{Resenha e Sorteio} Uma Chance Para Recomeçar de Diana Scarpine

Carina é uma workaholic rica e bem-sucedida cuja vida se resume ao trabalho. Afogada em estresse, ela não se importa com a solidão que habita seu coração, pois o amor nunca foi uma das suas prioridades, até que algo inusitado acontece. Repentinamente, ela se vê privada do trabalho e deseja aplacar a solidão que a consome, principalmente quando conhece Aurélio, que a trata de uma forma diferente da qual ela está acostumada. Consumido pela tragédia que vitimou sua família e deixou-lhe sequelas físicas e emocionais, Aurélio não quer nada além de se afundar cada vez mais na dor e na culpa que sente. Suas certezas começam a ficar abaladas à medida que Carina se aproxima cada vez mais dele. Quantos obstáculos precisam ser vencidos para recomeçar? O amor é capaz de vencer as amarras do passado e o preconceito?

Pandorga * 2016 * 432 Páginas * Classificação 4/5




Uma chance para recomeçar irá falar sobre dores, lutas, perdas, desafios, sonhos, recomeços... segundas chances. Como o próprio título diz, a história de Carina e Aurélio contará sobre as segundas, terceiras, quartas chances que a vida nos dá para sermos felizes e que precisamos agarrar com todas as forças e principalmente lutar pelo que queremos. Fazer acontecer.

Carina só pensa em trabalho, deixou de pensar em sua vida pessoal, quando percebeu que nunca teria uma, que tipo de pessoa iria se interessar por ela? Como despertaria o amor de um homem sem nenhum tipo de atrativo? Não ter amizades também fez parte de sua vida, afinal, atrativos sociais também não fazia parte de quem ela era.
Mas para ela estava tudo muito bem assim, obrigada. Até o dia em que sua saúde foi comprometida e ela passou a ver as coisas com outros olhos e a temer a solidão. 


“O tempo é implacável! Não respeita a dor, a frustração ou o vazio. Ele simplesmente passa, arrastando consigo esses sentimentos para um incomodo passado, mas não para o esquecimento completo.”
  

Aurélio ama a solidão, ama a escuridão. Ele acha que merece toda a dor que sente, tudo o que não tem e não terá, ele só quer passar seus dias contando cada segundo para que esse se acabe, chegando assim o próximo, o próximo, o próximo, sem que nada de especial ocorra e ele possa continuar preso em seu limbo, como a própria Carina define muito bem em vários momentos.

E eles poderiam continuar vivendo assim por muito tempo, até que suas vidas se cruzam, e novos caminhos podem ser traçados, desde que eles não dificultem tanto as coisas.

Carina se acha sem atrativos, Marcos se acha um monstro. Vencer a barreira do preconceito que cada um carrega sobre si mesmo será um dos primeiros obstáculos que eles terão que vencer.

A tragédia pela qual Marcos passou tornou ele um homem amargurado, desacreditado e muitas vezes intratável. Seu gênio não é nada fácil, mas também é um compreensível diante de tudo o que ele passou e ainda passa.
Não é mentira o preconceito, os olhares, o desprezo de muitas pessoas diante de “fatos” assim, então Marcos não está 100% errado. O que não pode é você se tornar um ser vazio vagando pela vida como se ela fosse qualquer coisa.

Realmente Marcos nos estressa em muitos momentos, mas ao mesmo tempo sentimos um carinho muito grande por ele, e torcemos para que ele deixe esse vazio.
Carina é uma mulher batalhadora, de fibra, apesar de “cair” muitas vezes, ela levanta (as vezes a troco de muito esforço, mas levanta) e tenta seguir em frente.


“Por mais que relutemos, muitas vezes, é preciso recomeçar.”
  

Mas se tem uma coisa que eles têm em comum é a “cabeça dura” e com certeza a falta de dialogo, e nossa esse vai e vem, é uma das coisas que infelizmente cansa um pouco na leitura.

Brigas por motivos de falta de compreender o que o outro está falando e criar suas próprias teorias é o que mais acontece.

- Ah ela me acha um monstro, me despreza!
- Ele com certeza me acha uma mulher tão sem graça.

São coisas que mais acontecem, tornando alguns diálogos muito repetitivos.
Alguns excessos de “desculpas”, “sinto muito”, “me perdoe”, “eu não queria ter dito isso”, tornam a leitura em alguns momentos pouco fluida.
Infelizmente a história tem esses pontos negativos, mas creio que uma revisão mais técnica poderia em muito ajudar a autora em uma nova edição. A história é linda e perfeita, realmente o que quebra o encanto nela em alguns momentos é são esses pontos que apresentei, afinal eles se estendem ao longo da história, gerando assim uma quantia de páginas que se tornam desnecessárias e deixa a história em alguns momentos menos fluida. A questão não é um livro de 425 páginas, já li muito mais que isso, a questão é um livro com 425 páginas com uma porcentagem delas que realmente poderiam ser cortadas.

Mas não se prendam a isso. A história realmente me comoveu, as barreiras que Aurélio e Carina impunham a eles mesmo é algo que muitos de nós fariam se estivéssemos em seus lugares. E isso torna a história muito real, nos despertando o sentimento de empatia.
Outra coisa que amei é a temática sobre o preconceito. Amo livros que despertam em nós um olhar sobre o preconceito, nos colocar no lugar do outro, imaginar como é, e como nós seres humanos lidamos com esse tipo de coisa.
Posso dizer que o que Aurélio sente, senti uma vez em nem 10% do que aconteceu com ele, e posso dizer que é horrível, se eu com uma pequena porcentagem da dor e receio dele, não quis sair de casa por um breve período e quando saia parecia que todo mundo me olhava, imagina ele, então não foi difícil me colocar no lugar dele e sentir o que ele sentiu. Ai fiquei imaginando e se eu não tivesse passado por isso? é difícil se colocar no lugar do outro quando não vivemos situações parecidas, mesmo com a empatia, nos aproximar da dor do outro e de tudo o que ele sente é bem complicado.

E isso é muito bom de se viver nessa história. A transformação dos personagens para pessoas mais seguras de si, que tentam vencer seus medos, seus fantasmas interiores, e olha que isso não será fácil para eles. 


“Não há tormenta capaz de ocultar para sempre o sol.”


Adorei a escrita da autora, mesmo como citado acima, achando que teria que ter passado por uma revisão mais técnica (se é que não passou) às vezes a autora sentiu a necessidade de deixar esses detalhes dessa forma e tudo bem a história veio do coração dela, mas eu como leitora, realmente acho que poderíamos ter detalhes e repetições a menos. Mas mesmo assim gostei demais da escrita dela, é poética, rebuscada e muito sensível. Isso é fato, podemos sentir a delicadeza de sua escrita e achei isso lindo.
Então se você gosta de romances, com drama, superação, segundas chances, personagens um pouco cabeças duras e lutas por recomeços, irá gostar muito dessa história.

Beijosssss


Ahhhh e a autora preparou um sorteio lindo para vocês leitores, então confiram o recadinho dela para vocês:

clique na imagem para ser direcionado ao facebook



Olá, querido(a) leitor(a)!

Você quer ganhar de presente o romance “Uma Chance para Recomeçar” e um lindo kit de brindes (contendo 1 bolsa, 1 caneca, 1 mouse pad e 2 marcadores) no presente de Ano Novo? Então, esta é a sua chance; pois o blog Diana ScarpineRomances (juntamente com os blogs parceiros Acordei com Vontade de Ler, Adoro um Livro, Amorpelas Palavras, Apaixonada por Romances, Blog dos Jovens Leitores, Books and Carpe Diem, CarpeDiem, ConfissõesFemininas, Coleções Literárias, Conchego das Letras, De Bem Com a Leitura, Estante da Suh, Fundo Falso Literatura, Livros do Coração, LivrosRomânticos, Mato por Livros, Pétalas de Liberdade e Romances e Leituras presentará um leitor(a) com o romance “Uma Chance para Recomeçar”, acompanhado de um kit de brindes. Confira as regras:

- Curtir a fan page do facebook de todos blogs participantes;
- Compartilhar em modo público a postagem da promoção no Facebook com a tag #UmaChanceParaRecomeçarNoAnoNovo e marcar 4 amigos (as) para participar da promoção;
- Residir no Brasil;
- Preencher o formulário do Rafflecopter abaixo com perfil e e-mail válidos para contato.

a Rafflecopter giveaway



INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
O concurso é recreativo e não está vinculado a marcas, compras e vendas de serviços.
Resultado será divulgado nas redes sociais da autora Diana Scarpine e dos blogs participantes em 14/01/2017.
Os ganhadores terão três dias para entrar em contato por e-mail com a autora Diana Scarpine, informando os dados para envio do livro e do kit de brindes (contendo 1 bolsa, 1 caneca, 1 mouse pad e 2 marcadores). Findo esse prazo, será feito novo sorteio.
A  autora Diana Scarpine terá 30 (trinta) dias para envio do livro autografado e do kit de brindes, após o contato dos ganhadores.
Não serão aceitos perfis fakes ou criados exclusivamente para promoções.
As regras serão devidamente conferidas!
As despesas de envio são por conta e responsabilidade da autora Diana Scarpine, que não se responsabilizará em caso de demora ou extravio dos correios.
Regras sujeitas a alterações sem aviso prévio!

BOA SORTE!

<3 Diana Scarpine 

1 comentários:

  1. Olá, Fernanda! Muito obrigada pela resenha e pela divulgação do sorteio de Uma Chance para Recomeçar.
    Abraço,
    Diana Scarpine.

    ResponderExcluir