{Resenha} "Minha Rendição", de Cinthia Freire

Segredos são como fantasmas nos assombrando e nos fazendo crer que são reais.
Todos têm os seus fantasmas.
Poliana tem os seus e há seis meses ela tenta se convencer de que ainda é capaz de viver, mesmo que seu coração lhe diga que não há mais esperanças.
Vinicius é um renomado cardiologista que vê no trabalho voluntário uma forma de se redimir dos seus pecados.
Uma mulher marcada pela dor, um homem que carrega em seu coração a culpa por seus atos.
Duas almas feridas encontrando nos braços um do outro uma nova chance para serem felizes.
Um livro sobre culpa, perdão, rendição e a descoberta do verdadeiro amor, mesmo quando não se espera por ele.


Amazon * 2017 * Classificação: 5/5




Erros do passado.
Escolhas que levaram até o momento de alcançar a rendição.
 
"Não são os nossos erros que nos define, mas a maneira como agimos a partir deles."

Como eu esperei ansiosamente pra ler esse livro!

Ano passado, eu li "Meu erro" (primeiro livro da série segredos) e já fiquei totalmente envolvida com a história. Afinal, é impossível não se apaixonar!
E nesse primeiro livro, conheci o Vinícius Becker e a forma zelosa que ele cuida da família, em especial sua irmã Verônica e a melhor amiga da irmã, a Caroline.
E usando esse instinto de querer proteger, Vinícius acaba tomando uma atitude da qual se tornará seu maior arrependimento.
 
 
"E o que foi feito, foi feito. Mas agora o passado se torna o meu presente, e o que definirá o meu futuro para sempre."

Em "Minha rendição", Vinícius retorna pra história não como personagem secundário, e sim o protagonista do livro.
A angústia e o remorso que ele tem é algo tão forte e verdadeiro, que você consegue perceber e sentir essa aflição do personagem.
 

"Estou doente e o mal que me corrói é a culpa: é uma doença da alma que destrói um homem como eu."
 
Do outro lado da história, somos apresentados a Poliana. Uma garota simples e que tem um passado bem difícil.
Ela foi criada num orfanato e sempre quis saber o que levou sua mãe a abandona-la naquele lugar.
Depois de atingir a maioridade e ficar por conta própria, ela acabou descobrindo que a vida adora dar rasteiras e te mostrar o quando ela não é fácil.
Por causa de alguns acontecimentos, Poliana tem dificuldade em confiar nas pessoas e, principalmente, tem medo de relacionamentos.

"O quanto uma pessoa precisa chegar perto do fim antes do recomeço?"

Mas apesar de tudo, eu considero a Poliana uma personagem forte.
Sim, ela tem medos, traumas, receios, insegurança e tudo mais! Mas mesmo assim, ela segue com a vida dela; trabalha num lugar que não gosta, mas mesmo assim faz com dedicação; ela tenta levar a vida adiante apesar dos fantasmas do passado. E isso é uma qualidade enorme pra protagonista dessa história.
Ela não é aquela pessoa indefesa que precisa de alguém para salva-la a todo momento, ela mesmo quer se salvar e ela faz isso, dia após dia.
 
"A vida é realmente surpreendente."

E como a vida gosta de surpreender, ela coloca Poliana e Vinícius frente a frente. E desde a primeira troca de olhares, nasce algo especial entre eles.
 
"Queria que meu coração não acelerasse a cada sorriso de despedida que ele me encaminha, queria que as borboletas encontrassem outro estômago para atormentar, queria que a sua voz grave não tivesse o poder de amolecer cada osso de meu corpo..."

 
O Vinícius é intenso, ele não vive pela metade. Tudo o que ele sonha, o que ele ama e o que ele quer proteger, ele faz com o coração totalmente envolvido. Ele faz por inteiro!
E é claro que ele foi o responsável por todos os meus suspiros durante a leitura (rs).
Se eu tinha alguma implicância com ele por causa do que aconteceu no livro anterior, se perdeu totalmente.
 
A Poliana, apesar da barreira que criou em torno de si mesma, começa a perceber que a melhor maneira de se libertar do passado é acreditar nesse sentimento tão forte, que pode mudar o seu presente e o seu futuro. Para melhor, é claro!
 
 
"Quando foi que ele passou a ser o motivo dos meus sorrisos e a cor dos meus dias cinzentos?"
 
 
A Cinthia tem a habilidade de criar personagens humanos, personagens que erram e que tem defeitos. E isso faz com que a história passe tanta verdade e sentimentos, que você lê com emoção.
Eu amei muito o livro "Meu erro", mas "Minha rendição" é o meu favorito. Era como se o meu coração estivesse junto com a história a cada página, a cada palavra.
 
E por falar em coração...
O Dr. Vinícius Becker é cardiologista (é que cardiologista! rs). E a paixão pela qual ele exerce a sua profissão é linda de se ver (e de se ler também rs) 
Então, como ele entende de corações, o Vinícius já deve estar acostumado a fazer suas leitoras terem umas batidas descompassadas, devido ao coração acelerado (rs).
 
"- Eu sei tudo sobre a função vital desse órgão que bati aqui dentro. - Ele coloca o punho fechado no meio do peito. - Mas eu não faço a menor ideia de como mantê-lo vivo sem você ao meu lado."
 
 
O processo de transição de um livro pro outro ficou genial! E reencontrar os personagens do livro anterior foi muito especial. "Ver" como eles estavam depois de tudo, ver a maturidade que adquiriram, as conquistas e as lutas diárias que enfrentam.
Caroline e Gabriel (protagonistas de "Meu erro") têm uma importância essencial na história de Poliana e Vinícius. Amei demais revê-los!
 
O livro é narrado pela Poliana e pelo Vinícius, mostrando assim a intensidade dos sentimentos e a essência de cada um deles.


"Somos marcados por erros que cometemos e, embora a vida e a sociedade tenham nos absolvido, carregamos dentro de nós uma condenação eterna e em meio a escuridão de nossas vidas encontramos o amor. E por esse sentimentos nos rendemos."

Venham conhecer essa maravilhosa história, onde os personagens nos mostram que apesar dos erros e das escolhas que fazemos, podemos alcançar nossa rendição no momento que menos esperamos.
 
 
"(...) precisamos dos dias cinzas, pois são eles que tornam os ensolarados tão especiais."


Eu já me rendi, e vocês?
 


A escritora Cinthia Freire e eu.


É muito amor (e muitos corações) por essa história



 
 
Para comprar o e-book na Amazon, CLIQUE AQUI!
 
 
Ah, e o livro físico "Minha rendição" está em pré-venda!
Como a publicação vai ser independente, quem se interessar em adquirir é só entrar em contato diretamente com a autora para encomendar o seu.
Contatos:



Boa leitura!!!
 
 
 
Beijos,
 
 
Ana Toledo

1 comentários: