{Especial Nacional} Filmes Nacional Parte IV



Mais filmes lançados no primeiro semestre desse ano, para você curtir o inverno dentro do lar, debaixo das cobertas e prestigiar o Cinema Nacional!!







O Duelo


O comandante Vasco Moscoso de Aragão (Joaquim de Almeida) está cansado da sua vida aventureira em alto mar, e busca um lugar tranquilo para viver. É assim que ele chega até a vila de Periperi, uma cidadezinha costeira, e logo conquista a todos no local. Aragão ganha à admiração dos homens que se juntam para ouvir suas histórias fantásticas, e conquista as mulheres, com seus ares românticos da Europa. Só que o fiscal Chico Pacheco (José Wilker), até então o homem mais admirado da cidade, desconfia de Aragão e começa a investigar a vida do forasteiro, querendo saber se tudo que ele diz é verdade ou não. Louca para assistir! Simples assim...










Divã a 2

Eduarda (Vanessa Giácomo) é uma ortopedista bem-sucedida, casada com o produtor de eventos Marcos (Rafael Infante) há 10 anos. Devido ao desgaste do relacionamento, eles resolvem fazer uma terapia de casal. Só que, durante as sessões, eles decidem se separar. É quando Eduarda conhece Leo (Marcelo Serrado), por quem fica interessada.
Gostei muito do “1”. Mas esse não é uma continuação, casais diferentes, situações diferentes... mesmo enredo (?!). Ainda não conferi!










O Sal da Terra
O filme conta um pouco da longa trajetória do renomado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado e apresenta seu ambicioso projeto "Gênesis", expedição que tem como objetivo registrar, a partir de imagens, civilizações e regiões do planeta até então inexploradas.
Esse é um filme Franco-brasileiro, para quem gosta de fotografia, aliás, para aquelas pessoas apaixonadas por fotografia.
Pois estamos falando de Sebastião Salgado!
Já fui a exposições dele e me encantei. É um documentário (explicativo e apaixonante)











Ponte Aérea
Um voo do Rio de Janeiro para São Paulo tem seu curso desviado para Belo Horizonte, devido à forte chuva que castiga a capital paulista. Diante do imprevisto, os passageiros são hospedados em um hotel para que, na manhã seguinte, sigam para São Paulo. Entre eles estão o carioca Bruno (Caio Blat) e a paulista Amanda (Letícia Colin), que se conhecem no hotel. Após um rápido flerte, eles passam a noite juntos mas se desencontram no dia seguinte, já que Bruno pega um voo logo cedo. Já em São Paulo, ele a procura bem no dia em que é promovida na agência de publicidade em que trabalha. Aos poucos o sentimento entre eles se intensifica, mesmo que tenham que lidar com as dificuldades dos 432 quilômetros de distância entre as cidades que vivem.
(Preciso muito desse filme! Bem drama, romance, fofo! Eu sempre tenho que comparar com um filme ou um livro, dessa vez vou comparar om os romances super delicados de Cecelia Ahern (e alguns viraram filmes como P.S: Eu te amo e Simplesmente Acontece).Esse está no topo da minha lista... Caio Blat está no topo da minha lista desde sempre!!)











A Estrada 47
Na Segunda Guerra Mundial, o Brasil era aliado dos Estados Unidos, Inglaterra e França. Na época, foram encaminhados mais de 25 mil soldados da FEB (Força Expedicionária Brasileira) para combater os inimigos, representados pelo Eixo: Alemanha, Itália e Japão. Quase todos de origem pobre e, em sua maioria, despreparados para o combate, os pracinhas tiveram que aprender na prática a lutar pela sobrevivência. Depois de sofrerem um ataque de pânico coletivo, no sopé do Monte Castelo, os soldados Guimarães (Daniel de Oliveira), Tenente (Julio Andrade), Piauí (Francisco Gaspar) e Laurindo (Thogum) tentam descer a montanha, mas acabam se perdendo um do outros. Quando conseguem se reencontrar, precisam decidir se retornam para o batalhão e correm o risco de enfrentar a Corte Marcial por abandono de posto, ou voltam para a posição da noite anterior e se arriscam a enfrentar um ataque surpresa do inimigo. É quando conhecem o jornalista Rui (Ivo Canelas), que conta sobre um campo minado ativo e eles acham ser essa a chance de se redimirem da mancada que cometeram, mas muita coisa ainda está por acontecer e a guerra está longe de acabar.
Filme de guerra nacional?! Sim!!! Confiram...












Romance Policial


O funcionário público - e escritor nas horas vagas - Antônio (Daniel de Oliveira) viaja até o Deserto do Atacama, no Chile, em busca de inspiração para um conto. Acaba encontrando um corpo e é impedido de voltar ao Brasil. Ao se envolver com Florencia (Daniela Ramirez), uma moradora local, ele desvenda o crime e escreve sua grande obra.







Preparados para uma sessão pipoca só com nacionais?! Aí estão as dicas...  acho que em breve teremos mais surpresas!


Fontes: Adoro Cinema / Youtube







2 comentários:

  1. Fiquei muito interessada por assistir "A Estrada 47". Parece ter uma bela produção.
    Vou procurar imediatamente aqui na internet.
    Boa postagem, parabéns!
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  2. Listinha crescendo, adorando as dicas!!!
    Bjos
    Lú Santana

    ResponderExcluir