{Especial Adriana Brazil} Dia 07 – Resenha Inverno de Cinza



Oie, hoje teremos mais uma resenha sobre o 2º livro da Série Foi Assim que te Amei e ela foi feita pela leitora VIVIAN MARIENE.

Espero que gostem.



Inverno de Cinzas - Em INVERNO DE CINZAS, Helen depara-se com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.Uma comovente história e uma lição de esperança para todos aqueles que estão passando pelo inverno.

Editora Novo Século * 2013 * Páginas  280* Classificação 5/5



Olá ! Estou aqui pra falar do livro Inverno de Cinzas da minha querida amiga e escritora Adriana Brazil. Esse é o segundo livro da série Foi Assim Que Te Amei que conta com mais dois livros, e todos eles representam um estação do ano.  Inverno de Cinzas é o meu preferido  dos três lançados até agora . Já anseio Verão de Conquistas último livro da série.  Me apaixonei á primeira vista por esse livro , pois amo livros com títulos de Estações do Ano.Pra quem não conhece , o primeiro livro da série a historia é sobre Helen Castilho , uma jovem alegre, meiga e sonhadora, apaixonada pelo mundo das palavras , sendo assim ela acaba entrando na faculdade de Letras e já começa a mostrar seu dom para escrita , recebendo um convite para continuar um projeto de um aluno que abandonou a faculdade , o projeto é uma historia que é publicada no jornal da Faculdade. Porém esse convite fará com que Helen comece a nutrir um sentimento ainda desconhecido por ela pelo escritor misterioso , do qual Helen conhece só o nome Andrew Gamberini .
            Em Inverno de Cinzas , Helen terá que enfrentar seus medos se mostrando mais forte para lutar contra os sentimentos e tristezas que tomaram conta de seu pobre coração , devastado pela separação do seu grande amor.
O livro chegou ma minha vida de mansinho , eu também estava vivendo o meu Inverno de Cinzas e vi na Helen e na turma de Floripa meus amigos , a cada página parecia que eu estava vivendo aquele momento junto à eles .
Adriana escreve esse romance com uma maestria e uma leveza incalculável, é um verdadeiro tributo ao amor , cada palavra é milimetricamente escolhida para vir carregada de sentimentos. Eu me emocionei  muito lendo – o , nunca tinha lido um livro que arranca-se de mim emoções tão fortes e até hoje mexem comigo . Posso dizer que Inverno de Cinzas foi um dos livros mais lindos que li e que trouxe ensinamentos que irei levar para a vida inteira, palavras como: amor , perdão e recomeço que ecoam no livro .
Quem ler nunca mais vai se esquecer. Se você se interessou por esse amor que passa pelas Estações boa leitura e prepare um caixinha de lenços você com certeza irá precisa.

``Alguns momentos da vida poderiam ser comparados a uma forte tempestade, que sempre transforma um cenário clamo e tranqüilo, movendo as pessoas de lugar`` pag. 13
``- Não deveria ter feito você se apaixonar por mim
  - Você não fez nada ! Meu coração te escolheu !´´  Pag 52 
Vivian Mariene




E a nossa querida FERNANDA BRAGA vai nos agraciar com seu comentário sobre o livro.

- Espaço Comentarista - 

Em Inverno de Cinzas, meus olhos foram tomados por lágrimas. Eu não aceitava que aquilo estava acontecendo. Eu não podia suportar o peso e o vazio que se apossaram do meu coração.

Meus momentos passaram como o de Helen. Sem brilho, sem cor, vazios, sem emoção. Até a esperança havia me abandonado.
Em alguns momentos me irritei com Helen. Queria segurá-la pelos braços e pedir que saísse daquele torpor.

Mas eu entendia. Entendia perfeitamente. Sabia um pouco como ela se sentia, o que estava passando. Fui transportada de volta no tempo, para diversas recordações que me lembraram que passei algo parecido com uma amiga. Ele se via desacreditada. Tudo o que queria era gritar, correr, algo que tirasse aquela dor do seu coração. Ela se rebelou, assim como Helen. Eu revivi com Helen, todos os momentos que passei ao lado de minha amiga, acompanhando sua dor, tentando secar suas lágrimas, estando ao seu lado para que o caminho do mal não fosse a opção a ser escolhida.

Então eu sei o que é ser humano. Não adianta julgar. Cada um de nós sente e extravasa sua dor de uma forma determinada. Alguns se fecham para o mundo, outros se revoltam, outros querem se rebelar. E é isso que faz de nós o que somos. Por vezes somos egoístas, mesquinhos, mas tudo o que queremos é gritar para o mundo o quanto dói e o quanto queremos que aquela dor vá embora.

Nós nunca queremos demonstrar nossas fraquezas. Por isso construir uma muralha de indiferença sempre parece a melhor opção. E ao fazermos essa opção, podemos afastar aqueles que ainda se importam.

Inverno de Cinzas me trouxe muitas recordações, muitas lágrimas. Mas me trouxe também de volta a esperança. O acreditar no amanhã e no Deus do impossível.  E eu acreditava, com todas as minhas forças, que essas nuvens negras iriam passar, trazendo assim o frescor de uma nova estação.

E com ela chegou a primavera.

A felicidade, os sorrisos. Todas as coisas boas estavam de volta. Principalmente a amizade.
Esse sentimento puro é tão presente nas histórias, mas em primavera ele aflora mais ainda, trazendo um acalanto a nosso coração.

A força dessa união vai nos mostrar que por mais que a dor persista em nosso coração, quem tem amigos, nunca está só, quem tem amigos, tem mais que anjos em sua vida.
Perdi a conta de quantas lágrimas derramei, de quantos sorrisos dei de quantas vezes meu coração parecia que sairia pela boca, de quanta emoção senti. 

                               Fernanda Braga



Meu coração pulsou mais forte e perdeu uma nota em Inverno de Cinzas, sentimento esse descrito na música cantada pela SONINHA SENRA.





E é isso pessoal, amanhã temos mais uma resenha e mais comentários.

Aguardo vocês para conhecerem mais sobre o livro Primavera de Cores.

Beijinhos.




4 comentários:

  1. Pelo que li, prepara o coração e os lenços para essa leitura. Como no livro a vida é assim, cada um reage de uma forma diante um problema, de uma dificuldade e ter amigos ao nosso lado em qualquer situação é maravilhoso!
    Bjos
    Lú Santana


    http://umdiiadesses.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha.
    Eu não comprei este livro quando tive oportunidade e me arrependi muito, pois sempre vejo resenhas positivas a respeito do mesmo.
    http://www.detudopouco.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez quero parabenizar Jess pelo Especial Adriana Brazil. Que esta muito mais que TOP!
    Se Outono me encantou, Inverno de cinzas me remeteu ao meu próprio inverno... Me emocionei diversas vezes com este livro. Em muitas tive vontade de bater na Hellen, gritar com o Andy. Mais depois me apaixonei novamente por cada um da Turna.

    Quero parabenizar também minha amiga Vivian Mariene, e toda a equipe do blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. A capa mais lindaaaa!! ainda lembro quando a vi na livraria e fiquei louca para levar, so por causa da capa kkkkk nunca tinha nem escutado falar da autora, mas tava sem money :( como sempre kkkkkkk
    Quero ainda mais ler depois de ter visto q é uma serie e saber q a historia é tao boa!

    ResponderExcluir