{Resenha} Bodas de Cristal de Laury Alves

Tudo o que ela queria era um conto de fadas, mas acabou descobrindo que o "Felizes para sempre" era mais difícil do que imaginava.
Raquel passou a vida desejando seu “Felizes para sempre” e lutando por ele. Encontrou o amor da sua vida e teve o casamento dos seus sonhos, mas será que tudo isso era real?

Traída na sua tão sonhada Lua de Mel, a realidade lhe mostrou ser mais cruel que seus amados contos de fadas. Precisando recomeçar, mas sem saber como fazê-lo, ela se encontra presa em outro país sem chance de retornar ao conforto da sua casa. Raquel precisa aprender que nem todo conto de fadas se constrói com um príncipe e que roteiros não trazem felicidade. Ela terá a chance de descobrir quão mágico um momento pode ser, mas para isso precisará esquecer os sonhos e planejamentos. Precisará acreditar no que ela deseja.

Seria ela capaz de se entregar a realidade? Acreditar que um príncipe e o final feliz valem menos que um momento e um desconhecido?

Cata-vento * 2014 * 187 páginas * Classificação 5/5



Obs: Primeiro de tudo gostaríamos de deixar claro que a resenha, apesar de ser de um livro de uma amiga nossa, conta com 100% de nossa honestidade e sinceridade. Todas as resenhas aqui escritas descrevem exatamente o que sentimos, e não o que gostaríamos que a Laury lesse.
O livro dela realmente nos cativou é uma linda e leve história. E apontamos os pontos que por ventura não tenha nos agradado, o que é difícil em uma história tão bem escrita.

As resenhas de hoje são um pouco diferentes. Como fui a primeira a resenhar, descrevi um pouco da história (como sempre) incluindo minha opinião sobre o livro, já as meninas como poderia ficar cansativo para você leitor ler as mesmas informações sobre a história, e para não correr o risco de algum spoiler por muitos detalhes, escreveram mais sobre o que sentiram com a leitura. 
Então fiquem com a Resenha Especial de Bodas de Cristal por Fernanda, Ana, Karol, Vanessa e Lu. 


Um Conto de Fadas do sonho de qualquer menina ou mulher.

Uma história leve, doce, cativante, que vai nos levar por um campo com flores, beijos doces, e príncipe encantado em um cavalo branco...

Raquel vive o pior pesadelo naquele que deveria ser o dia mais feliz de sua vida. O dia de seu casamento. Traída na própria lua de mel, tudo o que Raquel menos quer é se ver envolvida novamente. Mas como o destino age por si mesmo e nós não temos controle nenhum sobre isso, Raquel “esbarra” em um desconhecido, um desconhecido lindo, intrometido e cheio de gentileza, que quer ajudar a apagar a tristeza dos olhos de Raquel, mas mais que isso, ele procura por algo ou alguém que possa trazer luz a seus tão sombrios olhos tristes.

Ok, até aqui tudo parece clichê e sim é, mas como eu sempre digo o amor é lindo e ele é clichê, afinal qual o sonho da maior parte dos mortais? Viver um grande amor. E na mente de qual mulher nunca passou além do verdadeiro amor, viver junto um conto de fadas?

Pois é, Raquel viveu, naqueles poucos instantes, naqueles intensos momentos, o que muita gente em uma vida inteira não conseguiu viver. Aquele doce amor é o que ela sonhou viver por toda sua vida. E agora o momento do adeus chega e ambos se separam, com dor no coração e a promessa de que nunca mais deixarão a tristeza tomar conta de seus olhos...

Mas existem promessas difíceis de serem cumpridas.

Raquel ao voltar de sua lua de mel (claro já não mais casada), decide retomar a sua vida e guardar aqueles momentos com o doce desconhecido para sempre em sua memória e em seu coração. O que ela não esperava era que o destino novamente iria lhe pregar peças e o estranho já não é mais tão estranho assim, em uma reportagem Raquel descobre quem é de verdade seu príncipe encantado e a surpresa não poderia ser maior. Agora sim ela tem certeza de que aqueles momentos intensos e verdadeiros que viveu só poderão ficar guardados em sua lembrança, nunca seria possível viver um amor, com um homem como ele. E como se a descoberta de quem é seu maravilhoso estranho já não fosse suficiente Raquel se descobre grávida...

Tommas guardou as lembranças da única mulher que amou por quase 15 anos, e agora prestes a completar as bodas de cristal de seu casamento com outra, ainda assim não consegue esquecer de sua doce e amada Raquel.
A promessa feita de que em seus olhos nunca mais voltariam à tristeza não pode ser cumprida, ele bem que tentou, mas a felicidade só podia estar ao lado daquela que foi a única capaz de fazê-lo sorrir.
Tommas procurou por Raquel por muitos anos, mas nunca a encontrou, achando assim que seu destino estava traçado. Casando-se com outra, uma mulher amarga, egoísta e intolerável, nunca pôde esquecer aquela que ia em seu coração.

Até que um reencontro pode mudar todo o rumo de suas vidas.

Poderá o destino agora unir aqueles que sempre se amaram em silêncio?
Poderá Tommas deixar tudo para trás? Negar o que é, e negar a todos que precisam dele?
E Raquel poderá ser forte o suficiente para manter afastado o único homem a quem amou?

Com uma força do destino e de Leonora - a filha do casal, pode ser que o brilho possa voltar aos olhos de Raquel e Tommas.

Eu simplesmente fiquei apaixonada pela história. A escrita da Laury é muito leve e flui muito bem, o livro tem 187 páginas, então quando vi em questão de horas havia terminado.
Com certeza sabemos o fim da história, mas isso não muda em nada o fato, de todo o caminho percorrido pelo casal, e de tudo o que viveram até o momento do ultimo capitulo nos deixar ansiosos. 

Ao contrario, Laury sobre nos prende com pequenos detalhes, pequenos momentos que nos fazem suspirar e torcer para que o final fosse realmente o que esperávamos. Em um determinado capitulo eu simplesmente surtei com uma “carta” e morri de medo do que pudesse acontecer. Estava quase torcendo o livro nas mãos, tamanha era minha tensão.

A diagramação é perfeita, não encontrei nenhum erro de gramática e em cada capítulo temos o trecho de alguma música ou livro, sendo essa uma pequena introdução para o capitulo. Amei também a alternância de personagens nos capítulos, conseguimos assim acompanhar um pouco sobre o sentimento não só de Raquel, como de Tommas, de Leonora e até mesmo de outros personagens.
O único defeitinho que encontrei na história foi a personalidade de Leonora, rs. Achei ela muito comportada e tolerante para sua idade, esperava algumas crises só para dar uma apimentada no livro. Mas entendi que a personalidade dela foi muito bem delineada por sua mãe que a soube criar muito bem.
Só me resta dizer que indico à todos a leitura. Foi uma gostosa surpresa. Eu conheço a Laury de um fã clube da nossa amada escritora Samanta Holtz, e foi uma deliciosa surpresa saber que a Laury também é escritora e claro quis muito ler sua história. Realmente não sabia o que esperar, mas fiquei muito feliz de encontrar uma história que sim me deixou encantada.






Resenha por Ana Toledo








Raquel sempre acreditou na história do “amor perfeito”, de se apaixonar por aquele que seria um príncipe eterno em sua vida.
E ela não poderia estar mais feliz: acabou de se casar com essa pessoa importante e acredita que será feliz para sempre, exatamente como num conto de fadas...
Mas essa história de dissolve quando ela flagra uma traição de seu marido, em sua própria lua de mel.

Totalmente decepcionada, Raquel se dirige ao aeroporto com o objetivo de pegar o próximo voo de volta pro Brasil, mas sua surpresa é enorme quando descobre que todos os voos foram adiados devido a um problema de comunicação com a torre.
Traída, sozinha e em um país estranho, Raquel resolve afogar as magoas naquilo que acredita: no álcool.
Chegando numa lanchonete do aeroporto, ela consta que lá não se vende bebidas alcoólicas e acaba se contentando com um café forte. Nesse local, acaba conhecendo um rapaz que insiste em puxar conversa, mesmo ela não estando de bom humor pra papo.

Depois de conversar, ele a convence a um passeio. Eles vão num lugar onde se conhecem e começam a conversar e se entenderem. Ambos preferem deixar o mistério no ar e um não conta pro outro o seu nome.
Em meio a conversar, eles descobrem que o coração de um bate pelo outro. E sem pensar nas consequências e nos roteiros da vida, eles se entregam a essa sensação.

No dia seguinte, tudo tem que voltar ao normal pra vida de ambos... Raquel retorna para o Brasil e seu “desconhecido do aeroporto” tem um roteiro a seguir.
Após algumas semanas se culpando por não ter dado seu nome e um meio de contato para esse desconhecido, Raquel descobre que está grávida. E pela lógica, esse bebê só pode ser da pessoa pela qual o coração dela bateu e ainda bate: o desconhecido do aeroporto.

Em meio a surpresa da noticia, Raquel acaba ouvindo uma fofoca sobre a família real, que dizia que o príncipe acabava de contrair matrimônio. Curiosa com a noticia, ela resolve ver a foto... E qual não é a sua surpresa ao descobrir que seu desconhecido tem um nome. Um nome e um título, o de príncipe. Então, Raquel percebe que acabou encontrando realmente um príncipe em sua vida...

Mas a sua história será igual a de um conto de fadas? Será que haverá um final feliz?

O que posso dizer sobre esse livro?
Que a história é tão encantadora, que foi impossível parar de ler. Foi uma viagem da primeira a última página em questão de horas.
Sabe aquele livro que prende de uma maneira e que te faz suspirar a cada palavra, pensamento ou emoção.
Finalizei a leitura com um sorriso no rosto e os olhos brilhando.
Uma leitura leve, gostosa e encantadora pra se ler a qualquer dia e a qualquer hora.
Parabéns a Laury, por colocar emoção em cada palavra.



 Resenha por Karol Zepon

Que garota não sonha em viver um conto de fadas? Que mulher não quer o príncipe encantado? Sinceramente, ainda estou esperando o meu. Acho que encontrei, só preciso que ele repare em mim.
Raquel se preocupou tanto com o "felizes para sempre" que esqueceu algo fundamental: o amor. O homem perfeito é aquele que te ama incondicionalmente. É aquele que tem o sorriso perfeito, pois é pra você. É aquele com o olhar mais lindo, pois mostra o amor que sente por você. Ela só descobriu isso quando encontrou Tommas, um desconhecido que mudou sua vida e deu um sentido à ela.
A Fer já contou um pouco da estória e há a sinopse acima, então não vou enrolar... Ok?

Não sei se lembram, mas eu não era de ler romances românticos, apenas fantásticos. Quem me trouxe para este mundo foi a fofa da Samanta Holtz; então, para mim, os melhores romances são dela. Mas o livro da Laury também é incrível. A Fer passou um certo aperto comigo reclamando de alguns trechos onde uma certa loira irritante estava me dando nos nervos. Foi uma leitura rápida e gostosa. Numa escala de 0 a 5 (onde 5 é nível Sam), dou 4,3.

Parabéns pelo ótimo livro, Laury!










Resenha por Vanessa Bonancini








Devemos acreditar em conto de fadas nos dias atuais?
Essa é a grande questão que Laury Alves nos faz em sua escrita, leve e gostosa de acompanhar. Escrevo isso, pois me impressionei com a facilidade que a história nos envolve.
Fiquei muito tempo pensando como descrever/resenhar tudo o que me impressionou, e confesso que sem spoiler não consigo e por essa falha minha vou me continuar com minha opinião, sem citar nomes de personagens e nem passagens do livro.
Logo que comecei a leitura eu me lembrei dos pequenos romances de Rosamunde Pilcher, tão suaves, interessantes que te levam a sonhar. Depois me fez viajar com uma mistura daqueles deliciosos filmes de comédia romântica, arrancando suspiros, risadas e até raiva de algumas personagens.
É um romance, uma comédia, é a vida, que nos deixa com vontade de mais...
Surpreende por ser um romance maduro, quando você espera aqueles bem clichês adolescentes.
Essa é a grande revelação, mesmo a autora com sua juventude, sua pouca idade, nos dá de presente esse diferencial.
Bodas de Cristal, quinze anos de união. Uma linda data, um lindo significado: a união de uma casamento. Ou de dois corações? É, pode sim ter uma grande diferença. E qual merece ser comemorada?
O Cristal que ao mesmo pode ser transparente e límpido, também tem seu lado frio e frágil.
Duas histórias que se unem, sonhos traídos, vida planejada, dois corações à espera de amor, um balanço, olhos tristes...  dois desconhecidos e quinze anos de espera.



 Resenha por Lú Santana

Bodas de cristal é um livro lindo, já começa com a capa mais que perfeita, para mim é realmente o casal de protagonista ali representado. Confesso que quando li a sinopse, fiquei com um pouco de receio, traição na lua de mel é de matar, indícios de um drama pesado, *pega o lenço*. Mas que nada, é uma historia de amor que nos faz suspirar e os olhos brilharem, um conto de fadas moderno. Qual a menina/mulher que nunca sonhou com um príncipe encantado? A historia tem um "quê" de realidade, com encontros e desencontros, dilemas, posições que tomamos que afetam outras vidas, até um "bruxa má" existe, mas que no final o amor vence. Eu acho que um livro é bom quando ele te prende, você tem dificuldade de parar a leitura e mexe com suas emoções, você vibra, torce, sente raiva, tem até vontade de matar, risos... Com Bodas, tudo isso aconteceu, deixando ainda um gostinho de quero mais.



Quer saber mais da história?

Primeiro Capítulo no WattPad
Skoob do Livro 
Página da Autora 

Bem pessoal é isso ai, espero que vocês tenham gostados das resenhas, e gostem ainda mais de Bodas de Cristal, um verdadeiro contos de fadas que é capaz de ensinar todos a sonhar.
E mais uma vez queria agradecer as meninas por toparem escrever seus lindos sentimentos pela história.
Ah sim é que esqueci de dizer que foi uma leitura em grupo, todas nós, menos a Karol (que descobriu o livro depois por mim) compramos o livro meio que juntas e logo de cara combinamos de fazer essa pequena surpresa para a Laury, esperamos que ela goste rs.

Beijossss




 

 

6 comentários:

  1. Aquele momento que sua vida, existência, trabalho e simplesmente tudo valem a pena. Ah, não... Vocês são muito lindaaaas!!! Vou colocar todo mundo trancado dentro do pote e na estante, para eu olhar todo dia. <3 <3 <3
    Muito obrigada, meninas!!! Vocês não tem ideia do tamanho da surpresa!! Já disse que vocês são lindas?
    Fico mega contente que vocês tenham gostado do livro e dos personagens, que ele tenha devolvido aquela esperança do final feliz que perdemos um pouco cada dia.
    Ah, a Leonora é meu xodó! <3 A mais madura de todos eles! Hahahaha

    Obrigada de novo, suas lindas!! Se eu não conseguir guardar no pote, vou guardar no coração mesmo, pode? *-*

    Beijooooos!!!

    Laury

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laury.

      Nossa que bom que gostou, Ficamos MUITO felizes.

      O pote??? kkkkk

      Sim o livro nos deixou mesmo encantadas.

      Desconfiei que tu tivesse uma ligação com Leonora kkkkkk.

      Pode no coração você pode kkkk

      Beijosss
      Fer

      Excluir
  2. Genteeee mas ai eu morro!
    Eu já estava doida pra ler, agora então...não vejo a hora de chegar!
    Arrasaram nas resenhas, deu pra sentir as emoçoes de vocês daqui, rsrs
    Parabéns!

    http://www.detudopouco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil

      Obrigada pelo carinho.
      Leia sim não vai se arrepender, é muito fofo e bem escrito.

      Beijosss Fer

      Excluir
  3. Oi
    Que super resenha. Diferente de tudo o que já tinha visto. Logo de cara o livro já tinha me conquistado. Ler a sinopse e todas as opiniões a respeito dele só fez essa vontade de lê-lo aumentar. Fiquei com dó dela por ser traída em sua Lua de Mel. Imagine a situação? Credo! Espero ter oportunidade de ler o livro e me deliciar também com essa estória.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk diferente é Lary?

      Que bom que gostou Lary foi uma pequena homenagem a nossa amiga escritora rs, mas o livro é lindo mesmo.
      Beijoss

      Fer

      Excluir