7 Dicas de Sobrevivência para Namorar um Leitor



Oi pessoal.

Esses dias bisbilhotando por ai como sempre rs. Encontrei uma matéria super legal. Essa ai do título. Algumas dicas de como namorar um leitor.

É pois é para quem namora um, ou já é até casado com um leitor - vulgo marido meu, sabe como é sofrida a vida de uma pessoa assim. 

E foi pensando em você, que namora um leitor(a), que resolvi compartilhar essas dicas, quem sabe assim, elas podem lhe ajudar a sobreviver a esse relacionamento conturbado em um triângulo amoroso, entre você, seu amor e os livros rs.



1. Não interrompa quando ele estiver lendo! 
Nunca! Em hipótese alguma, faça isso. Se morrer alguém da família, interrompê-lo não fará com que a pessoa ressuscite, lembre-se disso;

2. Se ele disser que o livro é melhor que o filme, concorde com ele. 
Mesmo que não seja, você acha que ele vai admitir? Em hipótese alguma. Esta confissão seria uma traição ao movimento. A devoção dele a um livro é pior do que uma religião, entenda isso. Então não, o filme não é melhor;

3. Não tenha ciúme dos livros, eles não são seus concorrentes. 
Portanto, quando ele disser que em primeiro lugar da vida dele estão os livros, aceite. Você será o segundo, nada tão mal assim. Não há ninguém humano à sua frente;

4. Na hora certa, ele terá a palavra certa. 
Claro que isso é uma faca de dois gumes, pois este seu namorado leitor poderá tanto evocar palavras de amor, como o protagonista de Memórias de Minhas Putas Tristes, quanto pode saber enviar você para Cem Anos de Solidão;

5. Ele se importa mais com a forma que você trata os livros dele, do que exatamente como trata ele.
Então já sabe, nada de rasuras, dobrar capa, molhar folha, ou, pior, emprestar o livro dele para alguém – o que equivale ao fim do relacionamento;

6. Quando vocês brigarem, dê um livro de presente a ele. 
Não será mais preciso palavra alguma (até porque você já está dando um monte delas dentro do livro), ele tomará a obra na mão, derramará uma lágrima e perdoará você – principalmente se for um livro raro. E, claro, essa dica não vale caso seja um livro que ele odeie;

7. Nunca fale mal do escritor preferido dele. 
Jamais. Algumas pessoas têm gurus, líderes espirituais, artistas preferidos. Leitores têm escritores, postos sobre um patamar intocável. Portanto para sua saúde física e mental, não fale mal desses escritores. Digo e repito.





Olha 3, 5, 6 e 7 são regras sagradas aqui em casa e ai com vocês?


Beijossss





8 comentários:

  1. Oi Fer, tudo bem?
    Simplesmente sorri ao ler cada item kkkk. Embora eu tente impor essas regras, maridinho adora encher o saco falando que prefere esperar o filme, vive perguntando "Quem é J. K. Rowling? Um nada." "Harry Potter? Isso é um lixo". Embora eu saiba que essa é a forma dele dizer que ama, fico muito muito irritada. Nós nunca brigamos (ainda bem), mas sempre que ele está bonzinho ou eu carente, ele me compra um livro novo. É muito amor <3
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk nós e os maridos que sofrem conosco ou por nossa causa kkkkk.

      Beijoss
      Fer

      Excluir
  2. Fer, eu ri muito dessas dicas. São muuuito reais e estou, neste momento, lendo-as para meu marido que está com cara de poucos amigos kkkk.
    Concordei totalmente com todas, mas a 3 é a minha predileta kkk.
    Só acho que nossos maridos sofrem o dobro do que qualquer outro, pois, além de sofrerem com as nossas manias loucas de leitoras, ainda sofrem com as manias loucas de blogueiras.
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk imaginei a cara do seu marido kkk
      Sim vc tem razão sofrem mesmo, o meu ultimamente está com crises de ciúmes tanto que estou tentando me manter longe do blog depois que ele chega em casa rs, mas dos livros é mais complicado rs.

      Beijosss
      Fer

      Excluir
  3. Ai, ai Fê, muito bom, ri pra caramba. Preciso confessar que sou mais assim como revisora e escritora do que como leitora, não me importo de ser, por exemplo, interrompida se estiver lendo um livro por lazer, mas se eu estiver revisando ou escrevendo meus livros falto matar um... kkkkkkkkkkkkkkkk Agora emprestar livro eu não empresto nem que a vaca tussa uma vez... kkkkkkkk já emprestei muitos livros e me dei muito mal. Ou voltavam amassados, rasgados, marcados, riscados ou não me devolveram. :)
    Beijo, beijoooo!
    She

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk muito bom né?

      Eu piro em quase todas kkkk. Mas emprestar mesmo é complicado, nossa acho que eu morro kkkk.


      Beijosss Fer

      Excluir