{Resenha} Despertar de Helena Andrade

“Mergulhei, senti a sensação em todo meu corpo. Emergi, olhei na direção onde o deixei. Ele continuava no mesmo lugar, me olhando. Estendi minhas mãos e o convidei a vir comigo.” Lívia não podia imaginar as mudanças que aconteceriam em sua vida. Mudanças que a despertariam para uma nova perspectiva profissional, para uma nova visão de mundo... e para um grande amor. Acompanhe esta trajetória emocionante em Despertar!




Novo Século (Novos Talentos) * 2011 * 374 páginas * Classificação 5/5














Helena escreve de uma forma tão simples, tão gostosa que não parece que estamos lendo, parece que tem alguém nos contando a história.

 Mais que ler, eu sentia tudo. Todas as sensações, todos os sentimentos...

Conseguia sentir o vento no rosto ao cavalgar um cavalo, conseguia sentir o sabor das comidas em todos aqueles jantares, conseguia ver o lindo sorriso do pequeno Lucas, conseguia sentir o tremor no corpo da Lívia, toda vez que Thomas estava por perto.



Lívia uma médica que resolveu se desafiar. Deixou toda sua família e vida em Campinas; cidade interior no estado de São Paulo, e se mudou para uma pequena cidade do Amazonas; Guayi, município vizinho de Humaitá. Lá ela vai enfrentar uma vida totalmente diferente. Longe da cidade grande e da família, Lívia irá descobrir que terá que enfrentar novos desafios em busca do que realmente quer para si mesma.



Lívia é pediatra, mas quer viajar para o exterior em busca de sua especialização em cirurgia e com certeza tem tudo para conseguir. Ela é o tipo de mulher determinada e sempre em busca de seus sonhos.

Ela conquista muitos amigos, principalmente os médicos do local onde trabalha. Mas um em especial se sente atraído por Lívia logo no começo.

Rodrigo um jovem médico que assim como Lívia está na cidade apenas de passagem, em busca de experiência e pronto para ir atrás de mais em sua carreira.



Lívia e Rodrigo se dão bem logo de cara. Mas a química não funciona muito dos dois lados. Apesar de Rodrigo se sentir extremamente atraído por Lívia, essa apesar de ver muitas afinidades entre eles e de achar o rapaz muito atraente, não quer se envolver com ninguém.



Mas tudo muda quando ela conhece Thomas, um conhecido fazendeiro da região. Um homem de vida simples, mas com um coração enorme.

A paixão é inevitável. Mas Rodrigo fará de tudo para separar esse casal. E fora ele; existem questões pessoais na vida de Lívia, que ira fazer com que esse amor possivelmente tenha data de validade.



Eu achei um romance muito especial, uma coisa muito ligada a nossa realidade. Aqui não tem dramas maiores ou coisas muito surpreendentes, que muitas vezes faz com que o livro fique só na ficção mesmo e não nos atinja em nossa realidade. Não Helena criou uma história real, com personagens que podem muito bem existir por ai, e com “dramas” simples da vida real.

O amor entre Lívia e Thomas é um amor forte, terno, verdadeiro, mas as escolhas que envolvem a vida de Lívia é o pavio que pode fazer tudo dar certo ou não. São escolhas muito pessoais, que envolvem todo o sonho de uma vida, uma escolha que com certeza não seria uma escolha fácil a ser tomada por ninguém.



E isso foi o que mais me cativou na história. Helena criou personagens reais, com dramas reais. Coisas do nosso dia a dia mesmo.

A humanidade dos personagens é algo que conseguimos sentir, como se estivéssemos em contato com todos eles e sentíssemos todo aquele amor, todo aquele cuidado e preocupação verdadeiros com o próximo. São pessoas que poderiam ser todas próximas a nós em nossa vida.



Como eu disse não a nada de muito surpreendente e nem dramas exagerados aqui. Mas foi exatamente isso que me cativou na história. Essa proximidade com a vida real. Essa proximidade com personagens que poderiam ser conhecidos nossos, com problemas que qualquer um pode ter no dia a dia. E digo de novo, eu consegui viver toda a história, sentir cada momento narrado por Lívia.

A qualquer instante eu achava que ouviria a Lívia falando: - Então Fer, foi assim que tudo aconteceu. Tamanho era o meu envolvimento com a história e com os personagens.



A leitura me envolveu e cativou por completo. Eu estava apaixonada por todos os personagens, até mesmo Rodrigo com todos os seus “defeitos”, mas que não passa de erros humanos, como qualquer um de nós poderia cometer. Mas quem ganhou mesmo meu coração, foi Lucas, filho de Thomas. Mais uma vez Helena criou um personagem fofo e cativante, conseguia ver uma criança exatamente sendo como Lucas.  



A história me envolveu tanto que flui muito, mas muito bem. O livro com suas 374 páginas, foi apreciado e sentido por mim em questão de horas. Sim horas, pois depois que iniciei a leitura foi muito difícil parar (salvem as férias).



Só queria ressaltar que creio que Helena queria mostrar a importância e entrega dos profissionais da área da saúde, e conseguiu isso com maestria. Impossível ler a história e não se lembrar de algum médico que tenha nos tratado em algum momento. Ou uma enfermeira (salvem esses bons corações) que antes mesmo de pegar na agulha já preveem o pavor de algumas pessoas (assim como eu rs) que tem um medo absurdo de tudo relacionado a hospitais e agulhas e fazem de tudo para nos acalmar antes daquele momento de terror, rs.

Foi muito especial sentir isso na leitura. Pois sim, esses profissionais são procurados por todos nós, ás vezes com uma regularidade que não gostaríamos, mas poucas vezes damos o devido valor.

Sim assim como em tudo na vida, existem também, infelizmente, profissionais que não são dignos da profissão. Mas em sua maioria, são dignos sim no mínimo, de nossos aplausos e reconhecimentos. Eu mesma tive a sorte de encontrar profissionais/anjos por ai. E acho que em sua maioria, são isso mesmo. Anjos na terra que Deus mandou para auxilia-lo.

Espero que vocês apreciem a leitura tanto quanto eu.
E agora o que mais quero são outras histórias escritas por Helena.

Ah, calma ai rs. Esqueci de dizer que a sortuda aqui ganhou esse livro em um sorteio, que ocorreu em um evento literário em Campinas à que eu fui. É muita sorte né? Ganhei esse mega livro e na hora já ganhei meu autógrafo e ainda pude conhecer essa escritora maravilhosa.



Um beijo
















4 comentários:

  1. Que resenha linda Fer! Fico muito feliz que a história tenha te envolvido desta forma. Eh uma dádiva para eu saber que meu livro transmita tantas emoções. Obrigada pelo carinho! Aguarde que em breve teremos mais histórias...feliz 2015 recheado de sonhos. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Helena.

      Obrigada pelo carinho. Sim Despertar me encheu de alegrias, uma linda história que me tocou profundamente pela sua emoção e realidade passadas a nós leitores.

      Obaaaa, vou esperar MUITO ansiosa por mais histórias suas.

      Beijoss Fer

      Excluir
  2. Amiga fico feliz que vc tenha lido e amado, assim como eu. Também conheci a Helena e ela é uma criatura especial e mega talentosa com a escrita. Amei esse livro com personagens tão reais e para mim o casal Lívia e Thomas são perfeitos. Amo!!!
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Ni, foi uma leitura linda, que livro mágico!

      E a Helena é mesmo uma fofa, muito meiga e super atenciosa, foi um presente lindo conhecê-la e ainda ganhar o livro dela.

      Eles são mesmo, nossa apaixonada pelos dois.

      Beijoss Fer

      Excluir