{Resenha-Filme} A História Sem Fim

Bastian (Barret Oliver) é um garoto que usa sua imaginação como refúgio dos problemas do dia-a-dia, como as provas do colégio, as brigas na escola e a perda de sua mãe. Um dia, após se livrar de alguns garotos que insistem em atormentá-lo, ele entra em uma livraria. Lá o proprietário mostra um antigo livro, chamado A História Sem Fim, o qual classifica como perigoso. O alerta atiça a curiosidade de Bastian, que pega o livro emprestado sem ser percebido. A leitura o transporta para o mundo de Fantasia, um lugar que espera desesperadamente a chegada de um herói. A imperatriz local (Tami Stronach) está morrendo e, junto com ela, o mundo em que vive é aos poucos devorado pelo feroz Nada. A única esperança é Atreyu (Noah Hathaway), que busca a cura para a doença da imperatriz com a ajuda de Bastian.

Warner Bros * Fantasia/Aventura 

Entre tantos desafios do dia a dia de um garoto, Bastian que não é o mais popular do pedaço, se depara com os grandalhões da escola e precisa fugir para não ser pego. Onde se esconder até que os turbulentos sumam? Por acaso, uma biblioteca. Um sonho para quem gosta de livros, e para Bastian não seria diferente. 


O bibliotecário debate com o garoto deixando-o curioso quanto a um livro em especial, porém não deixa leva-lo. Bastian aproveita o descuido e então começa sua historia, levando o livro sem autorização. 

Ler um livro não passará de uma simples leitura se olhamos apenas para suas palavras, é preciso ler não apenas com os olhos, mas sim, com a imaginação. Para uma criança, em cada palavra se cria uma imagem, nas linhas, temos o começo dos retratos e depois o mundo da leitura ganha vida... se ela é real ou não, bastará escolher.

A imaginação começa a virar historia, tão empolgante que é como se estivesse lá indicando o melhor caminho... mas espere... o livro pode ouvi-lo!!!

Será que ele realmente escuta? SIM... a historia é tão real quanto a realidade do agora. Mas como??? É muito simples, basta você querer e entrará no mundo da fantasia, onde tudo pode acontecer – isto lembra minha própria infância quando assistia Lucas Silva e Silva no Mundo da Lua!!!rssrss
A historia é antiga, mas retrata o hoje de maneira sutil. O mundo da fantasia esta ameaçado pelo vazio, mas Bastian e seus amigos buscarão manter viva a essência da terra da Fantasia – ao ler o livro ou ver o filme dele feito, preocupo-me com o que ainda vai acontecer com os homens sem a imaginação!?

A Historia sem Fim (Die Unendliche Geschichte), escrita pelo alemão Michael Ende e publicada em 1979, tornou-se filme em 1984 (The NeverEnding Story). Formam três filmes e diversas traduções, cada uma delas tocando um adulto e uma criança de maneira diferente, levando cada um a fazer parte não apenas desta historia, mas de muitas outras. Desde aquela época, já era previsível o que hoje muitos tratam naturalmente, o esquecimento da imaginação fantástica que temos dentro de nós. A visão de Michael ao escrever a Historia sem fim, já era para resgatar o mundo racional na década de 70 e devolve-lo a fantasia, trazendo de volta a mais pura imaginação das pessoas, de quando eram apenas crianças e sonhavam.

                Quando o mundo da imaginação esta a beira de um abismo, só há uma coisa a ser feita: Voltar a SONHAR!
Minha esperança e sentimento ao ler/assistir é que o mundo de hoje perceba, o quão importante é e sempre será sonharmos como as crianças o fazem!!!
 

Confiram o Trailer:


Abraços

Willian André Braga


2 comentários:

  1. Acredita que nunca vi esse filme kkkkkkkkkk?

    ResponderExcluir
  2. Eita deu até saudade, tenho os dvds dos dois primeiros filmes (não sabia que tinha um terceiro) e amo de paixão. Sempre que dá saudade eu revejo, a história é linda e cheia de mensagens importantes para todos (não importa a idade). Queria que fizessem o remake dessa história, acredito que com a tecnologia atual o filme ficaria mais perfeito do que já é. Enfim adorei a postagem. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir