{Falando sobre Livros} Bruxas e Bruxaria


Depois de muito tempo, voltei com mais um Falando sobre Livros! 'Bora conferir as indicações!

O Martelo das Feiticeiras, de Malleus Maleficarum
O Martelo das Feiticeiras (Malleus Maleficarum) é um dos livros mais importantes da cultura ocidental, tanto para os leitores que se interessam pela história quanto para aqueles que estudam a história do pensamento e das leis. Documento fundamental do pensamento pré-cartesiano, bem como um dos mais importantes depositórios das leis que vigoravam no Estado teocrático, revela as articulações concretas entre sexualidade e poder, e por isso é uma peça única para todos aqueles que estudam a profundidade da psique humana e o funcionamento das sociedades. Durante quatro séculos este livro foi o manual oficial da Inquisição para caça às bruxas. Levou à tortura e à morte mais de 100 mil mulheres sob o pretexto, entre outros, de "copularem com o demônio". Esse genocídio foi perpetrado na época em que formavam as sociedades modernas européias. Uma das conseqüências, apontadas pelos especialistas, foi tornar dóceis e submissos os corpos das mulheres posteriormente.

O Livro de Ouro das Ciências Ocultas, de Friderich W. Doucet
Ocultismo e todas as suas ramificações estão aqui neste livro. Histórias, mitos, simbologias, personagens, profecias, religiões, mitologia, astrologia, runas, bruxaria, alquimia, magia e sociedades secretas, entre outros. Um livro básico para um melhor conhecimento nas ciências ocultas.







O Livro Completo de Bruxaria do Buckland, de Raymond Buckland
Este livro é um verdadeiro tratado sobre a Bruxaria Moderna, também conhecida como Wicca. Partindo do princípio de que a Wicca passou a ser aceita no mundo como uma religião e não como uma prática satânica, Raymond Buckland reuniu neste volume todos os elementos necessários para a realização de seus rituais, inclusive no que diz respeito às necessidades pessoais do praticante. Nos quinze capítulos que compõem o livro, o autor ensina a história, a prática, a composição, as fórmulas, os mecanismos da magia, herbologia, adivinhação, o poder da palavra escrita, a cura e outros procedimentos comuns no dia-a-dia do praticante da Wicca. De maneira clara e sucinta, expõe cada um dos aspectos da religião. Não apresenta apenas a Tradição; descreve com isenção como o leitor deve estruturar a religião no seu cotidiano. Ensina a organização dos rituais, como deve ser a fundação de um Coven etc. Este livro é, enfim, um manual para aqueles que querem se aprofundar nos estudos sobre a Bruxaria, indicado também para orientar aqueles que pretendem formar novos grupos, para bruxos solitários ou simplesmente para curiosos, encorajando-os e ensinando-lhes a prática da Antiga Religião.

Nêmesis, de Diogo de Souza
Há cento e quarenta anos, Astarot, uma dos maiores demônios já conjurados, dorme, aprisionado pelas magias da família Masters. Mas uma profecia determinou seu despertar, e agora, a família de magos mais poderosa, e influente, do mundo, se vê face à face com a volta de sua Nêmesis. Isabela Zuckermann, jovem ginasta, foi apontada como aquela quem trará o despertar do demônio. Agora, aqueles que seguem Astarot tentam protegê-la, e aqueles que pretendem impedir a profecia querem sua morte. A jornada de Isabela está entremeada com o segredo da prisão de Astarot em 1875, e conforme ela descobre a verdade sobre a magia, sua família e sobre si mesma, mais fica claro que não poderá impedir “O retorno de Astarot".

A Pior das Bruxas, de Jill Murphy
Mirtes mal entrou para a escola das bruxas e já se sente a pior das alunas. Não consegue decorar as palavras mágicas, sua vassoura tem o cabo remendado e, sempre que há problemas, ela se vê no meio deles. Para piorar a situação, a bruxinha ainda tem de agüentar as implicâncias de Etelvina, a aluna exemplar, favorita da professora, que não perde a oportunidade de mostrar sua superioridade. Mirtes vai enfrentando essa e outras dificuldades - marcadas pela rivalidade - para, no final, encontrar uma interessante situação que se reverte em seu favor.



Série Harry Potter, de J. K. Rowling
Harry Potter é uma série literária de aventuras fantásticas escrita pela britânica J. K. Rowling. É constituída por sete livros e, desde o lançamento do primeiro volume, Harry Potter e a Pedra Filosofal, em 1997, ganhou grande popularidade e sucesso comercial no mundo todo e deu origem a filmes, videojogos, entre outros itens.
Mundialmente, a série Harry Potter vendeu cerca de 600 milhões de exemplares, até dezembro de 2011, em mais de 67 idiomas. O livro da série que mais vendeu foi Harry Potter e a Pedra Filosofal com cerca de 120 milhões de cópias comercializadas. Graças ao grande sucesso dos livros, Rowling tornou-se a mulher mais rica na história da literatura.

Série Bruxos e Bruxas, de James Patterson
É como entrar em um pesadelo. Do nada, você é retirado de sua casa, preso, e acusado de bruxaria. Parece século 17, mas é o governo da Nova Ordem, e está acontecendo agora!
Sob a ideologia da Nova Ordem, O Único Que É O Único mantém seu poder à força, sem música, nem internet, nem livros, arte ou beleza. E ter menos de 18 anos já é motivo suficiente para que você seja suspeito de conspiração.
Os irmãos Allgood estão encarcerados nesse pesadelo e, para escapar desse mundo de opressão e medo, terão que contar um com o outro e aprender a usar a magia.

Espero que tenham gostado!


0 comentários:

Deixe seu comentário