{Resenha} A Vivência de Clarisse - Isabella Danesi

Era para ser um simples intercâmbio na Inglaterra, se não fosse o fato de Clarisse ficar hospedada na casa de sua amiga Gio, uma garota que namora nada mais, nada menos do que um dos integrantes da banda Flight 08 , de quem é fã, assim como outras garotas também. Igual a um sonho maravilhoso, a brasileira conhece e acaba se envolvendo com Mark, um dos vocalistas da banda. Porém, como saber se realmente essa ficada é para valer ou não? Como é difícil o amor nessa fase da vida! Ainda mais quando o famoso vocalista é cobiçado pela maioria das meninas, que rejeitam e até invejam a estrangeira que, aparentemente, conquistou o coração... do líder do Flight 08. Mais do que uma viagem até outro continente e outra cultura, A vivência de Clarisse é uma jornada para dentro de si mesmo, em que os conflitos da personagem são postos à tona, de forma profunda, sensível e cativante. 


Novos Talentos da Literatura Brasileira (selo da Novo Século) * 2013 * 231 páginas * Classificação 2/5


 
Clarisse tem 17 anos e esta super ansiosa com o intercambio que fará na Inglaterra. Ela esta super ansiosa com tudo de novo que está acontecendo na sua vida e mais ansiosa ainda porque não acredita que ira conhecer os integrantes de sua banda favorita. Gio a amiga de Clarisse onde ela vai morar durante o intercambio, é namorada de um dos vocalistas da banda e Clarisse ainda não acredita que o seu maior sonho vai se realizar.

Clarisse é fã do Flight 08 desde o surgimento da banda, e até o momento em que se encontra com eles, achava que eram pessoas muito distantes de seu mundo, e ai ela conhece Mark, e seu mundo vira de ponta cabeça.

Clarisse nega a si mesma desde o começo, mas fica óbvio que ela está apaixonada. Mark é famoso, e ela uma garota comum, e além disso ele é muito mulherengo. Clarisse não vê como algo entre eles pode dar certo.

A partir daí a rotina de Clarisse é contada sobre seus dias na escola, com seus novos amigos, entre dar uma chance a si mesma e a Mark.
Relata as duvidas e conflitos de uma adolescente que luta para amadurecer e tentar sempre fazer o que é certo, e sem ferir seu coração.


Eu vou ser sincera, não gostei da história. Infelizmente não me cativou, não consegui sentir os personagens.

Não me entendam mal, a autora escreve muito bem, a escrita é simples, como se fosse mesmo uma adolescente de 17 anos escrevendo, ás vezes parece que estamos lendo um diário tal a forma clara com que ela narra em primeira pessoa.
O amadurecimento dos personagens também é acompanhado no decorrer da história. Mas mesmo assim eu não consegui sentir aquela sensação sabe? Eu não me apeguei aos personagens, infelizmente eu só li a história, mas não senti com ela, não torci, não chorei, não fiquei nervosa nem com as atitudes de Mark, nem de Clarisse.

Mas que fique claro que a história deve sim cativar muitas pessoas, principalmente o público mais jovem, mas para mim não rolou mesmo.



Mas eu já li muitas resenhas positivas sobre a história. Muitas pessoas que se sentiram extremamente tocadas com ao enredo.

E a diagramação é linda por sinal, e a capa também. A editora esta de parabéns.

Então como sempre digo, leiam, afinal cada um precisa tirar suas próprias conclusões.

Beijos 




2 comentários:

  1. Oi Fer!!
    Livros com personagens adolescentes trazem mesmo essa divisão de opiniões. Alguns leem e amam, outros não se sentem tão conectados a leitura. Já li alguns que terminei com ódio, rsrsrs, outros morri de amores, mas não pelo livro em si, pelo personagem.
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia.

      É verdade. Mas no caso não foi mesmo por ser adolescente não. Eu AMOOO romances adolescentes kkk. Não sei, só não "virou" mesmo. Não consegui sentir a história rs.
      MAs realmente sobre essa parte de adolescentes, apesar de gostar, é meio complica "entender" algumas coisas deles rsrs.

      Beijosss Fer

      Excluir