[Resenha]: OUTRA VEZ — de Carolina Gama

Sinopse: Casa, faculdade, casa dos pais. A vida de Juliana estava indo muito bem, obrigada. Até que ele apareceu. Ela não o conhecia, mas ele parecia conhecê-la muito bem. O motivo? Algo que ela nunca esperaria. Não em tão pouco tempo. 

Eu já conheço os textos da Carolina Gama pela plataforma Instagram e também pelo blog que ela administra, intitulado "Ensaiando". Para quem não sabe, a autora já teve um blog literário, porém o excluiu e decidiu se dedicar a um conteúdo  digamos assim  que fosse mais a sua cara, com um recheio pessoal e poético. Aos amigos que já a conheciam (assim como eu), surpreenderam-se e alegraram-se com essa plausível decisão, pois além de leitora assídua, a Carolina tornou-se uma escritora de primeira, com alma poética, presenteando a todos com textos tocantes. Eis que, dias atrás, ela disponibilizou gratuitamente (em formato digital), o conto "OUTRA VEZ". Agora convido a todos para conferir a sinopse e resenha dessa linda narrativa. Vem junto!!! 💘💘💘 


"Porque lembrar é fácil para quem tem mais memória..." 

Um lindo conto!

Após um flerte dentro da sala de aula (na faculdade), Juliana passa a sonhar com o rapaz que tanto a observa.

"De qualquer forma, ele me olhava. Ele à esquerda da sala, eu à direita. E eu percebia pelo reflexo do sol na janela. Enquanto ele me observava, eu me mantinha atenta aos cálculos. Peguei-me pensando se ele me via tão fria quanto os números." (Conto: OUTRA VEZ, de Carolina Gama)




Em mais um domingo rotineiro que Juliana se empenha em assistir diversos filmes no conforto de sua cama, ela recebe uma ligação.

 Quem fala?
— Sou eu, Marcos.
— Desculpe, mas não conheço nenhum Marcos.
 Tentei falar com você na aula. Não se lembra?
Disse que não e desliguei assim que percebi quem era. 
Desde quando um estranho tinha o meu número? (Conto: OUTRA VEZ, de Carolina Gama)

Dentre crises de ansiedade e tendo como predileção os livros, Juliana se refugia em seu mundo, muitas vezes escrevendo contos. Marcos aparece em sua casa, afirmando ser seu namorado.

Ou eu estava louca, ou aquele homem estava muito seguro de si. Namorada dele? Eu precisaria me apoiar com mais força no braço do sofá se não quisesse cair por ali mesmo. Pisquei os olhos algumas vezes e puxei o ar que me faltava com toda força. Ele segurou minhas mãos. (Conto: OUTRA VEZ, de Carolina Gama)

Agora cesso os meus comentários para não soltar mais spoilers.

Trata-se de um conto curto e excelentemente escrito, reverbado de dúvidas e coração.

OUTRA VEZ é uma historieta que gruda na pele, daquela que chegamos ao final e questionamos: Por que não um livro? Em meio a incertezas, Juliana e Marcos tentam se reencontrar, trazendo à tona a verdade. Quanto a prosseguir ou parar, cabe somente a Eles decidir. EU AMEI a escrita da Carolina, pois ela soube transpor sentimentos em poucas páginas. Não posso dizer mais, pois trata-se de um conto curtinho, que me deixou com um gostinho de "quero mais". Espero, sinceramente, que a autora escreva um livro sobre essa linda e deliciosa historieta. 💘💘💘

O conto é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está perfeita, no padrão digital; e a capa é linda, estampando com delicadeza o título (que tem tudo a ver com enredo), dentro de uma coroa de flores. Por fim, para quem curte uma leitura rápida e recheada de coração, eis essa belíssima pedida. o/


Conto: OUTRA VEZ
Autora: Carolina Gama
Gênero: Drama/Romance
Publicação  Independente (via Amazon)
Ano: 2016
Páginas: 33

Abraços literários,
Simone Pesci
http://simonepesci.blogspot.com.br/

1 comentários: