{Resenha} A Aposta, de Rachel Van Dyken

Kacey deveria ter fugido assim que ouviu essas palavras do milionário Jake Titus. O amigo de infância que Kacey não via há anos é hoje um dos homens mais poderosos e cobiçados de Seattle. E ele precisa de um favor dela: que ela finja ser sua noiva em uma viagem para visitar a avó Nadine, que está muito doente. Kacey aceita sem hesitar, afinal, o que poderia acontecer em apenas quatro dias? Mas o que ela não esperava era reencontrar Travis, o irmão mais velho de Jake, Quando mais novo, ele adorava perturbar Kacey: já incendiou uma boneca, colocou uma cobra em seu saco de dormir. Por isso, recebeu dela o apelido de “Satã”. Mas depois de tantos anos, Kacey se vê diante de um homem lindo, por quem se apaixona no momento em que vê o seu sorriso. O que ela não sabe, no entanto, é que os dois irmãos haviam feito uma aposta quando eram meninos: quem se casasse com Kacey receberia um milhão de dólares. Em “A Aposta”, da autora best-seller do New York Times Rachel Van Dyken, Kacey terá que descobrir qual dos irmãos é o cara certo e fazer sua escolha. Essa é a única certeza que lhe resta.
Suma de Letras * 2014 * 280 páginas * Classificação: 2,5/5

Quem já teve aquele melhor de amigo de infância que acabou se tornando o primeiro amor?!? Acho que muitas garotas... Jake Titus era esse garoto para Kacey; mas uma burrada após uma tragédia na adolescência os separou. Cada um seguiu seu caminho até Jake aparecer com uma proposta indecente.
Kacey acaba aceitando e quase morre durante o voo que farão para ir à mansão Titus. Sim, ela morre de medo de avião. E detesta Travis Titus, o irmão mais velho de Jake. O Travis vivia atormentando-a durante a infância; mas o que ela não sabe, é que ela tinha uma paixonite secreta.
Nessa visita, onde Kacey e Jake, fingem estar noivos, Travis se mostra um amigo divertido. Os dias passam, memorias antigas são relembradas e o noivo se mostra um verdadeiro canalha.
A vovó, que parecia estar doente, se mostra super saidinha...
O que será de Kacey depois desses dias?

Não é um romance Holtiano (minha paixão), mas é uma estória legal... A leitura é super rápida e divertida (por causa do Travis, claro). Quem gosta de romance, vai gostar.


2 comentários:

  1. Gostei da sinopse, mais um pra lista de leitura que só aumenta.

    ResponderExcluir
  2. Já li resenhas bem positivas sobre o livro. Acho que se eu lesse eu iria gostar. Valeu pela dica.

    ResponderExcluir