{Resenha} Do Seu Lado de Fernanda Saads

Após um longo tempo de terapia para se recuperar de um fora, Sarah parece estar bem. Quer dizer, ela já recuperou seu peso normal e consegue pensar em outras coisas além de Bruno. O problema é que no fundo ela vive fantasiando o dia em que esbarra com ele na rua e: pimba! Ela está linda e radiante e ele percebe a mancada que deu. Seus planos são simples: reconquistar Bruno e depois dar o troco que ele merece. Mas o destino lhe prega uma peça quando Nestor, seu chefe, pede que ela visite um novo cliente e, de repente, tudo vira de cabeça para baixo. Lá está ela de frente para o seu antigo amor, que parece mais irresistível do que nunca! Enquanto isso, seu melhor amigo, Igor, sempre presente e irritantemente perfeito, não suporta vê-la cair nas garras do bonitão outra vez. Sarah terá que lutar contra os próprios conceitos para descobrir o verdadeiro sentido do amor.

Novo Conceito * 2012 * 317 páginas * Classificação: 4/5

 


Nossa à muito, mas muito tempo mesmo, que eu não conseguia sentir tanta raiva de um personagem, ainda mais sendo o principal, como senti raiva de Sarah.

Sarah foi literalmente largada pelo seu ex-namorado. Um cara safado, daquele tipo que quase nos fazem odiar a existência masculina. E o que é pior, a realidade está bem ali, porque sim homens como Bruno existem aos milhões. Mas o que me deixa mais enraivecida é que mulheres como Sarah ainda existam, ah tenha santa paciência né? (revoltada rs).

Sarah é uma mulher independente, uma profissional que poderia estar em ascensão. Não sei como pode ser tão insegura, mas é.
Após ser largada por seu ultimo e amado namorado, Sarah se tornou uma pessoa insegura que só pensa em uma coisa, se vingar de Bruno, tudo o que ela mais deseja, é se reencontrar com o ex, mostrar que ela levantou, sacudiu a poeira e deu a volta por cima. Mas só que não é bem assim.
Quando foi abandonada Sarah contou com a ajuda e apoio de sua família, mas quem realmente a ajudou a passar por todos os momentos difíceis e a se reerguer foi seu melhor amigo Caio – pausa para os suspiros.

Caio é o amigo, que todas as garotas gostariam de ter (ou melhor, o que todas as garotas desejariam ter para pular a fase da amizade rs). Ele sempre foi apaixonado por Sarah e não consegue entender como ela ainda pode sofrer pelo crápula do Bruno.
Sarah é uma cega, e nunca percebeu o sentimento de Caio por ela, mas ele sempre esteve presente, mesmo que isso significasse se desiludir, fora que ele nunca perdeu as esperanças de que um dia Sarah finalmente esquecesse seu ex e olhasse de verdade para ele.

Até que um dia suas esperanças vão pelo ralo.
Sarah realiza seu tão sonhado objetivo: Se reencontrar com Bruno. Mas nos seus sonhos ela o reencontraria, somente para que pudesse desprezá-lo. Mas as coisas não saem como ela esperava, e novamente ela cai nas graças do safado.

Nossa sinceramente eu passei raiva a leitura do livro inteira kkk, mas acho que era isso que a autora queria, fazer com que nossos sentimentos fossem extravasados e ela conseguiu com perfeição. A cada página eu desacreditava mais ainda nas atitudes e burrices de Sarah. Bruno me fazia sentir nojo, mas ao mesmo tempo eu pensava: Ele esta certo, tem que aproveitar mesmo, tem uma burra acreditando em tudo o que ele fala.
Quanto a Caio eu ficava mais e mais apaixonada por ele, por mim Sarah continuava fazendo papel de boba e eu ficava com o Caio. Mas eu fiquei incomodada em alguns momentos com ele também, afinal poxa o que custava abrir a boca e falar logo com “a cega” o que ela não queria enxergar? Afinal, também só ficar esperando que um belo dia ela abrisse os olhos e falasse: - Oh! o Caio me ama, acho que devo dar uma chance a esse amor.
É esperar demais né? Acho que precisamos nos ajudar também, senão as coisas não rolam.

O resto da história eu deixo por conta de vocês, achei bem pouco tudo o que Sarah passou, mais ainda quando a sonsa enxergou o valor verdadeiro de Caio, mas ai outra já tinha colocado as garras nele.

Sarah poderia lhe dar com tudo, até com uma nova desilusão, o que ela não poderia era perder a amizade de seu melhor amigo. Mas será que essa amizade sobrevive?

O final claro é bem previsível, mas achei mesmo muito fofo e foi como eu desejava (apesar dos pesares rs).

O humor fica por conta de mensagens que Sarah manda a sua psicanalista, eu me divertia muito, mas fiquei muito curiosa com o fato dessa psicanalista nunca aparecer, e isso me intrigou bastante, rs.

A história apesar de me deixar enfurecida em quase todas as páginas, me cativou demais.
A escrita da Fernanda é bem fluida e leve, e com certeza eu recomendo a leitura. Foi um delicioso passatempo e eu por incrível que pareça já estou com vontade de ler novamente. Acho que eu realmente gosto de sofrer kkkk.
Então espero que vocês leiam e me digam depois o que acharam.

Beijos









 
 

1 comentários:

  1. Amiga gostei de saber sua opinião sobre esse nacional. Acredito que todas as resenhas que li essa tal de Sarah é mega criticada!!!??? Ainda não li mas pelo que entendi lendo sua resenha a proposta da autora é fazer o leitor refletir sobre suas escolhas, atitudes e aprendendo assim com seus erros. Muito legal. Valeu pela dica. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir