{Resenha} Encontrada de Carina Rissi

Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No entanto, em meio à loucura dos preparativos para o casamento, ela percebe que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava.
As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas estão acontecendo na vila. Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva.
Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir seu felizes para sempre é ela própria.
Em Encontrada: À espera do felizes para sempre, Carina Rissi traz de volta o mundo apaixonante de Ian e Sofia, nos permitindo mergulhar mais uma vez nesta maluca e envolvente história de amor.



Verus Editora * 2014 * 472 Páginas * Classificação 4/5





Contem Spoiler para quem não leu o primeiro livro. Perdida.
Leia a resenha de PERDIDA.



Se existe uma autora que é certeza de que ao ler seus livros teremos momentos com muitas risadas, essa autora é Carina Rissi. Ela tem o dom de nos prender a suas páginas como se fosse uma mágica. Mas ela vai além nos proporcionando momentos encantadores, mas muito, muito divertidos.

Em Encontrada – À espera do felizes para sempre continuamos acompanhando a louca história de amor de Sofia e Ian.

Louca porque Sofia viajou através do tempo para poder viver a sua linda e mágica história.
Eles estão prestes a se casar, o que deveria ser a garantia de felicidade e fim dos problemas. Mas acontece que esses mal estão começando.

Sofia infelizmente ainda não se adaptou a essa época e seu comportamento sempre gera todos os tipos de problemas.

Além disso, parece que algo meio estranho está acontecendo na vila, e Sofia não consegue saber o que é. Ian está meio estranho, mas ela acha que tudo é por conta das finanças, entretanto algo diz que tem mais escondido por ai.

E um simples relógio, sim gente, um relógio poderá mudar a vida desses dois drasticamente.
Os problemas só estão começando.
Por causa desse objeto Sofia irá se enfiar em novas enrascadas e o que deveria ser sua lua de mel se torna um verdadeiro caos.

A chegada de uma tia de Ian também não ajuda em nada. A mulher desaprova totalmente Sofia e vai fazer da vida dela um verdadeiro inferno, como se Sofia sozinha já não conseguisse fazer isso rs.

Sofia decide então ajudar seu marido com seus problemas. Ela não sabia que isso só lhe traria ainda mais dores de cabeça.

“- Esta noite eu lhe entrego este corpo. Pois a alma que o habita e o coração que aqui bate há muito tempo lhe pertencem. E serão seus, apenas seus, para sempre.”
 

Prefiro não entrar em detalhes. Como sempre Carina escreve uma história que nos segura desde a primeira página. Momentos com muitas risadas são garantidos. O encanto por esses personagens também. É difícil não se apaixonar por Sofia e suas atrapalhadas, não amar Ian, Elisa, Teodora, Madalena, seu Gomes e todos os outros personagens que deixam essa história ainda mais especial.

Dessa vez contamos com uma dose de mistério que deixou a história ainda melhor.
Desde o começo fiquei pensando que o relógio causaria “certo tipo de problema”, digamos mais ligado ao tempo. Não achei que o relógio na verdade causaria problemas mesmo, digamos... mais reais, pelo menos para a época rs.

Devo dizer que o assunto abordado em torno da “maldição”, com certeza foi outro ponto maravilhoso. Eu me perguntava a cada pagina quando eu saberia o que realmente estava acontecendo. E tudo passou pela minha cabeça, até algum tipo de psicopata kkk. Sério Fernanda? Sério gente rs. Mas, claro que eu estava totalmente enganada, e a “solução” não poderia ser mais clara.

Somos convidados a acompanhar a vida de Ian e Sofia e o tanto que esse casal lutou para vencer as “diferenças”.

Em alguns momentos Ian me deixou um pouco chateada. Mas bem pouco. Com não desejar um Ian o tempo todo? Mas eu pensava: - Poxa rapaz vamos mais devagar ela deixou toda a vida dela por você, então um pouco de compreensão não faz mal a ninguém. Mas ele não me decepcionou, claro.

Sofia também não ajuda muito com suas atitudes, mas de qualquer forma não seria ela se não houvessem todas essas loucuras, e não seriamos totalmente encantados pelo seu jeito de ser. O seu amor incondicional, sua esperteza, sua determinação, fazem dela uma personagem marcante e com certeza inesquecível. 

“ – É como um coração mecânico. Ele grava a passagem do tempo. Os ponteiros registraram cada dia quando ainda não nos conhecíamos, numa espécie de contagem regressiva. Eles marcaram cada minutos desde que nos encontramos. E agora marcarão cada segundo da nossa vida.”
 

Fica difícil descrever o prazer imenso que chega até nós com esse tipo de leitura.
Temos emoção, mistério, uma dose de drama, ou muito drama dependendo da perspectiva kkk. Com certeza é uma história que nos faz rir (leia-se rir MUITO) e ao mesmo tempo ficamos encantados.
Esperei que Encontrada não me agradasse tanto quanto o primeiro livro, mas ele foi além. Me trouxe novos momentos lindos para recordar com esses personagens.

A diagramação é simples, eu não curto muito essa capa “cabeça decapitada”, mas acho que mesmo assim a capa exprime um pouco da história.

Encontrei alguns erros ao longo da história, mas nada que deixa a leitura menos prazerosa e também fica claro que a autora usa de muita licença poética para escrever sua obra, pois apesar de Sofia ser uma mulher dos tempos modernos, ela está no Século XIX e quase nenhum diálogo nos remete a isso, mesmo o dos outros personagens. Então em nenhum momento nos imaginamos em uma história de época, o que para alguns deve ser bom, mas confesso que nesse sentido eu esperava sim vivenciar um pouco mais daquela época. Se não fossem por alguns costumes e todas as regras de etiqueta vividas naquela época, em vários momentos poderíamos esquecer que não estamos lendo uma história onde os personagens vivem em nosso tempo rs.

Mas como eu disse nada disso diminui a história, que ao contrário realmente chega aos nossos corações, nos faz ler com um sorriso nos lábios e torcer para que esses dois vençam todas as barreiras, principalmente a do tempo, e sim, encontrem o seu Felizes para Sempre!


Beijosss

 

6 comentários:

  1. Eu AINDA não li o perdida, mas está aqui, estou pensando em ler ele em seguida!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus!! Esse é meu livro preferido de todos os tempos rs
    Realmente amo a escrita da autora e recomendo!
    Já leu os outros dela? Se não, leia!!
    bjus
    amei a resenha!

    ResponderExcluir
  3. Realmente a Carina Rissi tem o dom de nos fazer rir. Li esse livro em 2014, e também adorei o mistério que ela criou, lembro que quando eu o li, eu tentava advinhar o que o relógio tinha com aquilo tudo, e confesso que não cheguei nem perto da resposta. Agora pretendo ler Destinado, já ouvi muitos comentários positivos e mais promessadas de muitas risadas *-*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Só li o Procura-se um Marido da Carina Rissi.
    Mas como contém spoiler eu não li a resenha.
    Quero muito continuar as leituras dos livros dela, mas a lista está imensa!

    beijo

    ResponderExcluir
  5. Fui dar uma conferida na resenha de Perdida, e fiquei com mais vontade!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Aahhh amei a resenha, eu li Perdida, mas por causa do preço do livro aqui não comprei Encontrada e nem Destinado, mas irei assim que me for possível, que bom que continuamos com uma escrita que nos prende, e que as risadas estão garantidas, gosto muito da Sofia e o Ian é lindo demais.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir