[Resenha]: Quebrando Regras, Livro 1 — de Li Ferreira

Sinopse: BEBA E TENTE NÃO SE VICIAR... DESEJE E TENTE NÃO SE APAIXONAR... Após a morte misteriosa e brutal do meio-irmão, Fernanda Guedes decide deixar a capital de São Paulo e sua família para se aventurar nas Serras Gaúchas e morar com o pai, porque está cansada da solidão constante e de levar uma vida sem emoção. Sua chegada já era prevista e a decisão estava destinada a acontecer. Na cidade de Canela, a jovem descobre que seu destino está interligado aos novos moradores e tudo o que sempre acreditou estava prestes a mudar. Enquanto isso, Patrick Wyle, um vampiro e líder de um clã recém-chegado dos Estados Unidos, tem como dever investigar algumas mortes recentes causadas pelos renegados de sua raça. E, como se não bastasse tudo isso, Fernanda conhecerá o desejo fulminante, o amor eterno e o imenso poder do beijo de um vampiro. Contudo, ao escorregar do manto invisível, desabrocha um perfume tão raro... Quem resistirá à sua doçura? O encontro de uma humana e uma criatura lendária pode mudar o rumo de suas vidas completamente em meio à sede intensa, luxúria desenfreada, poderes inimagináveis e uma paixão devastadora, que desencadeará uma guerra sombria entre o bem e o mal. Venha quebrar todas as regras e desvendar os segredos sombrios que permeiam a vida desses personagens que vão conquistar o seu coração. *** ESTE PRIMEIRO LIVRO NARRA CINCO DIAS DESDE QUE FERNANDA GUEDES VAI PARA SEU PRIMEIRO DIA NA FACULDADE. *** UM ROMANCE PARA LER E SE APAIXONAR...

Uma grata surpresa! 

Fernanda Guedes tem 18 anos. Ela resolve mudar-se de São Paulo para Canela, município do Rio Grande do Sul, para morar com o pai, João, depois que seu irmão por parte de pai, Felipe, é assassinado brutalmente. De início sua mãe fica contra, porém aceita essa decisão. Afinal, a mãe é casada com outro homem e com ele, teve outro filho. Fernanda se sente muito triste pelo fim trágico do seu meio-irmão, aquele do qual passou a ter contato e afinidade, mas encontra forças para continuar ao lado do pai. 

As lembranças na mente de Nanda eram tão vívidas como feridas profundas e abertas no peito. Tão dolorosa que, às vezes, tinha dificuldades até para respirar. Mas valente, não deixou que Miranda e Paulo Henrique percebessem que travava uma guerra interna pelo seu destino. (Livro: Quebrando Regras - Páginas.17 e 18) 

E já no primeiro dia de aula, ela conhece Patrick... Um humano — digamos assim — não tão humano. Ele nasceu em 1890 e foi transformado vampiro em seu leito de morte, aos 21 anos, depois de contrair varíola. A propósito, Patrick é o líder de um clã americano, além de ser o braço direito de Graig Hunt, "o vampiro mor", e também de ser muito respeitado e temido por outros de sua espécie. Contudo, todos de sua espécie são restritos a se envolverem com humanos. Aliás, eles podem até se envolver, desde que sexualmente e não matando suas vítimas. Afinal, para todos da espécie, eis essa regra. 

E quantos vampiros quebravam as regras? Muitos, mas estavam todos exterminados. A justiça sombria não era lenta ou tinha preço como a humana. Quando tomavam conhecimento da infração, era implacável. (Livro: Quebrando Regras, Pág.50) 

A atração entre Nanda e Patrick é arrebatadora, ele consegue sentir que ela tem algo a mais que envolve não só ele, como todos os outros — humanos e não humanos. No entanto, ele fora incumbido a vir para o Brasil, a fim de descobrir quem cometeu o assassinato de Felipe, ou seja, o irmão de Nanda, pois pela brutalidade cometida com o garoto de dezesseis anos, tudo leva a crer que alguém da espécie está por trás de tal desatino. E junto aos irmãos consanguíneos/sobrenaturais: Katrina, Jordan e outros mais, ele descobre que Adam Shaw, líder de um clã rival está na cidade, e com isso fica atento, pois teme pela vida de Nanda, aquela por qual inicia um envolvimento amoroso e descobre-se completamente apaixonado. Além de todo esse percalço, existe também o fato do seu romance com Nanda ser descoberto por aquele que o transformou vampiro — Graig Hunt. Patrick também fica transtornado pelo fato de não conseguir se conter ao lado da amada, e com isso, devido a sua origem, poder até mesmo matá-la. 

— Você vai viver o tempo necessário como qualquer humana. Espero que Graig, o meu criador... — Entendeu o olhar dela de interrogação. — Sim, aquele que me transformou, meu pai. Ele vai tomar a melhor decisão para o nosso... para nós agora. Se você me quiser... (Livro: Quebrando Regras, Pág.348) 

Agora cesso os meus comentários para não soltar spoilers

É inevitável não comparar "Quebrando Regras" com "Twilight". Afinal, ainda na nota do autor, a autora explica que é fã de Crepúsculo, e que essa era uma fanfic inspirada na história de Stephenie Meyer. Por este motivo, muitos cenários e características de personagens são semelhantes com os da saga Twilight. No entanto, não se engane, pois em "Quebrando Regras" a autora soube conduzir a história de forma diferente e bem desenvolvida, apresentando ao leitor personagens sólidos e com um conteúdo hot. SIM, trata-se de um romance sobrenatural hot, onde o destaque maior é a atração e dificuldade de Patrick ao se relacionar com Fernanda. De início isso me incomodou um pouco, pois a ênfase no sexual entre vampiro e humana, deixou-me ansiando por mais ação. Porém, em seguida, me dei conta de que este é o primeiro livro de uma série ainda não definida em quantidade, e que provavelmente a autora vai trabalhar a trama de outra forma nos próximos livros, inserindo alguns personagens que pouco apareceram no livro 1 e que eu muito gostei. 

Eu curti a Nanda, achei ela um personagem determinado e que sabe bem o que quer, bem diferente de Bella Swan. Mas não posso negar que o lado bad boy de Patrick me encantou, pois tenho tara por personagens assim: apaixonados e que cometem qualquer loucura por amor. Agora fiquei curiosa para saber o que vem depois deste livro... Como ficou o presente/futuro de todos. Ressaltando que no livro 1 a história é narrada em cinco dias, desde que Nanda inicia a faculdade em sua nova cidade.

O livro é narrado em terceira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão, aos olhos de alguns personagens; sua diagramação está perfeita, com fontes e espaçamentos em excelentes medidas, adornados em papel pólen (o amarelinho), e cada início de capítulo, leva uma linda imagem de um casal aos beijos; sua capa é linda e atrativa, estampando Patrick, o vampiro delícia. Por fim, para você que curte o gênero, eis essa boa pedida. \o 


Livro: Quebrando Regras, Série Segredos Sombrios (Livro 1) 
Autora: Li Ferreira 
Gênero: Sobrenatural/Hot 
Publicação: Independente 
Ano: 2016 
Páginas: 373

Abraços literários,
Simone Pesci
http://simonepesci.blogspot.com.br/

2 comentários:

  1. Gente, que honra estar com a resenha em mais um blog! Muito obrigada Simone Pesci pelo carinho, pelas palavras, pela seriedade com que trata os autores! Beijos no coração.♥

    ResponderExcluir
  2. Li, EU ADOREI! \o Agora fiquei curiosa sobre o presente/futuro de todos. E que venha logo o livro 2.

    Beijossssss

    ResponderExcluir