{Resenha} A Consultora Teen de Patrícia Barboza

Thaís acabou de mudar com a família para o Rio de Janeiro e em breve vai começar as aulas em um novo colégio. Ela está ansiosa para fazer amigos e descobrir mais sobre seu vizinho Pedro, dono dos olhos verdes mais incríveis que ela já viu. Leitora assídua da revista Universo Teen, Thaís ficou tão decepcionada quando sua pergunta não foi publicada na coluna dos leitores que decidiu criar o blog Consultora Teen como um canal de comunicação com outros adolescentes. O que ela não sabia era que uma simples brincadeira de uma tarde na internet ia transformá-la na blogueira mais famosa do colégio e uma das mais populares de todo o Brasil! Com um detalhe importante: ninguém sabe que é ela quem está por trás do blog. O que poderá acontecer se esse segredo for revelado? Acompanhe a história de Thaís conforme ela enfrenta novos desafios e percebe que crescer pode parecer assustador, mas também é uma experiência gratificante e muito divertida!

Editora Verus * 2014 * 198 páginas * Classificação 5/5

“Quando eu penso na adolescência, me vem à mente as seguintes palavras: amor, paixão, dança, alegria, festa, namoro, amizade, escola, sorvete, pizza, música, praia, piscina, livros, cinema, risadas.”

Que história mais gostosinha de se ler. Sabe aquele tipo de história que quando começa você abre um sorriso bobo na cara e vai com ele até o final? Assim é a A Consultora Teen rs. Meu esposo em um determinado momento até comentou que a história devia estar boa pela minha cara kkk. É verdade eu sorri do começo ao fim.
É aquela história cheias de awnnnn e ainnnnn (alguém ai, sabe quais são as onomatopeias para suspiros? Rs).

Thaís está de mudança para outra cidade com sua família. E agora irá enfrentar as mudanças e o novo.
Nova casa, nova escola, novos amigos...
Ela está ansiosa, mas encara tudo muito bem, mas claro com muitas expectativas e dúvidas.
Logo ela faz amizade com Pedro, seu vizinho, que a deixa hipnotizada com aqueles olhos. E que olhos. Logo Thaís está com uma quedinha por ele e um laço de amizade acaba se formando.
Ele a ajuda em seu primeiro dia de aula, e indo contra todos os seus anseios, Thaís logo se acalma e faz novas amizades. Thaís encontrou um grupo de garotas que são super fofas e cada uma com seu jeito peculiar. Mais adiante Thaís irá descobrir que sim, o universo adolescente é mesmo muito confuso, e que ela não é a única a querer respostas para todas as suas dúvidas.

Antenada como todos em sua idade, é conhecendo um blog famoso em sua escola que Thaís irá se inspirar e criar o seu próprio blog, o Consultora Teen, a ideia de início é só uma brincadeira, inspirada na coluna de sua revista preferida, ela busca responder dúvidas de meninas que assim como ela tem tantos questionamentos e poucas respostas.

Mas é quando sem querer, que ela acaba ajudando Pedro a voltar com sua ex, a garota super popular na escola, é que ela vai perceber que a brincadeira pode ser mais séria do que ela imaginava e mais dúvidas podem se formar.

Em meio a novas confusões, lidando com crises adolescentes de garotas que ela nem ao menos conhece (ou sim, vai saber), é que Thaís vai descobrir como é pleno viver essa fase de sua vida e que sim, ser adolescente pode ser muito confuso, mas é uma fase única e recheada de muitas descobertas e primeiras vezes inesquecíveis.    

Ah gente não para o trem porque eu não quero descer, é aqui mesmo que eu vou ficar.
Foi tão, mas tão, (vou usar mais um tão), mas tãoooooo bom recordar um pouquinho da minha adolescência rs. De como tudo parece tão louco, confuso e intenso nessa fase da vida. Eu não fui uma adolescente rebelde (assim como Thaís também não), e acho que por isso eu amei tanto a história e me identifiquei com ela. Ela não é aquelas adolescentes insuportáveis que ficam estúpidas, cheias de não-me-toques, querendo ver o mundo acabar, tudo bem essas existem e vamos respeitá-las, mas eu quero uma filha como a Thaís rs. Ela é tudo de linda e fofa.
As confusões, as inseguranças, as expectativas que faziam parte do mundo dela, com certeza refletem bem a maioria das adolescentes. Quem nunca ficou confusa sobre o amor? rs. Quem nunca se achou apaixonada para em menos de dois dias se descobrir “desapaixonada”? Quem nunca sentiu aquele frio na barriga, aquela sensação que antecede um possível beijo? Quem nunca confundiu os sentimentos por um amigo? A euforia com as amigas? O medo do novo? Ah, enfim, acho que vocês perceberam que eu simplesmente amei essa história. Não é segredo que eu sou extremamente louca por romances juvenis e esse me encantou.

Os personagens são lindos e encantadores. Daniel, irmão de Thaís, é aquele irmão que é um chato, mas também é um amor quando quer, a relação deles é super fofa, porque eles brigam mas se amam (típico de irmãos não?). Suas amigas são tão queridas, cada um com seu jeitinho traz a história um toque todo especial, principalmente a Fabi, a melhor amiga da Thaís e que conhece todos os seus segredos. E bem o que falar de Pablo? Ele é tudo de lindo, e fofo, e perfeito. O garoto dos sonhos.com! Quero uma filha como a Thaís e um namorado para minha filha como o Pablo kkkk. Será que é pedir demais? Uma garota pode sonhar rs.

Ah gente não tenho muito mais o que dizer, a história é curtinha e se eu ficar falando aqui todos os detalhes que eu amei, poxa vou contar tudo rs e vai perder a graça.
A história não tem um enredo cheio de mistérios e uma trama toda complicada, mas é exatamente na simplicidade dessa história e na realidade dela que está a perfeição. Em várias cenas eu me pegava pensando: - É bem assim mesmo rs.
Ou torcendo de expectativa e ansiedade junto com Thaís.
Deu uma vontade de voltar a ser adolescente e viver tudo de novo!
Só posso indicar o livro a todos os que amam um romance jovem, com doces momentos, surpresas super fofas e que assim como eu, adoram uma viagem de volta a um passado com lindas recordações.

E com certeza eu quero ler muitas outras histórias de Patrícia Barboza.


Beijoss

Três músicas para ficar mais por dentro da história:







4 comentários:

  1. Os personagens parecem serem encantadores mesmo, é uma pequena que um livro que parece tão bom tenha tão poucas paginas, com certeza pretendo dar uma chance.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nanda, sinceramente tanto a sinopse e a capa não me chamaram a a atenção não é o tipo de livro que eu costumo ler mas sua resenha está incrível bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Faz um tempo que li esse livro e é mesmo uma leitura legal de se ler e leve e divertido e uma ótima historia com certeza relembrar essa face das nossas vidas e com ótimos personagens e adorei que você colocou Lucky com certeza lembra o livro !!

    ResponderExcluir
  4. Assim como sugere o nome, o livro parece bem teen. E eu amo livros assim. Quem não? É sempre prazeroso! Um romance fofo, leve e bonitinho.
    E ah, adoro essa música da Pitty!

    ResponderExcluir