{Resenha} Easy - Tammara Webber

Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.


Verus * 2013 *  305 páginas * Tradutor: Ivar Panazzolo Junior * Classificação 4/5
 
 
 
Um romance com uma leitura muito fácil, leve e doce.

Jacqueline largou sua vida e seus planos, para acompanhar seu namorado dos tempos de escola à faculdade. O que ela não esperava era que o namoro dos dois fosse terminar um ano após essa decisão e tudo porque ele acha que devia curtir mais a vida antes de se entregar a carreira política. Um idiota, diga-se de passagem.

Ainda em choque e sofrendo com o termino, ela resolve acompanhar sua amiga a uma festa, mas sem aguentar ver seu ex nos braços de outra, ela decide sair mais cedo. Sem nem imaginar o perigo que esta correndo ela se dirige a seu carro, quando uma força entra em choque com ela... Jaqueline está perdida ela não vai conseguir impedir Buck de fazer o que ele esta disposto a qualquer custo, e quando o terror toma conta dela e parece que não resta mais nada a ser feito, uma força sobrenatural parece tirar Buck de cima dela...

Lucas seria capaz de matar Buck, mas um olhar para Jaqueline faz com que ele resolva parar. Um olhar, apenas aquele olhar de Jacqueline é capaz de abalar todas as suas estruturas, e parece que depois daquele dia, ambos estão fadados a se encontrarem muitas vezes pelos campus da faculdade.

"Amor não é a ausência de lógica
mas a lógica examinada e recalculada
aquecida e encurvada para se encaixar
dentro dos contornos do coração."

Tudo o que ela quer é esquecer aquele dia horrível, esquecer seu ex, e esquecer Lucas, seu herói e protetor.  Mas o terceiro item de sua lista não parece tão fácil já que Lucas esta na mesma sala que ela, em uma de suas matérias, algo que ela nunca havia notado antes.

As amigas de Jacqueline traçam um plano para que ela esqueça seu ex e viva um pouco mais da sua vida, já que ela teve somente um namorado em toda sua vida amorosa. Ela só não contava que podia cair em sua própria armadilha e se ver dividida entre Lucas seu salvador e Landon um rapaz que ela nem mesmo conhece, mas que a ajuda via e-mail’s para não ser reprovada em uma matéria.

Quando ela descobre que quer entregar seu coração a Lucas, entende que algo em seu passado pode se colocar entre os dois, e impedir de que vivam esse relacionamento. 



Eu adorei o livro, a escrita de Tammara é muito fluida e quando percebemos terminamos o livro, sem nem ao menos sentirmos isso.
Não encontrei nenhuma surpresa e desde o começo já desconfiava dos mistérios que cercava Landon. Quanto aos mistérios em torno de Lucas, não passei nem perto, mas confesso que me senti muito mal com a realidade de toda a situação.
E esse para mim foi um dos pontos altos da história, tratar sobre abuso sexual realmente deve ser algo difícil e complicado, mas Tammara tratou isso de uma forma suave, que nos faz pensar quando essas coisas acontecem na realidade, e na forma com que são tratadas e com certeza está mais próximo da ficção do que gostaríamos de acreditar.

Só não entendi como Easy pôde ser comparado a Belo Desastre, eu gostei sim muito de Easy, mas não acho que as histórias possam ser comparadas, ou que sejam meramente parecidas. Acho Belo Desastre muito mais profundo e estruturado. Achei que as coisas em Easy foram “rápidas demais” parece que falta algo sabe? Mas mesmo assim é uma leitura maravilhosa e com certeza eu indico essa leitura a todos que gostam de romance com alguma complicação e com um toque de “reflexão” na sua história.

Bem a capa não foi das minhas preferidas, eu já comentei que não gosto muito de capas com personagens, principalmente por as vezes eles não se parecerem em nada como o que eu imagino, mas mesmo assim a capa é bem bonita. A diagramação é simples, mas as letras são ótimas para leitura, e a capa por dentro é ROSA, ai que tudo, rs.

Seguindo a mesma linha de Belo Desastre Tammara escreveu um prequel de Easy, com o ponto de vista de Lucas. O livro já foi lançado nos Estados Unidos e o título é Breakable. 


Agora nos resta esperar pelo lançamento aqui. Eu amei a continuação pelo ponto de vista de Travis em Desastre Iminente, e estou doida para ler a continuação com o ponto de vista de Lucas.
  
 
Minha música escolhida:


Kelly Clarkson - Breakaway 
 
 
 
Espero que vocês gostem.
 
 Beijos

6 comentários:

  1. Compartilho da mesma opinião Fer. Não entendo como alguém pode comparar Easy com Belo Desastre.
    Não gostei mto de Easy, os personagens não me arrancaram suspiros...
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia.

      Bem isso mesmo, eu gostei da história até, mas ela foi muito mais superficial, não tem como comparar a BD, nossa passa bemmmm longe rs.

      Beijosss Fer

      Excluir
  2. Estou curiosa para ler esse livro, muitos elogiam!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ni.

      Eu gostei, só não foi um Belo Desastre, mas é especial na sua forma.

      Beijosss Fer

      Excluir
  3. Eu gosto muito desse livro, pela superação de cada personagem e a luta pra seguir em frente.
    Mas o que eu gosto mais é o suspense básico, claro que eu sei e você sabe que era o Lucas o cara... não vou dar spoiler...
    A vida do Lucas foi tão dificil... nossa corta o coração, mas o romance deles dois é lindo, é um dos livros que eu mais gosto, e vai ser muito dificil eu tirar ele da minha estante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Ceci.

      Eu gostei muito do livro também, só não entendi porque compararam ele a BD. Acho que na parte do romance, o envolvimento dos personagens e "problemas" enfrentados não tem nada a ver.
      Mas com certeza Easy tem a sua particularidade e é lindo demais.

      Beijosss Fer

      Excluir