{Resenha} A Moça com Olhos de Sessão da Tarde de Aldo Jr.


Esse livro não tem sinopse, o que posso escrever aqui é um livro de "vários" poemas, pensamentos e reflexões que contém esse livro. Não que "A Moça com os Olhos de Sessão da Tarde", seja somente isso, mas conversaremos sobre tal assunto na resenha.

Penalux * 2016 * 100 Páginas * Classificação 5/5






No mais novo livro de Aldo Jr. eu poderia copiar e colar a resenha de seu anterior (essa AQUI ), mas não é só isso... e também não é uma continuação.


Dessa vez os poemas chegam com um impacto mais forte, com outra realidade, ele deixa a metrópoles, o caos urbano e foca no comodismo de alguém, uma pessoa comum, que poderia ser você, eu, qualquer um que conheça.



"Ela era a melhor coisa
Que me acontecia
Sempre que não havia
Nada melhor pra acontecer!"
(Trecho do Poema "A Moça com Olhos de Sessão da Tarde")



Aldo escancara o que a sociedade oprime e por isso merece atenção em cada poema. Como escrevi antes, um pensamento e uma reflexão. Esse livro é mais que isso é a vida real, sem pudores...

É tudo aquilo que as pessoas fazem e escondem. E ele tem a coragem (a revolta) e a capacidade de escrever e te mostrar como é normal.

E quanto mais explicito melhor, dessa vez ele vem mostrando o verdadeiro, o bom, o ótimo e para quem não provou... ainda se sente amargo por dentro e destila veneno por fora.



"de todas as coisas que eu mais admirava nela,
a maior sem dúvida era conseguir ver senti-
do no que escrevia depois que gozava, enquanto
não houvesse orgasmo, não havia poesia, não há
maior poesia no mundo que o orgasmo..."



Você é amargo? Para tirar essa dúvida, melhor ler esse livro revelador e sem ser pudor algum, talvez com censura, mas aqui abrimos as portas para nossos escritores nacionais. Que estão de parabéns!

Esse por exemplo, mostra o lado B do amor ( o lado melhor talvez ) de fazer amor, de sentir a vida!








0 comentários:

Deixe seu comentário