{Resenha} O Jardim de Ossos - Tess Gerritsen

Ossos desconhecidos, segredos não revelados e crimes não resolvidos lançam sombras ameaçadoras sobre o presente.
A recém-divorciada Julia Hamill acaba de se mudar para a casa de seus sonhos, uma mansão em um enorme terreno. Tudo parece perfeito, até que, durante a reforma do jardim, Julian desenterra um crânio humano com indícios de homicídio. E o mais intrigante: a cova data do século XIX. 
O ano é 1830. O jovem estudante de medicina Norris Marshall é o principal suspeito das atrocidades cometidas pelo Estripador de West End. Na companhia do amigo Oliver e da imigrante irlandesa Rose, Norris parte em busca do homem mais perigoso de Boston, a fim de provar a própria inocência, visitando desde lúgubres cemitérios e salas de necropsia até elegantes mansões.
Separadas por quase dois séculos, as duas histórias se desenvolvem de forma precisa e instigante, conduzindo o leitor a um final tão chocante quanto engenhosamente concebido. 
Record - 2009 - 447 páginas - 4/5

Se pudesse resumir essa obra de Tess Gerritsen em uma única palavra, eu diria esplêndida, formidável, envolvente e incrível. kkkkk... Pois é, eu realmente não consigo resumi-la em uma única palavra, porque consideraria até injusto. Tess (para a sorte de seus leitores) abandonou a carreira de médica para se tornar escritora. Muitos deveriam ter considerado loucura da parte dela, mas garanto que esses “muitos” ainda não tinham conhecimento do inexorável dom que ela tem em nos transportar em histórias magnificas e transbordadas de suspense. Abusando de seu conhecimento médico, suas descrições patológicas, principalmente nos livros da séria Rizzoli & Isles, nos permitem ter a perfeita cena de autopsia em nossas mentes (em algumas partes, chegando até a dar calafrios kkk). Diferentemente da séria da dupla excepcional Rizzoli & Isles, em O Jardim de Ossos, Tess apresenta uma história que difunde duas épocas distintas e um mistério intrigante. 

Julia Hamill, que pretende recomeçar sua vida após passar por um divórcio, se muda para uma mansão de extenso terreno, e enquanto trabalhava com jardinagem, defronta-se com um crânio enterrado. Intrigada com a descoberta nada agradável, ela vai atrás de respostas. Através da ajuda de um familiar da antiga moradora da residência, ela trás de volta cartas do século XlX, que contam a história de Norris Marshall, considerado, na época, suspeito de ter cometido assassinatos na cidade de Boston. Norris, que tem como sonho se tornar médico e ainda se vê diante do problema de conviver com pessoas de classe mais alta, corre o risco de perder sua bolsa da faculdade de medicina por conta da acusação. Junto com seu amigo e colega de estudo Oliver e também de uma pobre irlandesa Rose, que é perseguida por uma misteriosa pessoa, Norris busca provar sua inocência.  Acontecimentos imprevisíveis e descobertas espantosas sucedem a história.

Sinto-lhes em dizer que, mais algumas coisas que conto posso cometer um Spoiler, e seria muito desagradável de minha parte. A leitura é bem simples e, na minha opinião, por ser um suspense envolvente, em pouco tempo se finaliza a história. Só posso acrescentar que, me tornei fã de Tess Gerritsen, e não deixei a desejar em nenhum dos livros que li, e tenho certeza que não me decepcionarei nas leituras que ainda estão por vir. Ela me fascina de tal maneira, que (acreditem se quiser), eu leio até sua lista de agradecimentos no final de cada obra kkkk. Ela é o tipo de autora precisa, que sabe exatamente o que uma pessoa apaixonada por romance policial e investigação (como eu :P) deseja, mesclando na história o suspense / terror com um caso de amor e um toque de tristeza. Sempre quando meu pai assiste ao futebol, ele fica gritando com os jogadores como se eles o pudessem ouvir, e eu sempre dou risada disso; Mas quando leio as obras da Tess, acabo fazendo a mesma coisa; Eu grito, advirto, dou risada, xingo e choro, tudo isso até mesmo nesse livro. Você não se vê imaginando a história, e sim, fazendo parte dela. 

Para aqueles que pretendem se deliciar com O Jardim de Ossos, espero realmente que gostem tanto o quanto gostei. Boa leitura. ;)
Abraço.




5 comentários:

  1. Bem vinda!
    Adorei a sinopse e sempre curto histórias de suspenses e mistérios e essa história de duas épocas distintas me fascina até a gente conseguir conectar as duas histórias. Boa dica! Vai para a minha listinha....kkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Renata.
      Espero que goste da leitura tanto quanto eu.

      Bjos !

      Excluir
  2. Dani, sua propaganda na Bienal sobre a Tess foi muito boa, depois de ler a resenha, só me deu mais vontade ainda de conhecer os livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisando de mais dicas de leitura da Tess, fique à vontade para perguntar ! ;)

      Excluir
  3. Daniele você está de parabéns sua resenha ficou ótima. Não conhecia esse livro nem a autora e fiquei bem curiosa. Obrigada pela dica de leitura. Essa trama parece bem intrigante e cheia de ação!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir