{Resenha} Páginas de uma História de Lilian Reis


E se algo inesperado mudasse todas as suas convicções?Após se casarem, irresponsavelmente, Sara e Victor não se adaptam. Ele, empresário bem sucedido, agnóstico, arrogante, orgulhoso, não apreende o conceito “viver a dois”, e, aos poucos, despreza a mulher. A jovem psicóloga, infeliz e depressiva, por não conseguir lidar com os problemas alheios, sem se envolver, decide abandonar a promissora carreira e encontra na escrita sua verdadeira vocação. Entretanto, ao atingir o sucesso com seus livros, desperta o interesse da imprensa local, sobretudo, do marido que se sente ameaçado e começa a sentir ciúme doentio, mas por orgulho, passa a ignorá-la ainda mais... Por fim, cansada de tentar reerguer seu casamento, Sara toma uma decisão que a colocará numa situação de extremo perigo...Ao chegar em casa depois de um telefone emocionado da mulher, Victor percebe que ela partiu. Reconhece que não pode viver sem ela e resolve ir buscá-la. Contudo, algo inesperado acontece e causa uma reviravolta ainda maior... Descubra nesse romance envolvente, como o ciúme, a impaciência, a intolerância, o egocentrismo, a traição e até mesmo o amor exacerbado, levam o casal a uma crise de proporções enormes. Será que o amor superará mediante tantos problemas? Mergulhe nas páginas dessa história e se emocione.

Publicação Independente * 2014 * 262 páginas * Classificação 5/5



Esse ano infelizmente meu tempo para leitura está bem curto. Mas mesmo com a quantidade baixa, eu não posso reclamar da qualidade.
As leituras que tenho escolhido, ou elas me escolhem, vai saber. Vão além das páginas. São leituras que nos fazem crescer como seres humanos. Que nos ensinam algo e nos tocam profundamente em nossa alma e em nosso coração.

Adoro leituras leves, que não me fazem pensar em nada, apenas curtir o momento. Mas não tem como negar que as melhores leituras são aquelas que nos fazem refletir, que nos fazem pensar na vida...
Onde realidade e ficção se misturam. Essas leituras nos levam por um caminho para dentro de nós mesmos, e nos faz pensar o que nos traz felicidade, pelo menos comigo é assim.

E assim me senti com Páginas de uma História.

Ao contrário do que deveria acontecer o casamento de Sara e Victor começou da forma errada. Sem diálogo, sem compreensão, até mesmo sem carinho e com muitos ciúmes. Victor não apoiava a carreira da esposa e essa por sua vez não fazia um esforço maior para mostrar que seu “mundo” não era o que ele imaginava.

Ambos não se entendiam e eram poucos os momentos em que realmente eram felizes ao lado do outro.

Sara conta com o apoio das amigas Anna e Luiza para poder vencer todos os obstáculos que enfrenta em sua vida. Mas ela não imagina que uma de suas amigas esconde um grande segredo, segredo esse que pode mudar mais ainda a história dela e de Victor.
Sara é uma mulher de muita fé, e é a fé que ela tenta se apegar para salvar seu casamento. Uma das maiores desilusões de Sara é por Victor ser um homem totalmente descrente, se ele ao menos acreditasse...

Um milagre acontece e eles conseguem os dar uma nova chance. Uma nova oportunidade de ser feliz. Os momentos que ambos tão sonhavam, finalmente chegam e eles vivem o casamento de uma forma plena, pura, com a intensidade que seus corações tanto desejavam.
Mas um mal entendido pode por tudo a perder.

Um acidente, talvez a possibilidade de uma nova reconciliação, um novo desentendimento, uma nova dor, brigas, traição, desconfiança. Tudo isso faz que o casamento infelizmente não sobreviva e Sara decide ir embora.
Victor está destruído. Precisou toda sua vida virar de cabeça para baixo. Precisou descobrir um segredo guardado por anos, precisou da morte de uma pessoa, para ele perceber o quanto amava sua esposa.
Mas agora pode ser tarde demais...

Nossa, essa leitura é daquelas que ficamos com o ar suspenso e só conseguimos soltar quando ela acaba, afinal não a mais nada a ser feito. O pior, ou melhor, pode ter acontecido.
Eu estava envolvida com os personagens durante suas 262 páginas. Se Sara chorava eu chorava junto com ela, se Victor ficava nervoso, meus nervos estava a flor da pele.
Desde o começo foi impossível não se sentir conectada a eles. Sentir um elo de ligação com esses personagens e torcer para que o futuro não reservasse mais dores.
Mas como eu estava enganada. Eu me perguntava como uma autora podia ser tão cruel, porque ela estava fazendo isso com eles? E ao mesmo tempo me fazia sofrer tanto?
Sara não merecia aquilo, eu não merecia, nenhuma mulher merecia. Mas a vida não é feita só de acontecimentos bons, não temos o poder de tudo sobre nós mesmos, e talvez, as tragédias existam para nos fazer perceber o que de bom estamos deixando passar.
Depois de muito chorar e de ficar muito brava com Lilian, eu finalmente compreendi o porquê de tudo aquilo. Conseguia entender sua mensagem, e sim consegui acreditar em milagres.

Não vou falar o que senti com o final, depois de tanta intensidade, eu falar se fui feliz ou não só vai fazer com que vocês esperem por algo especifico.
E não é assim que funciona com essa história.
Cada um vai ler e se sentir de uma forma diferente.
Afinal cada um de nós, assim Sara e Victor, temos as Páginas de uma História.

Só quero falar rapidamente da diagramação.
A capa é linda, ela me trouxe uma sensação tão boa, de paz, de aconchego.
Cada início de capitulo é ilustrado e temos trechos de introdução ao capitulo, com citações de filósofos, pensadores, escritores e músicos.



Book Trailer:


O livro é lindo, a história é linda e vocês não podem perder.

Beijossss






0 comentários:

Deixe seu comentário