{Resenha} A marca de uma lágrima de Pedro Bandeira.

Com o amor no coração...
e com a morte na alma.
Isabel se acha feia. Será mesmo? Feia ou não, é uma garota genial que acaba escrevendo lindos versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor.
A morte da diretora - terá sido mesmo suicídio? - vem alterar sua vida e precipitar os acontecimentos. Isabel foi testemunha de uma cena muito suspeita e se sente ameaçada. A idéia da morte começa a tomar conta de se cérebro, enquanto seu coração se despedaça pelo amor de Cristiano.
Editora Moderna * 1985* 126 páginas * Classificação: 5/5






Olá, pessoal!!!
Aqui é a Ana, uma das novas integrantes da equipe "Mato por livros".
Primeiramente: Fernanda Braga, muito obrigada pelo convite e pela oportunidade de transformar as minhas leituras em opiniões a serem divulgadas.
E hoje é a minha primeira resenha por aqui.
Eu escolhi o dia de hoje e esse livro por dois motivos:
O dia, porque a pessoa que aqui escreve está completando uma primavera a mais hoje (rs rs);
E o livro, porque ele é um dos livros mais especiais da minha vida. Meu primeiro livro favorito. Minha primeira leitura inesquecível... Sim, eu e esse livro temos uma história de encantamento há exatos 10 anos...
Enfim, vamos pra resenha que é o que importa (rs rs)...
 
 
 
 
A Marca de uma lágrima conta a história de Isabel, uma jovem de 14 anos que mora com a mãe e tem um inimigo particular: o espelho.
Ela se acha feia, sem graça e o espelho está sempre lá, mostrando a sua fisionomia em alta definição.
Mesmo com seus complexos, ela guarda o que sente pra si.
 
Isabel tem uma melhor amiga, a Rosana, a quem ele "categoriza" como uma garota bonita, e acaba se inferiorizando mais por causa disso.
 
Certo dia, ela recebe um convite da sua tia pra festa de aniversário de seu primo Cristiano, primo esse que ele não vê faz algum tempo. Como não quer ir sozinha, ela acaba convidando Rosana para acompanha-la na festa.
Isabel tem a lembrança do primo distante na época da infância. E qual não é sua surpresa quando ele vê que a criança cresceu e se tornou um rapaz bonito.
"Da massa confusa de dançarinos, uma figura destacou-se.
Foi como se os mais ousados sonhos de Isabel tivessem tomado corpo e forma.
Corpo e forma de sonho.
O sonho dos sonhos de Isabel."
É claro que Isabel já se apaixona pelo primo na primeira troca de olhares.
Mas quem é que ele tira pra dançar? Isabel? Infelizmente, não... Ele convida a Rosana.
"A música dessa vez não encobriu a voz, e foi num murmúrio que Isabel falou:
- Rosana, devolva meu sonho..."
E o pior acontece: seu primo (e atual grande amor) se apaixona pela sua melhor amiga.
E Isabel percebe realmente que Cristiano é um sonho... Um sonho que ela não pode alcançar, um sonho destinado à sua amiga.
 
Isabel é muito inteligente e mostra isso através dos poemas que gosta de escrever.
Em um certo momento, ela acaba tornando-se "roteirista" do amor de Cristiano e Rosana, é ela quem dá as palavras (literalmente).
 
 
Nisso tudo, ela conhece Fernando, um rapaz muito educado que acaba tornando-se um amigo precioso pros momentos tensos que Isabel vai viver...
 
Como se não bastante os tormentos vividos por seu coração, Isabel vai enfrentar tormentos pela cabeça que irá tirar sua paz:
A diretora da escola, certo dia, é encontrada morta em sua sala... Mas o que aconteceu? Foi suicídio? Ou alguém queria a morte dela?
Isabel é testemunha de uma peça fundamental pra resolução desse mistério. Mas será que o que ela viu é verdade? Será que não é uma alucinação pelo sofrimento de amar e não ser correspondida? 
 
A paixão de Isabel que nasceu e morreu instantes depois, um sonho que virou pó, será que existe uma maneira dessa paixão ressuscitar?
 
A única maneira de descobrir as respostas de todas essas perguntas, é mergulhar na leitura e vivenciar as emoções das personagens... Super recomendo!

 
 
 
 
 
E depois de dez anos de amor por esse livro, eu tive a chance na Bienal de São Paulo 2014, conhecer esse autor incível.
Dez anos depois, eu pude dizer: "Pedro, obrigada por ter escrito um dos melhores livros da minha vida!"
Foto: Bienal SP, 23/08/2014
 
 
 
 
 
 
 



 
 
 
 
Bem galera, finalizando por aqui... Espero que tenham curtido!
Até breve! ;)
 
Boas leituras sempre!!!
Beijos,
 
Ana Toledo









2 comentários:

  1. Ótima resenha, parabéns Paulinha, arrasou!
    E seja bem vinda a equipe da Fer, com certeza vocês farão muito sucesso!

    http://www.detudopouco.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela leitura, pela resenha e pela oportunidade de conhecer o autor!!!
    Esse livro parece bem legal!!

    ResponderExcluir