{Resenha} O Último Homem do Mundo de Tais Cortez

Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher.

Ler Editora * 2014 * 223 páginas * Classificação 5/5


Ai minha nossa. Eu simplesmente adoro um romance com personagens “marrentos”. Aquele romance adolescente que nos faz voltar no tempo e lembrar de todas nossas “aventuras” daquela época?!

Assim me senti com O Último Homem do Mundo.

É um romance leve, divertido e envolvente, que nos proporciona momentos de muitas risadas, mas também nos faz pensar no poder do bom coração.


Amanda é a típica garota rebelde. Ela quer gritar ao mundo sua vontade de liberdade. Ela não aceita ordens de nada nem de ninguém e não aceita muito bem as regras.
Ricardo é o típico “mauricinho”, cheio de não me toques e “eu sou dono do mundo”.

"Pessoas comuns falam sobre pessoas. Pessoas extraordinárias discutem ideias. Pessoas comuns pensam em si mesmas. Pessoas extraordinárias querem mudar o mundo. Pessoas comuns se cansam quando os obstáculos aparecem. Pessoas extraordinárias encontram forças quando todos já desistiram."

Ambos só aparentam aquilo que esperam que os outros vejam neles, não o que verdadeiramente são.

Mas quando Amanda, contra sua própria vontade vai parar no mesmo colégio que Ricardo, a coisa toda promete pegar fogo, muito fogo, e um consegue despertar no outro seu pior lado. Ou não.

"Parecia ironia que o último homem do mundo havia se tornado, sem que eu soubesse exatamente onde, como e quando, o único homem que eu queria."

É especial acompanhar todas as brigas desses dois, eu não sabia se ria, se chorava, ou se torcia para que eles parassem logo com aquilo e enxergassem o que estava diante de seus olhos.
As brigas prometem ser intermináveis. Mas quando situações improváveis juntam esses dois, o fogo promete ser ainda maior.

"O Amor é um risco e, se você não está disposta a se arriscar, então não é digna desse amor."


Simplesmente amei, e terminei o livro já com vontade de rele-lo.
Um livro que nos faz querer uma continuação, que nos faz querer mais dos personagens.
E esse foi o único ponto “negativo” do livro, rs.
Acho que a Tais podia ter nos dado um pouco mais de história. Aqueles dois prometiam muito mais confusão. Mas sei lá, quem sabe não role uma continuação?

Eu me encantei mesmo pelos personagens. Fiquei encantada por Amanda e Ricardo, achei os personagens muito bem estruturados. E claro Ricardo me deixou apaixonada rs.
Eu só posso indicar a leitura a todos. Não precisa ser jovem para se encantar por histórias assim.
O Último Homem do Mundo promete bons, divertidos e apaixonantes momentos.





E como um é pouco e dois é bom, muito bom!
Confiram a linda resenha de O Último Homem do Mundo escrita pela nossa linda Van.




"O Último Homem do Mundo" de Taís Cortez, me transportou novamente à adolescência. Eu não desgrudei do livro e enquanto lia era a Vanessa de 16 anos outra vez.

Aquela história que entre o amor e o ódio existe uma linha tênue vem à tona com a personagem Amanda, que depois de 3 expulsões consecutivas, vai parar no internato onde se formam "Barbies e Ken's". Oops! Digo, onde se formam os herdeiros das famílias mais prestigiadas de São Paulo.

Sua mãe, uma atriz super famosa toma essa decisão, sem ao menos consultá-la. O que a revolta totalmente e ela acaba de vestir a sua armadura fria de rebeldia.
Para ela é um insulto ser "presa" com um bando de mimados fúteis. E logo de cara já consegue encrenca com outra aluna: Mariana, nada mais, nada menos que a filha do diretor. As brigas e provocações não param. 

O que Amanda não espera enquanto inventa diversas maneiras de ser expulsa, é a amizade de Maíra e Paulina, que são pessoas agradáveis e legais. Ao contrário do grupo de Mariana, que só provocam os piores sentimentos ou não. Pois nesse grupo está Ricardo, o garoto mais lindo e popular da escola. O tal "último homem do mundo", o tal "ódio à primeira vista". 

No meio dessa confusão, brigas, provocações, dramas familiares e por que não dizer: beijos trocados, Amanda e Ricardo, duas pessoas que aparentam ser tão diferentes, descobrem que são tão parecidos e se unem por uma causa que acreditam.

Desse cenário, Taís conseguiu um livro leve, romântico, divertido e dramático. A pegada totalmente teen conquista qualquer leitor que vive ou já viveu conflitos semelhantes. Estou pronta para o próximo. 



Impossível pensar nesses dois, e não pensar nos personagens que serviram de inspiração. 
Então segue aqui duas músicas que logo vem a nossa mente enquanto lemos a história.

Ser o Parecer - RBD



Por Besarte - RBD




Bem esperamos que vocês tenham gostado.

Um grande beijo da Van e da Fer


8 comentários:

  1. Meninas adorei a resenha, vcs me deixaram com vontade de conhecer essa historia! bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, devorei o livro rs. Foi uma delícia ler e ainda participar da resenha!
      Beijos
      Van

      Excluir
  2. Fer e Van..o q Eh isso???
    Vcs querem me matar do coração com essas resenhas lindas? Ameiiii!
    Q delicia ver o quanto vcs se deliciaram com essa sensação de voltar aos tempos da adolescência.
    Eu me diverti Mto escrevendo essa história e a minha idéia eh q realmente fosse algo leve e divertido! Fico mto feliz em ver q sentiram isso!
    Obrigadaaaa! Adorei mesmoooo!
    Espero q tenham a oportunidade de conhecer meu outro livro, Golfinhos e Tubarões, e q ele tb conquiste um espaço no coração de vcs!
    Bjssss
    E sucesso ao blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tais.

      Obrigada você por nos proporcionar momentos tão gostosos.
      Com certeza, espero conhecer em breve também.

      Beijosss
      Fer

      Excluir
  3. Otimo saber que esse livro é tão bom. Tenho ele em e-book e preciso ler.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim NI leia sim, é muito divertido. Leve e envolvente.

      Beijosss
      Fer

      Excluir
  4. Oi meninas lindas!!
    Vocês me deixaram com uma vontade enorme de conhecer esse "casal". Amo ser remetida ao período da adolescência.
    Indo para os desejados...
    Beijos
    aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vai amar Bia, eles são bem marrentos e fizeram eu me lembrar bem do meu gênio ruim dessa época kkkkk

      Excluir