A Importância dos Pais Lerem para seus Filhos

Crédito:formaes.com.br


Olá pessoal.

Acho lindo quando vejo pais influenciarem nos filhos o gosto pela leitura. Infelizmente esse hábito não aprendi com meus pais, não porque eles não quisessem, mas sim porque sempre foi algo meio "distante do mundo deles". Entretanto eu tive uma professora linda que me ensinou o amor pelas palavras, e isso eu nunca vou esquecer.

Mas uma das coisas que mais desejo é passar esse amor aos meus filhos, quando tive-los claro rs. 
E só espero que eles possam amar os livros tanto quanto eu. 

Consultando a página do projeto Ler é Bom no facebook, encontrei essa maravilhosa matéria sobre o assunto e achei por bem compartilhar com vocês, espero que gostem.




Era uma vez…


Essa é talvez uma das frases mais marcantes na infância de crianças. Pelo menos para aquelas em que os pais se dão ao trabalho e prezam pelo momento precioso da leitura. O negócio é que muita gente achava que isso era só um carinho a mais – quando, na verdade, este é um hábito fundamental no processo de alfabetização dos pequenos, de acordo com uma nova pesquisa.



A importância de contar histórias durante a infância



Cerca de dois terços das crianças de seis anos desfrutam de histórias antes de dormir ou de outra leitura recreativa com o acompanhamento de um adulto. Mas isso cai para 44% entre as crianças que são apenas um ano mais velhas. E quando as crianças vão para 8 e 9 anos de idade, metade já lê raramente (ou nunca) em casa. Isso porque mães e pais entendem que a sua ajuda já não é mais necessária.

No entanto, especialistas disseram que continuar essa leitura acompanhada por prazer durante a escola primária é “vital” para o desenvolvimento das crianças. Tanto por motivos de alfabetização quanto pelo desenvolvimento do gosto pela leitura, já que quase metade dos jovens leitores que se dizem “relutantes” a leitura também afirmaram que iriam gostar de ler mais se seus pais se sentassem e dividissem esse momento com eles. #FicaDica



Os pais estão estressados DEMAIS para lerem para seus filhos


De acordo com uma pesquisa divulgada recentemente pela loja virtual de livros infantis Littlewoods.com, mais de nove em cada dez pais disseram que liam muitas histórias acompanhados de seus respectivos pais. Isso é quase 100% dos pesquisados.

Mas, em contrapartida, muitos desses pais também admitiram que muitas vezes estão ocupados ou estressados demais para fazer o mesmo para os seus filhos, ou (por algum motivo) entendem que as crianças preferem assistir televisão ou jogar jogos de computador ao invés de se deliciarem com uma boa história.

A pesquisa adicional feita pelo The National Literacy Trust, uma entidade sem fins lucrativos do Reino Unido que tem a proposta de “transformar vidas por meio de histórias”, descobriu que alunos são 13 vezes mais propensos a ler acima do nível esperado para a sua idade, se eles simplesmente verem os livros como uma forma de lazer.

Os pais são modelos de leitura realmente importantes, e o que essa pesquisa mostra é justamente que as atitudes das crianças quanto à leitura melhoram conforme elas veem seus pais lendo. Por isso, essa ONG incentiva que todos os pais encontrem tempo para desfrutar de um bom livro.

Outros resultados, apresentados por uma pesquisa realizada pela Universidade Oxford Press, seguem a mesma linha e afirma que as crianças que leem por prazer são mais propensas a se saírem bem na escola e prosperar no local de trabalho anos depois.



E é por isso que…


Os pais precisam entender o enorme impacto que a leitura com os filhos pode ter e como é vital que a leitura por prazer não fique entre os muros da escola, mas também continue em casa.
Quanto tempo de leitura com os filhos é recomendado?

Os pesquisadores dizem que apenas DEZ MINUTOS de leitura com seu filho todos os dias é uma das melhores maneiras de apoiar a sua educação. Parece um esforço mínimo, não?

Eles também afirmam que ter um momento de leitura junto com os filhos por seis dias por semana, o que daria em um investimento de 1 hora por semana mais ou menos, é definitivamente mais barato do que uma hora com um tutor – seja ele o cara mais competente do mundo.



Muito importante não? E acho que tirar pelo menos 10 minutos de nosso dia para aqueles que devem ser o bem mais precioso de nossas vidas não deve ser assim tão difícil, e com certeza esse tempo não fará diferença só na "vida literária" de nossos filhos né?

Então vamos começar agora. Compre um livro infantil e comece esse hábito cheio de prazer com seus filhos.

Beijosss






2 comentários:

  1. Oi Fer
    Eu aprendi a ler com apenas 3 anos, graças a meu pai que lia para mim. Claro que já estou atrás de vários livros infantis para poder ler para meu pequeno. Já na barriga, o serzinho sabe quando estou lendo e hora fica quetinho, hora fica agitado hehe. Se tem algo que tenho certeza que fazer como mãe é incentivar a leitura, estudos e brincadeiras com pessoas reais e não com video games.
    Indiquei você pra uma TAG. Espero que goste e que responda ;)
    Um grande beijo e que você tenha uma ótima semana

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo Lary.
      Eu não lembro exatamente quando aprendi, mas infelizmente não foi com meus pais, eles não leem nada até hoje rs, Mas lembro que ganhei o amor pelos livros através de uma professora MARAvilhosa, não é a toa que o nome dela é MARA rs.
      E eu também, nem gravida estou mas já tenho alguns livros esperando pelo bebê rs.

      Eu vi obrigada, ela está para sair. Beijosssss

      Fer

      Excluir