{Falando sobre Livros} Fantasia Nacional


Fala, galera! Tudo bem com vocês?
Depois dos romances, chegou a vez da minha paixão: fantasia! 'Bora conferir?

NÃO PARE!, de FML Pepper
Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas.
E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho!
Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude.
Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!
Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?
Seria a Morte sua companheira para toda a vida?
É chegada a hora da verdade.

NÃO OLHE!, de FML Pepper
Prisioneira de uma sombria dimensão.
Possuidora de um dom e de uma maldição.
Determinada a encontrar seu caminho e sua identidade.
Fugir e sobreviver ou enfrentar seus fantasmas e acabar morrendo?
Se justamente a única pessoa que poderia lhe ajudar foi a responsável por reduzir seu coração em pedaços, em quem Nina poderia confiar agora que acaba de descobrir que a morte pode ter muitas faces?


NÃO FUJA!, de FML Pepper
Vida.
Morte.
O que há entre elas?
Antes delas?
Depois delas?
Como distinguir a linha tênue entre dois universos tão distintos e intimamente ligados?
Como não sucumbir ao desejo que lhe drena a vida?
Como aceitar que existe morte em vida e vida na morte?
O que fazer quando a morte é a centelha que pulsa na vida embebida de escuridão?
Que caminho tomar quando o perigo é real?
A bússola da existência gira e aponta: o medo é uma opção, a vida, uma batalha, a morte, uma bênção.

A Guardiã, de Ane Viz
“É possível retomar o controle de sua vida depois que ela parece ter saído de suas mãos?”
A vida de Lílian muda com a morte de sua melhor amiga a levando a uma grande confusão. Em meio a isso, se depara com o amor que não é como sempre imaginou. E agora ela está pronta para lutar e ser a guardiã que sempre sonhou. Lílian é uma garota comum, ou quase, que aprenderá que existe muito mais coisas que ela não conhece. Um nova vida com um rumo totalmente diferente quando ela se vê diante de um problema que não tem a solução. Vê seu destino ser drasticamente mudado e fugir completamente de suas mãos. Será ela capaz de poder guiar novamente sua própria vida e provar que pode ser e será a melhor guardiã de todas?

Máscara, de Luiz Henrique Mazzaron
No mundo de Domus, a morte é a moeda que alimenta o jogo. E a verdade pode custar a vida.
Liam é um garoto que viveu por muito tempo isolado devido aos constantes castigos do sádico tio, um carrasco ex-militar. Porém, inesperadamente, surge uma entidade maléfica, uma figura das trevas trajando uma máscara, e passa a o perseguir, levando-o a participar de um jogo num mundo surreal, chamado Domus.
Junto a um grupo, Liam parte para uma experiência alucinante, em que os pecados da humanidade serão colocados em xeque, como numa espécie de julgamento. Um combate onde o principal objetivo do adversário é mostrar o quão odiosa é a raça humana…
Mas ainda há muitos mistérios que rodeiam este intrincado jogo. Por qual motivo a criatura possui tamanha obsessão por ele? E vale a pena prosseguir, já que a morte é a única certeza?

As Faces da Luz, de Tatiane Durães
Ao ser forçada a atravessar um portal por um imenso lobo, Tayara se depara com um mundo que jamais imaginara, e elfos e bruxas passam a fazer parte de sua realidade. Mas o que ela não sabe é que seu destino fora traçado muito antes de seu nascimento.
Agora ela terá que escolher entre a razão e o coração, pois ao se apaixonar por um elfo, descobre que uma forte maldição a prende a ele.
Uma aventura repleta de magia e descobertas, se inicia.

A Profecia de Mídria, de Denise Flaibam
SERAFINE DELAY ERA UMA GAROTA COMUM...
À sua maneira.
Sua vida na sossegada Vila do Sol muda bruscamente numa noite, quando sua décima oitava primavera era festejada. Um ataque acaba forçando-a a fugir desesperadamente de monstros sanguinários e imbatíveis. Por algum motivo para lá de insano, tais criaturas queriam sequestrá-la!
E enquanto mergulha de cabeça no universo mágico de Warthia e começa a entender a ligação de suas marcas com a história daquele mundo, Serafine descobre-se numa surpreendente situação: seu destino está traçado. Uma antiga profecia clama por seu espírito, e uma difícil jornada deve começar.
Na companhia de um belo e rude espadachim, uma simpática garota de orelhas pontudas e um felpudo guerreiro belicoso, Serafine deve ingressar numa viagem de perigos desconhecidos, que se inicia no Norte daquele vasto continente, treinando para derrotar àquela que vem das Trevas para tudo devastar.
Os Mistérios de Warthia devem ser desvendados, e Serafine é a única capaz de fazê-lo.

O Senhor da Luz, de Graciele Ruiz
EM UMA JORNADA PELO DESTINO DE DATAHRIUN SUAS ASAS SERÃO CAPAZES DE ALCANÇAR A LUZ?
Lícia se sentiu muito sozinha quando o seu avô morreu, deixando uma chave e um pedido. Essa chave abria uma caixa muito poderosa, capaz de fazer viver, novamente, um planeta já morto: Datahriun. Porém, ela só poderia ser aberta por cinco chaves. A de seu avô era somente uma delas, e o seu pedido era para que Lícia as reunisse e encontrasse os seus guardiões. Desse modo, eles poderiam fazer o que ninguém havia feito antes.
O Senhor da luz é uma estória sobre sonhos, guerras, amizades, tristezas e amor. Uma saga insana pela recuperação de Datahriun, onde vivem criaturas misteriosas com poderes fantásticos.
Um lugar onde a magia é somente o começo!

Adeus à Humanidade, de Marcia Rubim
Uma paixão acendendo após mais de um século de escuridão.Uma doença atual apagando a luz de uma vida.Somente sua mordida poderia curá-la.Apenas seu tipo sanguíneo seria capaz de matá-lo.
Como um amor tão improvável sobreviveria?
Do que você seria capaz de abdicar para salvar e vivenciar, mesmo que por pouco tempo, um amor jamais sentido antes? Da cura de milhares de humanos? Da própria vida?
Stephanie tinha todos os motivos do mundo para não acreditar em seres míticos ou na felicidade, mas vai descobrir que estava totalmente enganada. Sua alma-gêmea existe! O problema é que a linha do tempo que a separa do amor eterno é muito tênue.
E somente um milagre possa uni-los novamente. 

Quando a Humanidade Prevalece, de Marcia Rubim
Em meio às inúmeras adaptações impostas pela nova condição da espécie, o casal Stephanie e Richard parece não se dar conta da ameaça maléfica que os ronda. E quando isso vem à tona, pode já ser tarde demais, mudando completamente o curso de suas vidas.
Lendas. Ciúmes. Mentiras. Medo.
No momento mais crucial, tudo se mistura.
O mesmo amor que protege e inebria também tem o poder de mascarar a visão da realidade, provocando uma devastação em cascata de efeitos colaterais surpreendentes.
Será que a lua de mel entre seres sobrenaturais é realmente eterna?
Milagres acontecem mais de uma vez?
Divirta-se. Sonhe. Emocione-se.
Venha descobrir com o segundo livro da série Adeus à Humanidade do que o amor é capaz.

Ethernia, de Kamila Zöldyek
Você acredita em destino?
Acredita que duas pessoas que nasceram e cresceram em condições e lugares inversos podem ser destinadas a encontrar e mudar a ordem de todas as coisas?
A história de Raikou e Elektra começa assim. Ela, princesa entediada. Ele, escrivão do imperador inimigo. Duas vidas que corriam em direções opostas e aparentemente intangíveis.
Elektra resolveu sumir de Raython depois de uma das comuns brigas com seu pai, porém não imaginou que cairia no território de Ethernia, império que está em guerra contra o seu há séculos. Muito menos imaginou que encontraria Raikou, o insolente de olhos azuis, que se dispôs a ajudá-la, por motivos que ela queria descobrir.
Seu encontro foi apenas o começo dos fatos que mais tarde foram cantados sob o nome de “A lenda de Raython”, ou Legend of Raython na língua local, e Ethernia é o primeiro volume de sua narrativa.
Pronto para começar a acreditar em destino?

Gostaram das indicações? Espero que sim!

Karol Zepon

2 comentários:

  1. Estou louca para ler Não Pare, será a minha próxima aquisição. Adoro os livros da Márcia Rubim, aguardando o terceiro livro.
    Bjos
    Lú Santana

    ResponderExcluir
  2. Não pare! Comprei esse livro e estou morreeeeeeeeeeeeeeeeeendo para ler ele logo. Essa coisa de fila de leitura não está ajudando. Hahaha

    ResponderExcluir