{Resenha} Menina Veneno de Mariana Ribeiro



Audrey Mantovani tem dezessete anos, é filha de um diplomata e estudante de Jornalismo, que adquiriu vasta bagagem cultural em suas viagens ao exterior na companhia do namorado, Frederico Fernandes. Ela seria apenas mais uma adolescente normal vivendo nos anos oitenta, não fosse pelo fato de ter um dom premonitório através dos sonhos, os quais estão relacionados a grandes acontecimentos com repercussão mundial. Decidida a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para mudar o rumo dos acontecimentos, ela passará por cidades como Nova York e Londres.
Como Audrey lidará com a responsabilidade de prever certos eventos futuros? Por quanto tempo ela conseguirá manter o seu segredo preservado da mídia mundial? E quais serão as consequências ao interferir no destino?
Menina Veneno é um New Adult contemporâneo, que envolve problemas cotidianos com uma dose extra de sobrenatural. Não faltam referências sobre música, filmes, entre outros assuntos relacionados à cultura da década perdida.

 Amazon * 2014 * 350 páginas * Classificação: 3/5

 



Uma deliciosa viagem, no tempo, rumo á década de 80.
Para os que viveram e se recordam de tudo dessa década é um delicioso álbum de recordações, para quem assim como eu, só nasceu, mas não lembra quase nada, é muito bom poder relembrar acontecimentos que só anos mais tarde fomos ter noção ou ás vezes nem chegaram a nossa compreensão.

Mariana nos leva por uma deliciosa viagem, com dose de romance e sobrenatural, aquele sobrenatural que sempre me deixa pensando se existe mesmo por ai, que nos deixa com a “pulguinha” atrás da orelha e que nos faz pensar, se existe esse tipo de coisa!

Audrey, mais conhecida como Audi ou menina veneno, tem o dom da premonição. A mesma consegue prever acontecimentos catastróficos, e esta sempre empenhada em impedir que esses eventos venham a acontecer. Alem disso consegue por vezes entrar na mente das pessoas e descobrir seus segredos mais obscuros.

Audi é uma garota com personalidade muito forte e marcante. Por esse motivo o apelido. Ela não tem medo de dizer o que pensa, muito menos de falar a verdade, seja sobre as pessoas ou até mesmo acontecimentos políticos. Por isso com certeza a garota conquistou algumas inimizades. Entre elas Lorena, que odeia Audi com todas as suas forças, por vários motivos, mas entre eles por querer roubar o namorado de Audi, o Fred.

Fred é um rapaz cheio de energia, apaixonado e disposto a tudo para salvar sua amada de todos os perigos em que ela entra por causa de seu dom premonitório.

O romance entre eles é um amor jovem, mas muito forte e com ou companheirismo de dar inveja em muito casal por ai. Mas eu gostaria que a autora tivesse focado um pouco mais no romance. Senti um pouco de falta de saber mais sobre eles de vê-los enfrentando alguns problemas para ficarem juntos, rs. Mas acho que esse não era o foco da autora. Mas mesmo assim me senti enternecida por eles.

Em alguns momentos da leitura me senti um pouco cansada. Em alguns momentos a leitura não fluía muito. Alguns capítulos eram mais lentos. Entretanto, mesmo assim gostei da leitura, já que em outros capítulos ficava presa a toda ação apresentada na história.

Cada acontecimento que Audi previa, era um momento de grande tensão e ação na história. E esses eram os momentos “chave” do enredo. Momentos que me prendiam e que me deixava muito ansiosa.

Com certeza uma leitura agradável e diferente. Uma deliciosa viagem no tempo.
Adorei o fato também de em cada inicio de capitulo a introdução ser feita através de uma musica. Isso esta se tornando um vicio meu, e adoro quando o autor faz isso. E Mariana não poderia ter sido mais feliz ao escolher a trilha sonora para sua história.

Mariana recebe também uma salva de palmas por todo seu trabalho de pesquisa. Com certeza escrever Menina Veneno não foi fácil, afinal ela descreveu fatos com uma perfeição como se estivesse presente em todos eles. O que me faz crer, que ela realmente teve um trabalho de pesquisa muito detalhado.

Estou ansiosa para ler outra história da autora. Gostaria sim de ver ela um pouco mais centrada em um romance.

É isso, indico a leitura principalmente à aqueles que viveram nessa maravilhosa época e adorariam entrar em uma deliciosa viagem no tempo.

Beijosss


















3 comentários:

  1. Não gosto muito quando em algum momento a leitura não flui e fica meio lenta, pois me cansa e eu fico querendo desistir, e se não alavancar? eu me pergunto.....mas confesso que essa história meio de viagem no tempo não me chamou muito atenção não Fer, acho que não leria
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá, Fernanda!

    Apesar de ter achado a leitura cansativa no começo, o seu parecer foi positivo sob alguns aspectos.
    Gostei da resenha. Muito obrigada pela sinceridade no ponto de vista!!!

    Abraços,

    Mariana Ribeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari.

      Sim, apesar dos momentos em que não flui tanto, a leitura foi mesmo muito boa e agradável.

      Beijoss Fer

      Excluir