{Resenha} O Encontro de Richard Paul Evans

Alan Christoffersen é um jovem publicitário bem-sucedido, comanda sua própria empresa, ao lado do sócio, e é loucamente apaixonado por sua esposa, McKale. Sua vida parece perfeita até que ocorre um terrível acidente enquanto ela montava à cavalo. Alan larga tudo para acompanhar o tratamento da esposa, momento em que Kyle, seu sócio, aproveita para roubar todo o dinheiro da empresa. Então McKale morre.Arrasado, sem a mulher que amava e traído pelo sócio ele se vê sufocado naquele lugar. Então sai de casa sem rumo, com uma mochila nas costas, e inicia uma longa caminhada em direção ao sul. Era uma busca por respostas e um tempo para tentar pensar o que fazer. Durante o caminho ele faz descobertas impressionantes sobre seus sentimentos, conhece pessoas incríveis e vislumbra novamente um sentido para a sua vida. Ele encontra dentro dele algo que jamais lhe poderia ser tirado novamente.Escrita por Richard Paul Evans, autor Best-seller do The New York Times, O Encontro é a primeira história série The Walk, que traz neste primeiro livro uma história emocionante sobre o que fazer quando surgem grandes adversidades na vida e o que podemos aprender com esses momentos.

Lua de Papel * 2012 * 231 páginas * Classificação 5/5






Um homem em busca de si mesmo.

Deixar toda sua vida para trás e seguir uma longa jornada a pé, em busca de algo de que não se tem certeza.
Alan tinha uma vida perfeita, sua própria empresa, em crescimento espetacular, um carro do ano, uma casa maravilhosa, e uma esposa especial para quem voltar todos os dias, e o mais importante de tudo, um amor sem igual.

Tudo isso vem abaixo quando sua amada McKale sofre um acidente e vem a falecer. Junto com isso tudo seu mundo desmorona e ele perde tudo o que antes havia conquistado com tanta luta. Mas nada o faz tanto desejar morrer, quanto ter perdido a sua amada McKale.

Depois de pensar muito e quase acabar com a própria vida, Alan decide que quer fazer uma caminhada. Mas não uma caminhada comum, ele escolhe um local no mapa (um ponto mais distante que provavelmente consiga seguir a pé), coloca alguns pertences em uma mochila, resolve alguns problemas e parte em sua caminhada, levando consigo seus diários, suas dores e seus pensamentos.

"O Jardim do Éden é um arquétipo para todos que perderam, ou seja, toda a humanidade. Ter e perder, como viver é morrer. Ainda assim, eu invejo Adão. Embora tenha perdido o Éden, ele ainda tinha sua Eva."

O que Alan não esperava era se deparar com tantas descobertas em sua caminhada. Cada local é um novo aprendizado, mesmo com seu coração dilacerado, Alan consegue dar um passo de cada vez e ir em busca do que quer que seja que encontrara no fim da jornada.

"Você pode conhecer muito um homem observando a forma como ele trata as pessoas que não precisa agradar."

Alan vai encontrar muitas pessoas em seu caminho, algumas vão lhe trazer coisas boas, lhe ensinar muitas coisas, em compensação outras vão lhe trazer mais dores...

"Algumas pessoas param de procurar a beleza e depois se perguntam porque suas vidas são tão horrendas... "

Quase no finalzinho do livro acontece algo sobrenatural, ficamos muito mexidos e imaginando sempre o quão isso pode ser real. Mas torcemos para que Alan consiga seguir seu caminho.

"Podemos ser as vitimas da circunstancia ou donos de nosso próprio destino, mas, não se engane, não podemos ser ambos."

O final do livro me deixou muito tensa, mas foi surpreendente, eu não esperava por algo assim. Agora é ler a continuação O Caminho, e ver o que acontece.

"Realmente não sabemos o que há dentro de um livro até o abrirmos."

Eu simplesmente amei a história, e estou apaixonada por Alan, ele é um homem maravilhoso. Realmente a história é uma lição de vida, temos muito a aprender. Me emocionei muito com toda a sua vida e sua jornada, as amizades, os ensinamentos, as atitudes de Alan... e sua busca pela esperança.
Eu indico com certeza, Richard me lembra um pouco Nicholas Sparks, mas ele tem uma docilidade, um jeito só dele de contar histórias, o que nos cativa e nos prende ao livro. Ele é curtinho com 231 páginas, que li em um dia.


O Encontro vai muito além de um romance, ele vai de Encontro com nosso próprio coração.

Beijosss


4 comentários:

  1. Fer esse livro parece ser arrasador.
    Fiquei com vontade de ler, mas esse final? Vou ficar tensa?
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk só um pouco, mas tem continuação rs.

      Bjs Fer

      Excluir
  2. Amiga que máximo que vc leu e gostou desse livro. Tenho toda série e preciso ler, esse ano com certeza!!!!
    Lembro que quando comprei os livros desse autor estava procurando por uma história de vida cheia de mensagens inspiradoras e parece que acertei pelo que li na sua resenha. Valeu pelo incentivo, fiquei mais curiosa para ler.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Ni le e me diz tb o que achou.

      É uma história mesmo muito linda.

      Beijoss
      Fer

      Excluir