[Resenha]: A CHAMA DENTRO DE NÓS — de Brittainy C. Cherry

Sinopse: Logan Silverstone e Alyssa Walters não têm nada em comum. Ele passa os dias contando centavos para pagar o aluguel, sofrendo com a rejeição dos pais e tentando encontrar um rumo para sua vida caótica. Ela, por outro lado, parece ter um futuro brilhante pela frente. Um dia, porém, um simples gesto dá origem a uma improvável amizade. Ao longo dos anos, o sentimento que os une se transforma em algo até então desconhecido para os dois. Alyssa e Logan não conseguem resistir à atração que sempre sentiram um pelo outro e finalmente descobrem o amor. Mas uma tragédia promete separá-los para sempre. Ou pelo menos é isso que eles pensam. Seriam as reviravoltas do destino e as feridas do coração capazes de apagar para sempre a chama que há dentro deles.

Hoje apresento-lhes um enredo arrebatador, uma história que me deixou numa baita ressaca literária. Eu ganhei essa maravilha da minha amiga Juny, e agradeço o belíssimo presente. Este é o segundo livro da autora Brittainy C. Cherry que leio, o meu primeiro contato com um de seus textos foi “O Ar Que Ele Respira” (para conferir a resenha, clique AQUI). Agora convido a todos para conferir a sinopse e o meu parecer sobre “A Chama Dentro de Nós”, uma publicação da editora Record.

“Porque a verdadeira chama nunca se apaga” 

Um enredo arrebatador! 

Alyssa, aos dezesseis anos, trabalha como caixa em uma mercearia. Ela sempre observa o garoto com pinta de bad boy, e se compadece com sua inquietude e tristeza no olhar. Muitas vezes o garoto passa vergonha, ao tentar passar o cartão de vale alimentação, pois o mesmo é negado. Eis que ela paga uma de suas compras  e, desta forma, se inicia uma grande amizade. 

Não pude deixar de rir, porque ela me conhecia melhor do que ninguém. Nos últimos dois anos, eu e Alyssa nos tornamos melhores amigos, apesar de sermos o extremo oposto um do outro. A irmã mais velha dela estava namorando o meu irmão Kellan, e, no começo, nós achávamos que não tínhamos nada em comum. Ela ia a igreja, enquanto eu fumava maconha na esquina. Ela acreditava em Deus, enquanto eu enfrentava os meus próprios demônios. Ela tinha um futuro, enquanto eu, de alguma forma, parecia preso no passado. (Livro: A Chama Dentro de Nós, Pág. 19) 

Logan é um garoto desestruturado, pois nasceu em uma família ainda mais desestruturada. Ele tem uma mãe viciada em drogas e que se prostitui, além de um pai traficante. A sua válvula de escape é o meio-irmão, Kellan, e sua melhor amiga, Alyssa. Desde a infância foi apresentado as drogas, sendo incitado pelos pais. Ele é um ótimo cozinheiro, adora assistir a documentários, e um de seus sonhos é ser pai. Logan e Alyssa sofrem pela mesma dor, ou seja, anseiam pelo amor dos pais. Eles se apaixonam e começam a se relacionar, contradizendo especialmente a mãe de garota, uma rica advogada. Mas a vida pode surpreender, e o improvável acontecer... 

 Estou Chapado. C-H-A-P-A-D-O. 
Eu odiava quando ele dizia isso. Odiava quando ele se perdia, quando deixava de ser o meu melhor amigo e se transformava em meu maior medo. O que aconteceu com você, Logan? O que o fez ir tão fundo na escuridão? (Livro: A Chama Dentro de Nós, Pág. 112) 

Logan descobre que está prestes a concretizar um de seus sonhos, porém isso acontece no momento que está mais chapado. Ele acredita numa mentira contada pela mãe de Alyssa, e enlouquece, sumindo e afundando-se ainda mais nas drogas. Alyssa e Kellan conseguem encontrá-lo, porém uma tragédia acontece, afastando-os por cinco anos. Entretanto, depois de todo esse tempo, a pedido do irmão, pois ele vai se casar com Erika (irmã de Alyssa), ele retorna a True Falls. 

Nós esbarrávamos nas teclas do piano, os sons traduzindo nossos desejos, nossas necessidades, nossa confusão, nossos medos. Logan entrava e saía de dentro de mim, e eu implorava a ele que não parasse. Estávamos tão arrasados. Tão cansados da vida que vivíamos. Mas, essa noite, fizemos amor com os cacos do nosso coração. Foi intenso, foi sagrado, foi de partir o coração. (Livro: A Chama Dentro de Nós, Pág. 239) 

O reencontro é recheado por um turbilhão de emoções, além de uma nova e triste situação pela qual todos terão de passar. Agora cesso os meus comentários para não soltar mais spoilers

Essa é uma história de anseios e entrega, pois é na dor que os protagonistas encontram apoio e amor. Eu me compadeci de ambos, pois cada qual carrega o seu tormento. É claro que o de Logan sobressalta-se, pois, além de tudo, ele luta diariamente para deixar o seu vício com as drogas. Alyssa pode parecer uma pessoa fraca, aceitando situações que nem todos aceitariam, mas eu consegui compreender suas atitudes, principalmente ao querer tirar Logan do abismo. Entre eles há uma chama que nunca se apaga. 

A autora soube criar um drama divino e verossímil. Eu me senti na pele de “quase todos” os personagens, e por diversas vezes queria entrar no livro para abraçá-los. Há um novo contratempo, quando Logan retorna, que me deixou com o coração estilhaçado. E isso fez do enredo mais especial, pois os personagens tornaram-se tão importantes quanto os protagonistas. 

Eu fiquei apaixonada pelo casal protagonista, mas afirmo que o casal secundário também ganhou o meu coração. Além da paixão, houve o ódio, e esse eu senti pelos pais do casal protagonista. No entanto, consegui compreender o que uma louca entrega pode causar, especialmente tratando-se de Julie, a mãe de Logan. O final foi lindo, eu cheguei a perder o fôlego e estacionei a leitura, com medo do que viria a seguir. O epílogo foi tão lindo que só me fez querer mais da história. Se eu gostei? NÃO! EU NÃO GOSTEI! EU MEGA, ULTRA, MAX AMEI!!! E leria até mesmo alista de compras da autora. o/ 

O enredo é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está excelente, com espaçamentos e fontes em bom tamanho, adornado em papel off-white (o amarelinho mais claro); e a capa é bem bonita, estampando um lindo e entristecido Logan. Por fim, para você que curte um enredo adornado em coração, eis essa sensacional pedida. 


Livro: A CHAMA ENTRE NÓS 
Autora: Brittainy C. Cherry 
Gênero: Romance/Drama 
Editora: Record 
Ano: 2016 
Páginas: 350


Abraços literários,
Simone Pesci
https://simonepesci.blogspot.com.br/

0 comentários:

Deixe seu comentário