{Resenha} Lua, Lobos e Cerrado de André Tressoldi


Josber é encarregado de auxiliar um grupo de estudiosos pelos diversificados caminhos do ambiente mato-grossense. No entanto, algo que parecia ser uma lenda regional começa a interferir nos dias, oumelhor, nas noites dos pesquisadores, tornando a previsível pesquisa em uma inesperada aventura.Confrontados com essa nova realidade, terão de enfrentar várias criaturas, e a mais presente delas: os lobisomens.Mesmo em meio ao desespero, surge a paixão entre Josber e Tiacha, uma fabulosa guardiã, que se revelará como uma questão a mais no conflito entre o humano e o sobrenatural, selando o destino de todos.

Editora Novo Século (selo novos talentos) * 2014 * 327 páginas * Classificação 3/5




Eletrizante.


Assim começo minha resenha. Realmente é aquele tipo de livro que em boa parte dos momentos lhe deixa com aquela aflição peculiar de filmes de suspense ou aventura. 

Um grupo de estudos está localizado na região mato-grossense. Uma equipe com 5 pessoas. Eduardo o líder, a professora assistente Olga, Madeleine; namorada de Eduardo, Otávio o motorista e cozinheiro do grupo e Josber o auxiliar de Eduardo. 

Tudo ia bem com a pesquisa, até que eles se perdem na região e precisam passar a noite no meio da mata. Eles jamais poderiam adivinhar o perigo que os ronda. 


Uma única noite pode trazer perigos inimagináveis. E quando eles menos esperam suas vidas estão em risco.

Eles terão que enfrentar algo que antes não acreditavam existir: os lobisomens. E esses seres não estão para brincadeira.

Josber consegue salvá-los na primeira noite, mas eles ainda vão precisar de muita ajuda, já que o retorno para casa parece estar mais longe do que o previsto. 

Os lobisomens persistem em sua busca, eles querem alguém do grupo e os cinco não conseguem entender nem quem é e muito menos o motivo, o que eles sabem é que a cada minuto suas vidas podem estar por um fio.

Mas eles receberão ajuda de onde menos esperam. Quem serão esses seres? E porque o estão ajudando? Duvidas essas que só serão sanadas quando eles conseguirem chegar a um local seguro, guiados pelos seres desconhecidos, e quando Josber conhecer a linda e hipnotizável Tiacha. 

"Não precisavam de televisão, encenavam suas próprias peças; não precisavam de redes sociais, estavam conectados à vida real; não precisavam de jornais para saber dos acontecimentos do mundo, pois os acontecimentos do mundo não lhe interessavam..."

Mas e agora o que espera por eles?


Bem com certeza é uma leitura instigante. Achei o começo da história um pouco lento, mas logo eu estava vidrada e angustiada para saber como eles iriam se safar dessa.

Para mim os personagens foram perfeitamente descritos. Cada um bem delineado e nos transmitem, penso eu, exatamente o que o autor queria que sentíssemos. 

Eduardo é aquele cara chato, totalmente irritante e que se acha um sábio, mas é um bom covarde isso sim.

Otávio é o “na dele”, mas que tem muita sabedoria, mas também é bem medroso.

Olga é a tímida, mas uma pessoa muito inteligente.

Madeleine foi a única que não consegui captar muito bem a sua essência, por vezes achei mesmo que ela fosse uma interesseira, outras não sabia o que pensar. Mas é fato que não gostei de suas atitudes para com Josber, e claro ele também não foi dos mais corretos.

Quanto a ele, devia ser o líder do grupo, mas uma pessoa ainda meio imatura em suas atitudes, mas que com certeza me rendeu boas risadas, e claro, se não fosse por ele, ninguém teria saído vivo de toda essa aventura. 

A explicação do porque os lobisomens perseguiam o grupo, foi no mínimo... curiosa, e até engraçada eu diria. Mas realmente o autor surpreendeu ao criar um mito totalmente diferente em torno dos lobisomens e isso foi valido, porque mais do mesmo já cansou. 

Só senti falta de mais romance, afinal na sinopse temos o anunciado da paixão entre Josber e Tiacha, mas achei que a história ficou muito carente nesse quesito. Mas acho que isso é tema para a continuação do livro.

E o final também achei um pouco corrido. E senti falta de mais algum elemento surpresa. Em um momento eu estava com toda a adrenalina e em outro esperando por algum efeito surpresa que infelizmente no final acabou não vindo.

Mas estou ansiosa pela continuação. Com certeza a história promete. Porque gostaria de saber que fim levaria o amor impossível de Josber e Tiacha. 

E estou muito curiosa pelas outras obras do autor. Só escuto falar muito bem e tem uma temática mais policial, que faz ainda mais minha preferência.


Espero que gostem.


Beijosss


0 comentários:

Deixe seu comentário