{Especial Dia Das Crianças} Minha Infância - Blogueira Fernanda Braga





Modéstia a parte, sim, essa coisinha linda da foto sou eu, a Fer aqui do blog!

Graças a Deus fui, e sou rs, uma criança muito amada. Tive pais maravilhosos e que em todo meu caminho me deram amor e carinho e a melhor educação que eu poderia receber.

Minha infância foi bem simples, mas uma infância cheia, mas cheia mesmo de muitas alegrias.
Eu era uma criança bem educada (olha a modéstia de novo), mas é verdade, mamis minha, conta que eu nunca mexia em nada quando saia de casa, mas em casa a história era outra...

Eu era muito "espoleta" e peralta, daquelas de assustar qualquer ser humano, fiz coisas de deixar qualquer pessoa de cabelo em pé, uma delas foi me enfiar embaixo de um ônibus kkkkk, sim, mas tudo bem aqui estou eu, contando tudo isso para vocês, ou seja, nada demais aconteceu. Tirando a única surra homérica que minha mãe me deu em toda minha vida.

Eu sempre fui uma criança muito feliz, brincava com todos e minha mãe dizia que eu tinha um coração muito bom (em algum lugar do caminho esse coração se endureceu um pouco, mas acho que isso faz parte de crescer).

E quando eu digo brincar, era brincar mesmo.
Costumo dizer que uma das melhores fases de minha vida foi mesmo a infância, eu NUNCA, mas nunca mesmo estava parada, fui uma criança muito hiper ativa, tanto que entre todas crianças no mundo, sou uma das poucas que nunca gostou de desenho, e isso porque ficar sentada em frente a TV sempre foi uma tortura.
É claro que alguns desenhos como Cavalo de Fogo, Ursinhos Carinhosos, a Turma e Os Valentes Cowboys de Moo Mesa me faziam ficar sentadas por alguns instantes e claro havia também a Punk - A Levada da Breca, mas fora esses eu estava sempre brincando, nem que fosse sozinha com minhas bonecas, que por sinal só abandonei aos 13 anos e com muita tristeza. 

Eu fui criada, mas entre primos do que primas, claro que eu tinha meus momentos com as meninas, mas boa parte do tempo convivia muito com meu primo, ou seja, até hoje tenho cicatrizes das brincadeiras de moleca, como andar de carrinho de rolimã, escalar o muro para soltar pipa na laje abandonada do terreno ao lado... uma vez não sei como não fiquei cega com guerrinha de feijão rs. Sim um brinquedo muito perigoso no meu conceito depois daquele dia (e não vou ensinar como se faz). 

Claro que em todas fases de nossa vida existem os "obstáculos", e aos 5 anos, minha linda infância foi meio "baqueada" por uma doença muito feia que prefiro não falar esse nome horroroso, mas nem isso me abalou (ao contrário dos meus lindos pais). Mas papai do céu sempre cuidou de mim, e hoje só tenho algumas recordações do tempo passado no hospital, esperando o papai sair do serviço e levar o chocolate do fofão todo dia para mim.

Segundo minha mãe eu nunca vou criar juízo e deixar de ser criança (se criar juízo, significa deixar de ser criança, ok eu passo, fico sem esse tal ai). E não quero mesmo, até hoje eu não entendo porquê as melhores coisas, melhores brincadeiras e melhores tudo, são sempre para as crianças ou de crianças, então se eu posso estou no meio delas. Sou apaixonada por escorregadores e ainda vou comprar um bem gigante e resistente ao meu tamanho claro, e amo também balanços.

E sim, até hoje só gosto de novelas infantis, claro que Carrossel e Chiquititas não se comparam a suas primeiras versões, mas mesmo assim eu adoro assistir!

Amo brincar e ser feliz, e acho que no fundo, mesmo com todos os problemas de uma vida adulta, conservar um pouco da criança dentro de nós, com certeza faz tudo ser mais fácil. 

Acho que já falei demais né?
Só faltou dizer que sim, eu amo ler desde criança, e o livro que marcou minha infância foi A Fada Que Tinha Ideias, além claro dos livros de Pedro Bandeira que com certeza fizeram minha infância ser ainda mais feliz. Além da coleção Salve-se Quem Puder e a Coleção Vaga-Lume. 

Mais umas fotinhas?







Bem pessoal é isso, e se vocês quiserem falar um pouco sobre a infância de vocês não se acanhem, entre em contato conosco aqui do blog, e publicaremos a história de vocês com muito carinho!

E não deixem de acompanhar o blog, teremos mais especial Minha Infância, com outros blogueiros, escritores, e claro o restante do pessoal aqui do Mato!

Um beijo com muito doce!













8 comentários:

  1. Fer, você era uma criança muito linda! Naquela foto com a bicicleta você está muito fofinha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Ka obrigada, mas fui? poxa não sou mais é? kkkkkk

      e fofinha é = gordinha é isso? kkkk

      Beijosss Fer

      Excluir
    2. Sim, você era uma criança linda... Cresceu e continua linda; muito brava comigo por sinal.
      Não... Era magrela; mas fofa no sentido "uma graça".

      =D

      Excluir
  2. Será que temos um tema para um livro de contos?! :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs será Van?

      Não sei, que parte? kkkkk

      Beijosss Fer

      Excluir
    2. Um livro de contos sobre infância? Com as matérias que soltaremos aqui?!? Que legal!

      Excluir
  3. Pelo que vc narrou da sua infância me lembrei da enteada do meu irmão, ela tem sete anos e não para um minuto. Ela é hiperativa. Mas é uma querida e sempre faz a maior festa quando me encontra.
    Foi ótimo saber um pouco mais da sua infância, como assim ficar embaixo de um ônibus??? Vc estava brincando de se esconder!!!??? Vixe imagino o desespero da sua mãe!!!
    Essas fotos antigas são muito curiosas ... Na minha infância minha mãe não gostava de tirar fotos, então tenho poucas. Diferente dos dias de hoje quando tiramos muitas fotos, não é!!!!???? Amei sua foto com a bicicleta, uma princesa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk NI eu não era, eu sou até hoje, todo mundo fala que sou muito elétrica, até em bate papo no zapzap kkk, acho que sou um caso incurável kkkk.

      Pois foi, me joguei embaixo do ônibus kkk, sei lá o que eu queria mesmo fazer, mas minha mãe quase morreu naquele dia, e eu apanhei bem pouco kkkkkk.

      Ah eu acho que sempre gostei de fotos, de tira-las e de sair nelas, nem ligo se saio esquisita o importante para mim é tirar fotos kkkkk.

      Obrigada sua linda.

      Beijos Fer

      Excluir