[Resenha]: O Segredo de Clarice Lispector — de Marcus Deminco

Sinopse: Mas afinal, por que a autora era conhecida como A Grande Bruxa da Literatura Brasileira? Que espécie de vínculo Clarice teria estabelecido com o universo mágico da feitiçaria? Por que seu próprio amigo Otto Lara Resende advertia aos leitores para tomarem cuidado com Clarice, afirmando não se tratar apenas de literatura, mas de bruxaria? “O 7 era meu número secreto e cabalístico. Há 7 notas com as quais podem ser compostas todas as músicas que existem e que existirão, e há uma recorrência de adições teosóficas que podem ser somados para revelar uma quantia mágica [...] Eu vos afianço que 1978 será o verdadeiro ano cabalístico. Portanto, mandei lustrar os instantes do tempo, rebrilhar as estrelas, lavar a lua com leite, e o sol com ouro líquido. Cada ano que se inicia, começo eu a viver outra vida”. E apesar de ter morrido algumas semanas antes de iniciar o então ano cabalístico, decerto todos esses seus hábitos ritualísticos, esclareçam porque Clarice teria aceitado com presteza e entusiasmo o inusitado convite do ocultista colombiano Bruxo Simón, para participar como palestrante do 1º Congresso Mundial de Bruxaria. 

Eis um desafio e tanto: resenhar uma obra sobre Clarice Lispector não é para qualquer um (P.S: Espero não desapontar  rs). Eu baixei essa maravilha gratuitamente, em formato digital. Apesar de conhecer uma ínfima parcela de seus textos, sempre admirei a forma como a escritora transpunha suas palavras, isto é, com verdade e coração. Agora convido a todos para conferir a sinopse, um vídeo com trechos do livro e o meu parecer sobre "O Segredo de Clarice Lispector A Verdade Que Ninguém Jamais Contou", obra do autor Marcus Deminco, uma publicação independente. 



"Porque nunca se sabe qual é 
o defeito que sustenta o nosso edifício" 


Um emaranhado de sentimentos!
Clarice Lispector nasceu na Ucrânia e foi naturalizada brasileira. Inteligente, determinada e um tanto ousada, tornou-se uma célebre jornalista e escritora, fonte de inspiração até os dias atuais. Deixarei abaixo três quotes do livro, em seguida falarei um pouco mais sobre essa obra MARAVILHOSA. 


"Mas, indubitavelmente, Clarice guardava algo bem mais adiante do que o seu lirismo introspectivo. Algo que fugira da interpretação dos seus textos herméticos, e da relação de seus Pseudos. Um mistério que a própria lógica desconheceria. Um enigma que persistiria afora daqueles seus oblíquos olhos melancólicos." (Livro: O Segredo de Clarice Lispector, Prólogo)

"Ser feliz ou triste para ela era indiferente. O fracasso de seus livros — recusados por editoras e engavetados por anos — não teria lhe feito mais ou menos desmotivada. Existia nela uma razão infinitamente maior do que o reles desejo de ser apreciada. Não escrevia por ideologia, nem para ser julgada pelos punitivos olhares dos críticos literários. Não fazia cobiçando as variadas tentações da fama, nem por algum tipo de vaidade enrustida. Escrevia por urgência, por uma necessidade quase que vital de manter-se lúcida. Fazia para afugentar as amarguras, para exorcizar velhos fantasmas. As letras vigoravam além de toda manifestação compreensível das palavras. Tornavam-se a única sobriedade remanescente da sua introspecção doentia." (Livro: O Segredo de Clarice Lispector, Cap.1)

"—  Desistir?!  repetiu Helen iracunda, mordendo os lábios e expirando ar pelas narinas — Como posso desistir com tantos livros guardados em mim? Com tanta história clamando por ser contada?" (Livro: O Segredo de Clarice Lispector, Cap.1)

O SEGREDO DE CLARICE LISPECTOR - A VERDADE QUE NINGUÉM JAMAIS CONTOU é uma viagem individual na vida (e mente) de uma pessoa que transbordava singularidades. Inteligente e sem papas na língua, como jornalista teve que criar vários pseudônimos para não ser condenada por seus desabafos ousados. Dentre enigmas inquestionáveis, somos apresentados a uma Clarice que mantinha práticas ligadas ao ocultismo e magia cabalística, passando a ser intitulada como "A Grande Bruxa da Literatura Brasileira". Isso e mais um pouco é apresentado com uma narrativa entorpecente, um conglomerado poético escrito por Marcus Deminco, pincelando e desvendando o que acredito que nem Clarice conseguira desvendar.  

Esse livro é uma análise intensa sobre a vida de Clarice Lispector. Eu, que nunca li nada mais a fundo da escritora, fiquei um tanto enfeitiçada e com vontade de me perder em seus textos. Com essa leitura conheci um pouco mais sobre uma pessoa enigmática e que transcendia no tempo. Para quem é fã de Clarice, esse livro é um prato cheio. Para quem não é tão íntimo, nada obstante, EU MEGA INDICO A LEITURA!!! De mais a mais pretendo conhecer os textos de Clarice Lispector, assim como de Marcus Deminco. o/

O livro é narrado em terceira pessoa, com narrativa rebuscada e de fácil compreensão; a diagramação (mesmo digital) está simples e perfeita; a capa é instigante, estampando a face dessa "Excepcional Bruxa da Literatura Brasileira."



Livro: O SEGREDO DE CLARICE LISPECTOR 
(A VERDADE QUE NINGUÉM JAMAIS CONTOU)
Autor: Marcus Deminco
Gênero: Biográfico
Publicação  Independente
Ano: 2016
Páginas: 235

Abraços literários,
Simone Pesci 
http://simonepesci.blogspot.com.br/

0 comentários:

Deixe seu comentário