{Resenha} "Meu refúgio", de Cinthia Freire

Segredos são como fantasmas, nos assombrando e nos fazendo crer que são reais. Todos temos segredos.
 
Alan sempre se esforçou para ser um bom filho, o aluno excelente, o funcionário dedicado e o melhor amigo que alguém pode querer. A fachada perfeita para esconder seus segredos, fazendo parecer que tudo estava bem, mesmo que por baixo disso, se esconda um garoto machucado, perdido e silencioso que há tempos deixou de acreditar em promessas.
 
Monique sempre teve duas certezas em sua vida: seria uma renomada bailarina e seu coração pertenceria a um único garoto, Alan. Apaixonada e sonhadora, Monique acreditou que nada poderia separá-la de Alan, mas o destino colocou a jovem bailarina diante de escolhas que a afastarem de tudo o que acreditou ser certo, de forma cruel e abrupta.
 
Um rapaz julgado por ser diferente. Uma garota condenada a pagar por se apaixonar pela pessoa errada. Um segredo capaz de mudar o futuro e de mostrar ao mundo que nada pode destruir um verdadeiro amor.
 
Amazon * 2018 * 423 páginas * Classificação: 5/5
 
 
Olá, galera!
 
Pra começar bem a semana, hoje é dia de resenha!!!
E de um livro muito especial de uma autora muito querida!
 
Vamos conferir?
 
"A vida segue. Não importa o que aconteça, nem mesmo o quanto parece que não vamos suportar. Ela segue, a noite chega, as horas passam, a dor aumenta, depois diminui, o choro vem e vai, o dia amanhece... e a vida segue."
 
O que foi esse livro? Quando eu acho que não tem como uma escritora se superar (porque ela já é excelente nas outras histórias), vem a Cinthia Freire e publica "Meu refúgio"!
 
O Alan é apresentado desde "Meu erro" (primeiro livro da série) como o melhor amigo de Gabriel. E desde a primeira vez que li sobre ele (mesmo que sendo personagem secundário na época), ao valor que dá a uma amizade e a lealdade que seu coração tem, eu já tinha sido encantada por ele.
E o mistério que os livros anteriores tem sobre a vida de Alan me deixava cada vez mais curiosa. Afinal, o que aconteceu com o Magrelo?
 
Eu confesso, que antes de ler "Meu refúgio", eu tinha uma pequena raiva da responsável pela tristeza de Alan (que fica evidente desde o começo da série. Ou seja, não é spoiler rs). Mas é claro que quando conheci toda a situação e os motivos, a minha raiva passou e a vontade de abraçar esses personagens que passaram por tanta coisa foi enorme.
 
A Monique se tornou uma das minhas heroínas favoritas! Não aquela heroína com super poderes e que salva uma cidade toda da destruição. E sim aquela que tem o coração fora do peito, que ama incansavelmente, que pensa no melhor da pessoa amada e que seria capaz de fazer tudo por amor. E ela foi!
Desde pequena, ela tem como objetivo ser uma grande bailarina de sucesso. E ela sempre tenta ser a melhor pra deixar orgulhosa sua mãe autoritária. Ela controla praticamente toda a vida de Monique e nada pode atrapalhar esse objetivo que ela tem para a filha.
 
Alan é o filho único de uma família humilde e aprendeu desde cedo que a vida não é fácil desde criança. Após ganhar uma oportunidade de mudar para uma escola particular graças ao trabalho da mãe, ele percebe a diferença social que o cerca. Afinal ele é apenas o filho da servente de limpeza e não tem nem um casaco de frio decente para protege-lo na época mais fria do ano. Além de estar sempre faminto. Mas isso não o impede de ser um excelente aluno e motivo de orgulho de seus amados pais. A vontade de crescer e mostrar a sua capacidade é um ponto muito forte pra história. E encheu de orgulho a leitora aqui.
 
E é nesse ambiente hostil que ele conhece Gabriel, aquele que será seu amigo mais especial da vida. E eu amei demais ver a interação dos dois, o começo de tudo e o quanto uma amizade é capaz de suportar. E ter uma perspectiva sobre o Gabriel pela narrativa de Alan foi muito interessante para poder entender o que se passa ao redor do nosso protagonista do primeiro livro.
 
"Eu amo minha família, podemos não ter muito, aos olhos do mundo pelo menos, porque aos meus olhos sempre fomos agraciados com a maior de todas as riquezas, aquela que o tempo não destrói e a traça não come, aquela que só cresce com o tempo e faz das lembranças relíquias que guardamos em nossos corações: o amor."
 
E é também nessa escola que ele conhece Monique. Aquela "riquinha que fica sempre sorrindo pra ele" que chega a ponto de irritá-lo. Afinal, como uma pessoa pode passar o dia todo sorrindo? E ainda mais pra ele?
E a maneira pura e sincera que surge uma amizade entre eles é lindo de ler. Uma amizade que passa pela fim da nfância, chega na adolescência como um sentimento mais forte até chegar ao ápice do amor mais intenso que poderiam sentir.
 
E é claro que esse amor "fora de hora" acaba sendo uma ameaça para os planos da mãe de Monique, que não medirá esforços para separar o casal. Além do fato de não aceitar que a filha se relacione com alguém de classe financeira inferior.

O amor de Alan e Monique é forte, mas alguns acontecimentos vem com mais força e acaba ganhando a batalha. Mesmo separados, o sentimento é intenso e ambos sabem que nada poderá diminuir o que o coração os relembra constantemente (mesmo quando eles tentam esquecer).
 
Anos depois, o destino une novamente esses dois personagens, que agora tem marcas em seus corações pelo que aconteceu no passado. E é claro, segredos que os anos trouxe e que pode abalar esse reencontro.
 
Será que o amor de tantos anos, que começou como aquela amizade pura, pode resistir ao tempo e a um grande segredo?
 
"É sobre esse amor que gosto de pensar, é sobre esses momentos que eu me apego quando sinto que a vida está difícil demais."
 
Eu amei demais essa história! Eu lia, suspirava, sofria e comemorava junto com os personagens. E eu adoro quando um livro me traz essas sensações. Porque você sabe que foi e será uma história inesquecível.
 
E o gostoso de ler essa série e o toque que a Cinthia dá para cada personagem, seja ele o protagonista nesse determinado livro da série ou apenas um personagem secundário. Eu amei rever os personagens que aprendi a gostar desde o primeiro livro. E adorei conhecer o Rodolfo e o Cesar, irmãos da Monique. A relação, o apoio e  o amor que ela e os irmãos tem um com o outro é lindo de ler.
 
E tenho que parabenizar a Cinthia por ter trazido pra esse livro um tema sério e ter inserido ele na história com tanta fluidez e coração que me emocionou em vários momentos.
 
A história tem a narrativa alternada entre o Alan e a Monique, que acaba tornando a história mais intensa e conseguimos ver o que realmente passa na cabeça e no coração nesse romance entre uma bailarina e o seu magrelo.
 
Fica aqui o convite a todos a lerem essa série maravilhosa.
Todos os livros da Série Segredos estão disponíveis em e-book na Amazon (links abaixo) e em físico diretamente com a autora.
 
"- Obrigado, minha Caramelo [...] Por continuar sendo meu refúgio."

 
 
e-book MEU ERRO (Série Segredos - Livro 1) CLIQUE AQUI
e-book MINHA RENDIÇÃO (Série Segredos - Livro 2) CLIQUE AQUI
e-book MEU REFÚGIO (Série Segredos - Livro 3) CLIQUE AQUI
 
E tem também os contos dessa série. Confiram também:
 
e-book do conto MINHA (Série Segredos - Livro 1,5) CLIQUE AQUI
e-book do conto MEU (Série Segredos - Livro 2,5) CLIQUE AQUI
e-book do conto NOSSO (Série Segredos - Livro 3,5) CLIQUE AQUI
 
 
 



Boa leitura!
 
 
Beijos,
 
Ana Toledo

0 comentários:

Deixe seu comentário