Nossa eu fiquei apaixonada. Olha eu não sei onde eu estava que demorei tanto para descobrir essas maravilhas nacionais. O livro é lindo, eu fiquei apaixonada. E a Sam o que dizer dela? ela é um encanto de pessoa, tão meiga e atenciosa, ela é demais. Ni leia sim, não vai se arrepender é uma história muito especial.

      Beijos Fer

      Excluir