Nacionais que Indico por Bianca




Oi pessoal, vocês sabem que nossa literatura vem ganhando mais espaço a cada dia. E isso só nos enche de orgulho. Afinal nossa literatura é maravilhosa, e entre clássicos e contemporâneos temos uma infinidade de autores e obras que nos enchem de orgulho em podermos dizer: - É nacional!

E hoje para mostrar que isso é verdade, a Bianca do blog Lua Literária nos prestigia com sua participação nos dizendo alguns, entre tantos, nacionais que figuram sua lista.

Confiram:

Bianca


Oi gente!! É um prazer imenso estar aqui no Mato por Livros, eu realmente adoro e admiro muito esse cantinho, e claro, sua anfitriã Fernanda. A Fer é uma blogueira incrível, que realmente abraça a causa da propagação da leitura dos nacionais. Eu ficaria anos falando do quanto a adoro, mas não estou aqui para isso.
É muito engraçado falar de livros nacionais hoje. Meu primeiro contato com a literatura nacional foi na época da escola, em que era obrigada a ler para conseguir nota. Claro que dessas leituras obrigatórias, muitos livros bem como autores se tornaram favoritos e indispensáveis. Mas, passado esse período, fui me envolver com a literatura contemporânea muito recentemente, e depois disso, fiquei viciada. Tenho orgulho em dizer que hoje leio mais nacional que estrangeiro. E venho mostrar alguns livros que vocês precisam ler, por serem realmente bons e ponto final. Aliás, esses livros que indicarei, dão de 10 a 0 em muitos gringos por ai.

 O Sol Perdido

O Sol Perdido é o primeiro livro de uma série de fantasia, chamada "As Lendas de Illusa". É uma aventura fantástica que tem o poder de agradar um público bem amplo, desde jovens à adultos, homens e mulheres. Enfim, você precisa conhecer por ser uma fantasia capaz de te fazer viajar, que traz uma linguagem simples, e no final, irá sentir vontade de viver naquele mundo, junto aos Raposas Prateadas.

Depois do Fim


Eu poderia indicar vários livros de Samuel Cardeal, pois o cara é um autor sensacional, que traz sempre uma reflexão plausível em suas obras. Até hoje, todos os livros que li do autor, mudaram alguma coisa em mim, seja modo de pensar, de olhar, enfim. Não quero que pensem que Samuel é um autor de auto-ajuda, pelo amor ele me mataria por causar essa impressão. As reflexões que o leitor faz através de sua obra, são totalmente pessoais. Indico o conto Depois do Fim, que traz uma história incrível sobre dinossauros; que tem o poder de encantar o leitor apaixonado pelos seres pré-históricos, e ainda passa uma mensagem linda sobre o valor da amizade. Em poucas páginas, o livro surpreende e encanta o leitor. 

Entre o amor e o silêncio


Se gosta de romance do tipo que tocam a alma, precisa conhecer Entre o Amor e o Silêncio de Babi A. Sette. Eu nunca li nada parecido, não sou perita em romances, mas acredito que ela fugiu dos clichês criando uma história doce, profunda, sensível e linda. Hoje em dia, é difícil encontrarmos histórias de amor que nos inspirem para a vida, não para o sexo, e essa é um dos raros casos. 

Distopia

Distopia de Kate Willians, é para provar que brasileiro sabe sim escrever histórias distópicas. O enredo é rico e tem a capacidade de atrair leitores de idades diversas. Fiquei apaixonada pelo desenvolvimento da trama.

Macunaíma


Macunaíma é um queridinho pra mim, eu amo esse livro. Adoro originalidade, e esse é um dos pontos altos do livro. Clássico, traz um enredo engraçado com a forte presença dos mitos indígenas. O que me prendeu à obra foi justamente as lendas contidas. Não é uma leitura fácil, assim sendo eu não aconselho para os falsos leitores. Mas se você é do tipo que ama ler, não importa os desafios que encontrar, e ainda valoriza a cultura nacional como um todo, é uma leitura obrigatória.

Foto -M.R.Terci


É impossível eu citar apenas uma obra, assim sendo vou indicar um autor cujas obras todos deveriam conhecer. Estou falando de M R Terci. Sou fã de carteirinha, já li muitas obras de sua autoria, e todas foram parar na minha lista de favoritos. São muitos os motivos que tenho para indicar a leitura de suas obras, vou tentar resumir. Em primeiro lugar: o resgate da língua portuguesa. Sério, há tempos eu não lia livros que tivessem essa preocupação com a ortografia, e é importante ressaltar que, quando lemos, não devemos focar em apenas conhecer uma nova história, mas também precisamos tirar proveito daquilo. Segundo: originalidade. Já disse o quanto aprecio enredos originais, e quando se trata das obras do autor, nunca me deparo com mesmices, ele sempre inova. Terceiro: riqueza em conteúdo. Suas obras sempre trazem algum tipo de aprendizado, por exemplo, "Os Imperiais de Gran Abuelo" traz o contexto histórico do Brasil; "Os Santos de Colditz" a segunda guerra mundial, enfim, cada obra, além de entreter, ainda faz com que o leitor aprenda algo. 


Eu tenho muitos livros nacionais para indicar, fico triste por deixar de citá-los, mas vocês podem conhecer mais das minhas opiniões sobre eles visitando minha estante no Skoob
Nós, leitores, temos um papel imprescindível na propagação da literatura nacional. Cabe somente a nós divulgá-la. Temos um tesouro em mãos, porém, infelizmente, não lhe damos o valor merecido. É cultural esse apego com o que vem de fora, mas já passou da hora de acabarmos com isso.
Leia mais nacionais, propague a nossa literatura. Vamos acabar com esse preconceito e com a desvalorização de nossos autores. 



Ahh espero que vocês tenham amado as indicações e se encantado pela Bia, verdade seja dita, ela sim é tudo isso ai. Foi um prazer enorme tê-la conhecido, entre tantas pessoas queridas que esse mundo literário me apresentou.
E não deixem de conhecer o blog ao qual a Bia faz parte e ficarem por dentro de tudo e acompanhem também a página no FACEBOOK.

E claro confiram suas indicações, pois com certeza tudo o que ela indicou deve ser realmente maravilhoso. Eu ainda não conheço tudo, mas já fiquei super curiosa.

Beijosss

E não esqueçam que está rolando sorteio.

https://www.facebook.com/matoporlivros/photos/a.229766343853472.1073741828.226062277557212/602918709871565/?type=3&theater


4 comentários:

  1. Oi oi,

    que post bacana! Eu já li Entre o Amor e o Silêncio e é bem legal mesmo!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  2. Acho bacana dar uma chance pra autores nacionais, muitos já cem com aquele velho pensamento preconceituoso e não se dão nem a chance, OK que existem uns péssimos como em todo lugar, mas tem uns maravilhosos

    ResponderExcluir
  3. Que esse preconceito de não ler nacionais acabe logo, esse Povinho não sabe o que ta perdendo, e ao pra confirmar isso, essa lista vem pra lacrar!

    ResponderExcluir
  4. Fer sua linda, foi um prazer imenso participar dessa ação. Saiba que tem um espaço enorme no meu ♥
    Adoro muito.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir