{Resenha} Perto do Fim de Rosa Mattos

 Perto do Fim - Jeff Weber é um homem solitário e inconformado com o seu destino. Tentou acabar de vez com o sofrimento, jogando o seu carro contra um poste de concreto, mas sobreviveu.
Um dia, Jeff escuta da sacada de sua casa, uma jovem pedindo socorro e corre até lá para ajudá-la, sem saber que esse seu gesto daria início a um grande pesadelo.

Jeff liberta a jovem Valentina das mãos do agressor e recebe ameaças dele, por ter surgido na hora errada. O sujeito foge, mas no mesmo dia coloca em prática suas ameaças.

Após isso, Jeff vê sua rotina pacata e metódica, sofrer uma guinada vertiginosa. Uma série de acontecimentos o faz pensar que sua vida corre perigo e o homem falava sério. Ele só não entende, qual o motivo para tanta fúria e desejo de vingança.

Ao mesmo tempo em que se vê perseguido e na mira de um maníaco, Valentina surge como um sopro de esperança em sua vida, trazendo um pouco de paz ao seu coração acostumado a estar mergulhado em sombras.

E quando ele passa a acreditar que finalmente tudo se resolveu, algo inesperado acontece, jogando Jeff num dilema desanimador. Agora, ele terá que ser realmente forte para superar o novo obstáculo que o destino colocou em seu caminho, se quiser viver.



* agBook * 2015 * 312 páginas * Classificação 4/5




Perto do Fim conta a história de Jeff Weber. Rosa Mattos a descreve em dois momentos. No início um Jeff solitário, amargurado e frustado homem, que perdeu a vontade de viver. 
Isso tudo por causa de uma tragédia que aconteceu em sua vida e deixou marcas que ele não consegue apagar, nós sentimos o sufocante sofrimento junto com Jeff. E é quase impossível conter as lágrimas diante de sua dolorida história. 

Até que um dia Jeff salva uma desconhecida de um agressor e isso muda sua vida em segundo. Nosso protagonista passa a ser seguido, ameaçado e vários outros acontecimentos misteriosos passam a fazer parte da sua vida. Mas quem seria essa pessoa? Por que quer a vida de Jeff?

Com tanto mistério, a escritora nos envolve e não paramos até descobrir o que realmente acontece na vida do personagem, pois várias ideias surgem, várias suspeitas.. E no meio de tantas coisas conhecemos o pai dele, Milton Weber, que é um homem muito controlador (odiei ele de cara, mas depois passou e eu entendi toda a preocupação, a qual chega controlar seu filho através de câmeras... muito esquisito), mas ama seu filho e quer protegê-lo a qualquer custo.

E o que mais tira o leitor do sério é que bem nessa hora, Jeff conhece uma pessoa que lhe dá vontade de seguir de bem com sua vida (e que me causou um certo ciúmes). E ele primeiro precisa enfrentar os próprios sentimentos, lidar com sua dor e com essas coisas estranhas que começaram acontecer na sua vida. Mas nada é tão fácil. 

Para se ajustar à sua nova vida, todo esse mistério precisa ser desvendado. Só assim poderá se entregar à felicidade. Mexeu tanto comigo que deu aquela vontade de dar um ombro amigo ao Jeff, abraçá-lo e tirar todo o sofrimento dele.

Rosa Mattos primeiro nos prende com o desenvolvimento da história e a sequência acontecimentos, despertando nosso interesse a cada página. Aguçando nossos sentidos, para chegar ao fim e torcer que seja feliz e emocionante. 


Mais informações sobre a autora:

Você encontra aqui











1 comentários:

  1. Mistério é sempre bom e se a autora consegue desenvolve de uma maneira que te deixa em alerta a todo momento, ligado nos acontecimentos, melhor ainda.
    Bjos
    Lú Santana

    ResponderExcluir