{Resenha} O Pássaro de Samanta Holtz


Uma história romântica e surpreendente que irá prender sua atenção desde a primeira página. Você está preparado? Caroline Mondevieu é filha de um poderoso barão e tem tudo o que uma dama da época poderia querer: status, riqueza e um ótimo partido para se casar. Seus sonhos, no entanto, vão muito além de vestidos caros ou um bom marido; ela quer ser dona do próprio destino. Tudo parece perdido quando ela encontra Bernardo, um charmoso e irritante domador de cavalos. Eles não conseguem se entender até perceberem que, para alcançar o sonho em comum da liberdade, deverão passar por cima das diferenças e se unirem em um arriscado plano que promete transformar suas vidas para sempre. Grandes emoções os aguardam nessa jornada: perseguição, mistérios, ciganos e o despertar de um sentimento que insiste em se manter escondido. Mas o que parece tão simples envolverá mais magia e coincidências que eles podem imaginar, além da descoberta de segredos, até então, muito bem guardados. 

 Novo Século * 2014 * 367 páginas * Classificação: Não vou classificar. Não existe nota que alcance a magnitude desse livro.





As histórias da Sam tocam tão profundamente em nosso ser, que toda vez que penso em fazer uma resenha, minha vontade é de fazer algo “diferente”. Diferente para que talvez consiga alcançar vocês e fazer com que possam entender a magnitude de suas histórias.

Acho tão difícil resenhar livros que nos emocionam muito, pois fico sempre pensando nisso:
- como passar ao leitor dessa resenha tudo o que senti? Como fazer com que ele entenda o quanto a história me transformou...

Claro que nada que eu faça, diga ou escreva, pode ser o mínimo do que se sente com suas histórias. Mas eu tento né?

Então espero que vocês gostem. 
É um vídeo simples (até porque meu forte não é edições). O dia que tiramos algumas fotos infelizmente não colaborou, pois estava com jeito de chuva (e até choveu um pouco), então algumas plaquinhas que escrevi foi bem correndo então a letra não ajuda, e depois de pronto que percebi alguns erros. Mas espero que vocês percebam os sentimentos envolvidos.




Bem dizer que amei a história é pouco. Amei tanto que fiquei balançada  com o posto de primeiro lugar entre ela e Quero Ser Beth Levitt em meu coração rs. Mas Amie ainda vence kkk. Mas são histórias diferentes, personagens diferentes. Sentimentos diferentes... E na verdade todos estão em meu coração!

Samanta sabe criar histórias como ninguém, personagens fortes, e reais, que nos fazem perceber que em algum lugar alguém esta vivendo exatamente aquilo. Ou que poderia ter vivido no caso de Caroline. Eu acredito piamente nisso. E acho que foi por isso que consegui compreender o final de O Pássaro. 
Claro que chorei, mas sei lá, um sentimento diferente se apossou de mim. A compreensão. Entendi que realmente as coisas não poderiam ser diferentes, aquele era o destino dos personagens e era assim que tinha que ser. 
Doeu? Sim doeu muito, termino a história com meu coração em pedaços, mas diferente de Renascer de um Outono, que eu não queria acreditar que aquilo estava acontecendo, que queria desesperadamente outro fim para a história (ou para um personagem especifico) em O Pássaro, eu sofri, chorei, mas aceitei.

Ao iniciar o livro, não havia mais como parar. Com uma trama totalmente muito bem escrita, com um toque exclusivo de Samanta e personagens que só ela, como poucos, sabem criar. Você se vê totalmente envolvido e enternecido pela história.

A escolha da época para a trama mexeu mais ainda comigo. Uma época em que tudo era mais ainda focado em terras, dinheiro, status, o nome da família. Uma época em que os homens achavam que as mulheres serviam somente para lhe darem filhos e cuidarem de suas casas. Onde essas mulheres não podiam ter opiniões, sentimentos...
Creio que sim, infelizmente, os senhores feudais eram muito parecidos com o pai de Caroline. Mas sim existiam homens bons também...

Os personagens todos são de suma importância para a história. Cada um deles em sua luta pela felicidade, pela liberdade. Cada um com seu gênio, com seu coração e sua alma. Todos nos envolvem, ganham nossos corações. Alguns ganham nosso ódio, um sentimento forte, mas impossível de não sentir. Mas Caroline consegue abrandar todo esse rancor que chega aos nossos corações. 

A história com certeza é um exemplo. Caroline é uma mulher forte, guerreira, mas ao mesmo tempo sensível. Sonhadora...
Caroline não se adaptava a seu mundo. Não conseguia entender porque tamanhas injustiças, porque uns tinham tantos e outros nada. 
Não conseguia entender a frieza de seu pai. Caroline era sonhadora, apaixonada, e só sonhava com a felicidade daqueles que amava e com sua liberdade.


O Pássaro é uma história que nos emociona, que nos ensina. Que nos transforma. Uma história que nos leva em uma viagem no tempo. Que nos faz refletir, repensar alguns valores sociais e pessoais. E mais, nos leva em uma busca ao interior de nós mesmos, e nos faz pensar o quanto estamos dispostos a lutar por nossa felicidade, por nosso amor, por nossa verdadeira liberdade. 
E quando falo em liberdade, não falo somente do ir e vir. Falo da liberdade dos sonhos, da liberdade dos sentimentos, da liberdade de ser aquilo que realmente somos.

O Pássaro vai te tocar tão profundamente que você não será mais o mesmo após a leitura.
Assim é O Pássaro. Assim é o poder das histórias de Samanta Holtz.

Prepare-se para muitas surpresas, emoções, lágrimas...

Leia.
Emocione-se.
Chore.
Sorria.
Sonhe.
Viva.
Supere-se.
Liberte-se. 


A música instrumental que vocês ouviram no vídeo, é a música Conquistando o Impossível de Beno César, interpretada por Jamily. Um trecho da música é citado no fim do livro E achei a escolha perfeita.
Fiquem com um vídeo da música, que quando terminei a história fui correndo rever. Pois sim eu já conhecia a música e quando terminei ela significou ainda mais.


Um coração precisa ser livre para ser feliz. É tudo de que ele precisa. Solte as amarras, a felicidade está onde menos se espera. 




Espero de todo coração que vocês gostem da história e da resenha. E que possam sentir o que senti. 

Um grande beijo.
















 

5 comentários:

  1. Oi Fernanda!
    Tenho muita vontade de ler algum dos livros da autora, mas o que me deixa mais curiosa é Quero ser Beth Levitt. As histórias parecem ser mesmo lindas, sem contar que quero conhecer esses personagens tão bem escritos. Suas fotos ficaram lindas e eu adorei o vídeo de Conquistando o Impossível!
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Fê, sei exatamente o que está sentindo, mas ao contrário de você eu não consegui aceitar o fim. Sei que ele foi preciso e teve seu significado, mas eu queria desesperadamente que fosse diferente.

    Algo que eu sempre reparo nos livros da Sam é que eles tem uma verdade tão forte que eu me pego pensando nos personagens, em como eles devem estar, como se fossem meus conhecidos. Me pego pensando que vou encontrá-los na rua a qualquer momento. hehe

    O Pássaro foi a primeira história da Sam que li, foi o que me fez apaixonar por seus livros, e estou querendo reler a segunda edição. Mesmo sabendo do que a história se trata sua resenha me fez querer pegá-lo agora mesmo e começar a saber sobre a Caroline, a aprender novamente com ela que devemos voar atrás de nossos sonhos.

    Amei sua resenha.

    Grande bjo.
    Su :*

    ResponderExcluir
  3. P.S.: O video ficou incrível, parabéns Fê <3

    ResponderExcluir
  4. Querida Fê,

    Mais uma vez, você conseguiu me surpreender e emocionar :) Meu Deus, que vídeo maravilhoso é esse??? Que resenha mais linda e original!! Dá para imaginar o trabalho que vocês tiveram em planejar as fotos, as frases, os locais das fotos, a ordem do vídeo.......

    Fê, sério, todo esse carinho e dedicação me deixam profundamente emocionada!!! Fico me perguntando, caramba, será que eu mereço tanto amor? <3 Vocês são INCRÍVEIS! Você é incrível! Muito obrigada, de coração, não somente pela resenha como pela verdadeira demonstração de carinho por mim e por meu trabalho... agradeça também ao Will e ao Mario pelas fotos e pela ajuda... e os cenários que você escolheu são perfeitos, especialmente as fotos no riacho com as cachoeiras! Eu quase podia ver Caroline ali se banhando, ou escorregando na pedra cheia de limbo para dar aquela virada deliciosa na história rs rs

    Amei, amei, amei, ameeei! Ou, como você diz: dizer que amei é pouco! ;)

    Fico muito feliz em saber que a história tocou tão profundamente seu coração!!!

    Beijos, querida!!!

    ResponderExcluir
  5. Vanessa Bonancini Fernandes23 de dezembro de 2014 08:17

    Nossa Gêmea,

    Que resenha de tirar o fôlego. Está tão perfeita que deu vontade de ler "O Pássaro" novamente.
    O vídeo foi para completar essa perfeição.

    Agora concordando com o que escreveu, sei o que sentiu ao ler, sei o que sentiu ao escrever. É um livro especial, com uma personagem tão forte que nos deixa "derrubadas", "doloridas" e pensativas por muito tempo. É impossível não desejar ter a força de Caroline. Esse foi o segundo livro da Samanta que eu li e você conseguiu me trazer as lembranças dessa leitura.

    Parabéns, Fer!!

    Beijos

    ResponderExcluir